Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que os consumidores esperam de 2023?

O que os consumidores esperam de 2023?

Confira quais são as tendências de 2023 sobre os comportamentos de consumo que as empresas devem estar atentas

Segundo pesquisa global do Ipsos publicada no início de janeiro, os consumidores brasileiros estão animados em relação ao ano de 2023. Cerca de 85% disseram estar mais otimistas do que em 2022. É importante destacar que o grau de otimismo no Brasil é o maior dentre vários países pesquisados, a média global é de 65%.

“Não é sobre prever o futuro, mas sobre
lidar com a ambiguidade e incerteza para tomarmos melhores decisões hoje”!
Amy Webb no SXSW 2022.

Depois de quase três anos de pandemia, é perceptível a transformação nos hábitos de consumo, a jornada phygital e o relacionamento entre consumidores e marcas. A adaptação à nova realidade foi necessária e, consequentemente, notam-se mudanças nos valores e na maneira como as pessoas passam a priorizar as questões do dia a dia.

Neste artigo trago uma curadoria de alguns estudos sobre as tendências de 2023, como Euromonitor, Mintel, GFK, a fim de entender alguns comportamentos de consumo que as empresas devem estar atentas como: “compradores cautelosos”, “eco- econômicos”, “consumidores exaustos”, “consumidores & tecnologia”, “consumidores protagonistas”, “consumidores polarizados”.

Num momento de incertezas, uma das tendências que se destaca é sobre os consumidores mais cautelosos na hora de comprar em função do cenário inflacionário, observa-se uma propensão maior à poupança para ter mais segurança, ao consumo de marcas próprias dos varejistas e a compra em canais com preços mais baixos como o atacarejo.

Os consumidores eco-econômicos estão preocupados com a poluição, o melhor uso dos recursos naturais, o desperdício, o uso de itens por mais tempo, tudo isso vem impulsionando o consumo consciente. A economia circular é uma das alternativas desta tendência especialmente no segmento da moda e vestuário.

Consumidores exaustos estão em busca pelo equilíbrio, querem rever suas rotinas para reduzir o stress, ter uma alimentação mais saudável, praticar atividades físicas de maneira frequente e ter hábitos de saúde preventivos. As pessoas valorizam cada momento de lazer onde podem relaxar e tentam equilibrar trabalho e vida pessoal.

A relação dos consumidores e a tecnologia vem sofrendo transformações, pois consumidores passam a ter uma jornada cada vez mais phygital, utilizando aplicativos diversos nos smartphones para facilitar seu dia a dia, interagindo com robôs, utilizando dispositivos de realidade virtual etc. Ao mesmo tempo que adotam a tecnologia no uso, esperam uma humanização no relacionamento com as marcas. Há uma preocupação muito forte em relação ao uso mais inteligente das telas, evitando o excesso de horas em conexão.

Os consumidores protagonistas querem estar no centro das marcas, se tornam coautores de inovação, conteúdos e influenciam outros clientes com recomendações e sugestões. O fortalecimento dos influenciadores de diversos níveis, especialmente os nano e micro influenciadores.

Para finalizar, trago uma questão que tem sido tema de debate em vários países do mundo, os consumidores polarizados no âmbito político e social, que expressam seu posicionamento político ativamente por meio das redes sociais e aplicativos de mensagens. A divisão da sociedade afeta diretamente a relação do consumidor com as marcas e seus influenciadores.

Ao comparar com os comportamentos mais relevantes de 2022, notamos que não há grandes novidades ou diferenças, mas vale ressaltar que os consumidores estão em busca de melhores experiências ao consumir produtos e serviços, estão mais pragmáticos ao comprar e tendem a valorizar as marcas que se posicionam de maneira clara frente a temas como diversidade, meio ambiente, desigualdade socioeconômica entre outros. Por outro lado, fica mais evidente que certas mudanças de hábitos de consumo se consolidaram nos últimos anos.


+ Artigos

E-commerce não é canal de idoso!

Inteligência de dados em Trade & Marketing

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]