Pesquisar
Close this search box.
/
/
Antes de tudo, o design existe para atender às pessoas

Antes de tudo, o design existe para atender às pessoas

Escuta ativa, empatia e colaboração são as bases do design thiking – e também do desenvolvimento para boas soluções de negócios. Veja a reflexão

Inspiração talvez seja uma das palavras-chave do Whow! Festival de Inovação. Diversas portas foram abertas para o desenvolvimento criativo durante o evento – e uma delas foi do Echos, um laboratório de inovação criado no Brasil. Profissionais de diversas partes do Brasil foram participar da sessão prática de design thinking proposta por Natalia Franzon, design thinker da escola.

“É interessante a proporção que o design thinking está tomando nos dias de hoje”, diz, “é interessante perceber que o conceito envolve muito do que a gente já faz intuitivamente quando trabalhamos de forma colaborativa e intuitiva”. Como diz o mote da escola – somos todos designers. Uma visão que faz todo o sentido se pensarmos que todos os negócios nos dias de hoje precisam efetivamente colocar o indivíduo no centro, como ponto de partida, para encontrar uma solução. Essa é uma aplicação que faz sentido para tudo, inclusive para a vida pessoal.

Aquela visão analítica e cartesiana para desenvolver problemas pode ter muitos ganhos com a entrada da criatividade e da colaboração propostas pelo conceito de design thinking. “Nós sempre podemos fazer diferente. O entorno onde cada um de nós atua depende da nossa própria postura para que as mudanças aconteçam”, garante. Um dos propósitos da Echos é desenvolver uma nova geração de pessoas criativas e com olhar atento às necessidades humanas. Esse grupo terá o poder de mudar realidades e projetar futuros desejáveis.

Novo ambiente

Ao unir negócios com design, o laboratório de inovação tem mostrado para as empresas como essa parceria pode ser benéfica. Afinal, todo problema ou desafio tem um fator humano por trás. Se não tiver, talvez algo esteja errado. “Tudo que fazemos, em qualquer mercado, responde às necessidades humanas. Ou ao menos precisaria responder”, analisa Franzon. “Muitas empresas simplesmente criam coisas e jogam para o mundo para ver se alguém quer. Sendo que, na verdade, primeiro é preciso ver o que as pessoas precisam para depois desenvolver”.

Além da assertividade, isso permite uma compreensão completamente diferente do outro. “A inovação nasce nesse modelo de pensamento. Basta ver com grandes empresas, como Google e 3M, não é uma questão de tecnologia ou lugar privilegiado, é o pensar diferente, testar novas coisas, que faz a diferença”, garante.

Não à toa, o laboratório atua junto a grandes clientes, que abraçaram essa filosofia. Carrefour, Vivo, Itaú, Senac e Alelo são alguns dos nomes que compõe o portfólio. Um dos projetos desenvolvidos junto da Agência Nacional de Saúde, inclusive, está disponível online para que os interessados possam saber mais sobre como um projeto de design thiking funciona e é entregue na prática (veja aqui).

Vivência

Para a experiência junto aos participantes do Whow!, a especialista deu algumas dicas para que a o processo de design thiking tenha uma melhor fluidez. Para começo de conversa, é preciso lembrar que o conceito é colaborativo. As pessoas precisam se ouvir de verdade, trocar experiências, utilizar o é chamado de escuta ativa. “Precisa existir um equilíbrio entre fala e escuta. E é preciso estar aberto para ouvir a visão do outro”, garante.

Para Natalia, a inovação se dá por meio da interação entre as pessoas. É a diversidade de pensamentos que traz boas ideias, grandes soluções. Para isso é preciso que treinemos nosso olhar e também nossa escuta. Ao mesmo tempo, a colaboração demanda que os envolvidos confiem no processo, tenham uma entrega real para que aquilo dê certo. O conceito passa pela metodologia, mas também pelo relacionamento humano. Reflexões para criar um mercado cada vez mais empático (e, por isso, assertivo).

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]