Pesquisar
Close this search box.
/
/
5 questões sobre Cliente Oculto para Stella Kochen Susskind

5 questões sobre Cliente Oculto para Stella Kochen Susskind

Para a especialista, a metodologia Cliente Oculto se tornou uma grande aliada das empresas, mas é preciso olhar com mais atenção para o seu futuro

Muito mais do que uma simples avaliação de marca, o Cliente Oculto tem na ciência comportamental e análise de diversos fatores a qualidade de orientar empresas nas melhorias para serviços e produtos ofertados ao consumidor.

Foi sobre o papel dessa estratégia em Customer Experience (CX), que conversamos com a especialista no tema, Stella Kochen Susskind, diretora de novos negócios da Bare International, CEO da SKS Customer Experience.

Stella é referência na América Latina sobre o tema, além de ser palestrante internacional e autora de livros e artigos. Para ela, o Cliente Oculto está em amplo desenvolvimento no Brasil, mas é preciso cuidado. “Sua evolução no Brasil foi surpreendentemente boa em várias frentes, mas para nós da BARE International que estamos no mercado há 35 anos, há alguns sinais de alerta muito importantes”, avalia.

Na entrevista abaixo, acompanhe como Stella ela enxerga a importância dessa ferramenta hoje para as marcas e o seu futuro no CX.

CM – Como você avalia a evolução do cliente oculto no Brasil nos últimos anos?

Stella Kochen Susskind – As empresas sérias que vendem a solução de pesquisa Cliente Oculto têm equipes bem-preparadas para atender aos clientes já que a metodologia está consolidada no Brasil. As grandes aliadas das equipes são as plataformas ultra tecnológicas que são user friendly tanto para as equipes como para os clientes que contratam a pesquisa. Quando começamos nossa grande missão era formar equipes. Na BARE International há um time de experts apaixonados pela metodologia Cliente Oculto.

Atualmente há bases de clientes ocultos bem robustas e com segmentações importantes para o trabalho. A metodologia Cliente Oculto se tornou uma grande aliada das empresas que a usam para traçar planos de ação extremamente assertivos e adequados ao seu core business e momento. Sentimos que as empresas valorizam muito os projetos e daí vem o sucesso dos projetos recorrentes.

Stella Kochen Susskind, diretora de novos negócios da Bare International, CEO da SKS Customer Experience.

O que eu enxergo como alerta vermelho é a popularização da metodologia cliente oculto sem expertise. De repente surgiram muitos players dispersos.  Reforço que a metodologia cliente oculto é bastante complexa e não basta entender de pesquisa de mercado para vender essa solução. E falo isso com propriedade porque na BARE International temos especialistas em Cliente Oculto e essa é a diferença entre um projeto bem-sucedido e um projeto mal-sucedido! Expertise!

Também surgiram os “clientes ocultos profissionais” que são aqueles que divulgam em redes sociais tudo o que estão fazendo, as vezes em real time. Isto não tem nada de oculto! Esses indivíduos se candidatam a um número absurdo de oportunidades de trabalho e as fazem sem qualidade ou nem as fazem. E aí novamente entra a importância de um excelente time que entenda muito de cliente oculto. O time sabe selecionar quem são os clientes ocultos adequados para cada projeto e não deixam nenhuma fraude passar.

Se olharmos a evolução pelo prisma das empresas contratantes o mais gratificante é ver que os resultados são cada vez mais aplicados com determinação e planos de ação assertivos são elaborados a partir dos mesmos.

“As empresas não mais contratam o Cliente Oculto apenas para certificações ou bônus, mas, sim, para multiplicar os acertos e corrigir os erros”

CM – Como as marcas podem aproveitar melhor o potencial de análises do Cliente Oculto nos dias de hoje?

Stella Kochen Susskind – Eu citei que as empresas estão mais conscientes da importância dos projetos de Cliente Oculto. Mas as marcas podem aproveitar melhor se expandirem para todos os canais de contato dos consumidores com as marcas e tornarem os projetos recorrentes. Podem e devem associar o cliente oculto a outras metodologias de pesquisa de marketing como pesquisas de satisfação de clientes, NPS e auditorias. Na BARE International os melhores benchmarking são de clientes nossos que fazem os projetos de maneira recorrente, aliam a outras metodologias e têm todos os dados unificados na plataforma digital que fornecemos.

CM – Com o avanço da digitalização, e a omnicanaliadade sendo cada vez mais exigida pelo consumidor, quais são os pontos nos quais as marcas devem estar mais atentas para entregar uma experiência excelente para seus clientes?

Stella Kochen Susskind – As empresas não podem esquecer que por trás da palavra consumidor existe um indivíduo com características únicas e necessidades. E com a digitalidade e IA presentes na ominicanalidade as empresas têm sim que mostrar humanidade. Mas essa humanidade tem que ter o tom certo. Várias pesquisas de tendências para 2024 mostram que os consumidores têm expectativas de interações mais personalizadas e serviços adaptados às preferências individuais.

“As marcas devem estar atentas à essas expectativas e obviamente a atender as necessidades com agilidade e atenção”

CM – Como prolongar a boa experiência de compra, criar recorrência e fidelização para um consumidor mais exigente e mais suscetível a preço hoje?

Stella Kochen Susskind – Quando falamos em satisfação de clientes há dois fatores primordiais no conceito: propensão a recomendação e a propensão a recompra. Para prolongar a boa experiência é essencial que as empresas se aproximem dos consumidores de uma maneira fidedigna, o que somente pesquisas bem elaboradas podem fazer. Com os resultados as empresas têm uma gama de opções para blindar a base de clientes que estão muito satisfeitos e trabalhar para que os “apenas satisfeitos” e os insatisfeitos migrem de patamar. Quem fica na zona de conforto estará sim suscetível as exigências dos consumidores e a sensibilidade em relação a preços.

CM – Tecnologias como IAs generativas estão trazendo inovação para o cliente oculto? Como você avalia o potencial da IA para essa área?

Stella Kochen Susskind – Temos que ter claro que no Brasil muitos consumidores efetivos já utilizaram algum tipo de IA e não tem receio algum da IA. Portanto em uma solução como cliente oculto IA está sendo inserida primeiro nas plataformas digitais. O potencial de IA será explorado na parte mais qualitativa da solução assim como na interação entre a plataforma, o cliente oculto e as empresas.  Será um ganho para todos.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]