Pesquisar
Close this search box.
/
/
Cérebro primitivo do ser humano pede carboidratos à noite

Cérebro primitivo do ser humano pede carboidratos à noite

Parece insanidade e suicídio estético, mas consumir alimentos ricos em amidos no período da noite pode ser uma maneira eficaz de perder peso. E isso tudo porque você evoluiu das cavernas, mas teu cérebro não

Comer massas e carboidratos em geral no período da noite é sinônimo de noite mal dormida e alguns quilos a mais, certo? Errado. Uma pesquisa recente feita pela Universidade Hebraica de Jerusalém comprovou que consumir carboidrato após as 18h, na quantidade adequada, é benéfico para a saúde.

Para Tereza Cibella, nutricionista da consultoria Equilibrium, o estudo desmistifica o mito e reforça que carboidrato não é vilão da alimentação. “O que o estudo aponta é que o ganho de peso não está relacionado ao carboidrato consumido à noite e sim à qualidade da alimentação no restante do dia, ao sedentarismo e ao exagero na quantidade de alimentos consumidos”, afirma Tereza.

Consumir carboidrato à noite favorece o aumento do hormônio leptina, substância que pode diminuir o apetite durante o dia, auxiliando na manutenção do peso. Também contribui para uma noite de sono tranquila.

A nutricionista ressalta ainda que o carboidrato, fonte de energia para o corpo, é tão essencial para uma boa alimentação como vitaminas, proteínas, minerais e fibras.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Quatro motivos para comer carboidratos à noite

O ser humano evoluiu culturalmente. Porém, nosso cérebro ainda é a mesma máquina usada por nossos ancestrais caçadores e coletores. Veja quatro motivos para comer carboidratos à noite explicados pelos nossos intintos mais primitivos, segundo o site LiveStrong:

1. Instinto natural

O homem antigo passava seus dias procurando, caçando e coletando alimentos. O que o fazia passar suas noites relaxando e banqueteando-se com tudo o que havia sido pego. Em vez de ir contra a evolução, por que não passar os seus dias  na”caça” – em forma de trabalho ? e comer a maioria de suas calorias à noite, a fim de reabastecer, recuperar e se preparar para as batalhas do dia seguinte?

Mas, afinal, nem todos os carboidratos noturnos fazem você engordar? Não de acordo com um estudo de 2011 da Obesity (Silver Spring) Journal, que comparou um padrão de jantar em estilo de festa com uma abordagem dietética mais convencional. O estudo descobriu que o grupo experimental, que comeu a maioria de seus carboidratos no jantar, obteve uma maior perda de peso e redução mais acentuada na circunferência abdominal e gordura corporal do que o grupo controle mais convencional.

2. Números

Comer a maioria de suas calorias à noite, incluindo carboidratos, parece ir contra a maré da maioria dos programas nutricionais. Mas será isso mesmo?

Mesmo que se consumam de cinco a seis pequenas refeições e lanches por dia, em vez de comer três refeições maiores , na maioria das vezes nosso intervalo entre o jantar  e outra refeição é maior do que o do café da manhã ou almoço. Se somarmos um lanche de fim de noite da equação – o que a maioria de nós deve fazer para evitar uma perda de massa muscular  de 12 horas entre a refeição da noite e o desjejum – fica fácil entender como podemos consumir metade de nossas calorias após 18:00.

Se você treinar depois do trabalho, ou até mesmo depois do jantar, os números mudam de maneira ainda mais drástica. A sua refeição pós-treino, ainda que seja apenas um shake ou smoothie ? pode levar o total diário de calorias para mais tarde.

Quando se trata de contagem de carboidratos, adiar pode parecer a melhor idéia. Ao armazenar seus amidos naturais (como inhame, batata doce e arroz integral ) para o jantar e comer alimentos mais leves , como frutas e vegetais ricos em fibras durante o dia, você maximiza os hormônios de queima de gordura enquanto está ativo durante o dia. Isso dá um trecho mais longo de tempo em que você está queimando gordura mais eficientemente .

Além disso, quando os estoques de glicogênio estão esgotados após o treino e (ou no final de um dia de alimentação mais baixa em hidratos de carbono ), carboidratos noturnos reabastecem suas reservas energéticas primeiro, antes de transbordá-las para as reservas de gordura . Pense nisso: Se você dirige seu carro o dia todo e o tanque de gasolina está vazio, você precisa preenchê-lo para o dia seguinte . A única forma de ter problemas com esta abordagem é se exagerar na dose.

Conheça o Mundo do CX

3. Psicologia

Outro instinto humano que vem desde os tempos mais remotos é o de comer em excesso, a fim de acumular energia para os momentos de fome. Isso fez sentido durante os tempos das cavernas, mas não na era moderna, onde a comida está prontamente disponível.

Precisamos estruturar a nossa alimentação de uma forma que satisfaça esse desejo natural de festa, mas excessos. O cérebro humano funciona em um padrão de sacrifício / recompensa. A maioria das pessoas pode cortar calorias, comer de forma leve e fazer melhores escolhas alimentares durante o dia se puder recompensar-se com uma refeição mais robusta durante a noite.

O inverso não é verdadeiro, no entanto. É muito mais difícil de recompensar-se com comida todo os dia e, em seguida, tentar sacrificar uma boa refeição à noite.

?Guardar espaço? para um jantar maior e com mais carboidratos desencadeia a liberação de serotonina, que nos faz sentir satisfeitos e induz o sono. Muitos atletas que treinam duro e tentam cortar carboidratos à noite reclamam de insônia. Agora você sabe o porquê.

4. Praticidade

Contanto que você conte o total de calorias e suas escolhas alimentares, a frequência das refeições e distribuição de alimentos é menos relevante em termos de perda de gordura, embora faça sentido comer mais à noite. A chave é fazer com que a dieta se adapte à sua vida e não o contrário, para lhe dar a melhor chance de sucesso.

A maioria de nós não é composta por atletas em tempo integral. Somos atletas em tempo parcial com trabalho a tempo inteiro. Otimizar os padrões de distribuição de alimentos é um fator chave na criação de um programa nutricional que se torne um plano de vida funcional a longo prazo, em oposição a um insustentável, como as dietas bruscas.

Pense como um homem das cavernas durante o dia. Prefira refeições leves e petiscos à base de proteínas magras, legumes, frutos, e pequenas porções de castanhas durante o dia. Guarde os amidos para o jantar.

Então, quando chega a noite, coma como um aldeão. Faça uma maior jantar à base de proteínas magras, legumes e alguns alimentos naturais como amido de inhame, batata, ou arroz com porções baseadas no tamanho do corpo e nos níveis de atividade.



+ NOTÍCIAS
A Geração Z é a mais infeliz no trabalho
Consumidores brasileiros preferem utilizar tablets para estudar

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]