Pesquisar
Close this search box.
/
/
Fala, CEO: pesquisa mostra quais as expectativas das lideranças do varejo global

Fala, CEO: pesquisa mostra quais as expectativas das lideranças do varejo global

Em um momento de mudança permanente, como definir as melhores estratégias para manter a saúde das redes varejistas?

Pandemia, guerra na Ucrânia, inflação, rupturas das cadeias de fornecimento, digitalização acelerada, consumidores caçadores de emoções, consumidores radicalmente éticos. São muitas as variáveis que devem ser contempladas das pelas lideranças do varejo nos mais diferentes mercado. Variáveis que tornam a tomada de decisão cada vez mais complexa, como lidar com cenários dominados pela incerteza e pela imprevisibilidade.

Os CEOs responderam, ou tentaram, em painel no World Retail Congress, baseados nos dados de uma pesquisa exclusiva da Spencer Stewart, que ouviu 30 executivos C-Level, de forma qualitativa, dos principais mercados varejistas do mundo.

O painel foi conduzido por Sally Elliot, co-líder de Global Retail Practice da Spencer Stewart, e teve como participantes, Jaume Miguel, CEO da Tendam (varejista líder na Espanha) e Hani Weiss, CEO de Retail da Majid Al Futtaim (um dos principais grupos varejistas da Ásia).

Assine a nossa newsletter e receba as principais notícias da Consumidor Moderno  

Qual é o tipo de liderança para levar as empresas adiante e a estarem aptas para sobreviver no futuro?

O ponto central foi a geração de valor e como balancear os interesses dos diversos stakeholders, clientes, colaboradoras, acionistas, comunidades. Humildade, empatia, transparência, por outro lado, são as habilidades que os líderes consideram essenciais para que possam conduzir a gestão dos negócios que comandam.

Os consumidores estão mais exigentes: eles querem experiências sem atrito, querem mais qualidade, querem preços menores, querem digitalização. Mas como os varejistas podem adotar todas as necessidades e atender essas expectativas para oferecer experiências mais satisfatórias para os clientes sem subverter a saúde do negócio?

Para Jaume Miguel, CEO da Tandem, a perspectiva é diferente: a pandemia mostrou uma enorme fragilidade dos clientes, que agora se perguntam por que devem comprar, gastar dinheiro precioso para comprar o que é supérfluo? Com vida social reduzida, o modelo de capitalismo puro parece estar em xeque. O executivo acredita que há oportunidades de oferecer serviços mais completos e que tragam maior ressonância social e relevância para as marcas.

Leia mais: 10 aprendizados do sistema de saúde após 2 anos de pandemia

Pois bem, qual é o papel do CEO diante deste cenário? Qual é o significado da liderança atualmente? O executivo da Tandem afirmou que a digitalização não é uma estratégia, ela é parte integrante de qualquer negócio que pretenda se manter vivo. Generosidade e ser apoiador da diversidade são características desse novo líder, juntamente com a defesa intransigente da transparência e a capacidade de se comunicar diariamente, Hanni Weiss, CEO da Al Futtaim também ressaltou que capacidade de adaptação para enfrentar disrupções em série e decisões políticas são componentes desse novo papel do líder. “Nossas decisões precisam estar mais apoiadas em dados, para reduzir os riscos de equívocos”.

E o que dizer da empatia?

Seria possível disseminar otimismo e segurança nos colaboradores, no momento crítico da pandemia, com lojas fechadas, sem empatia? É o que pergunta Hanni. As habilidades mais emocionais permitem criar conexões e significados que envolvem e engajam colaboradores, ao mesmo tempo em que permitem um desenvolvimento mais orgânico da estratégia e da execução.

Jaume Migue, por outro lado, vê, nas chamadas soft skillls, uma forma eficiente de aprimorar a qualidade e a eficiência dos funcionários, potencializando pontos fortes e assegurando uma transição mais qualificada para ambientes e negócios digitais.

Leia mais: Soft skills: as habilidades que vêm sendo cada vez mais valorizadas no mercado

O desenvolvimento das soft skill também inclui mudança de mentalidade e da cultura corporativa. Não basta apenas adotar um propósito que a empresa se torna capaz de engajar os colaboradores. “Os trabalhadores agora estão trabalhando em seus ambientes, o que dificulta tremendamente criar espírito de time”, comenta Hanni, da al Futtaim. Essa nova cultura, remodelada ou aprimorada, deve contemplar melhores níveis de serviços para todas as partes interessadas: clientes, empregados e acionistas.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

Porque o phygital é o modelo de varejo vencedor?

O crescente desafio dos consumidores em quitar dívidas  

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]