Pesquisar
Close this search box.
/
/
Por que você precisa abrir as portas de casa para o Wi-Fi 6 em roteadores

Por que você precisa abrir as portas de casa para o Wi-Fi 6 em roteadores

Parece complexo entender, mas a verdade é que um simples aparelho - diferente do que temos hoje - pode transformar a conectividade

A transformação tecnológica proposta e viabilizada pela tecnologia de Wi-Fi 6 traz grandes benefícios para quem precisa de velocidade e baixa latência – tanto em casa quanto em pequenas empresas. Ela não é tão conhecida como o tão esperado 5G, mas tende a mudar a forma como nos conectamos dentro de nossas residências – especialmente em um contexto em que o home office deixa de ser uma opção para se tornar uma necessidade.

Gradualmente, essa tecnologia foi incorporada em dispositivos inteligentes nos últimos anos. Portanto, está adaptada e aprimorada para atender ao cenário multidispositivo atual. Mas como levá-la, de fato, para dentro de casa? Para responder a essa pergunta, é preciso primeiro compreender o mercado de banda larga fixa no Brasil.

De acordo com o Relatório de acompanhamento do setor de telecomunicações, produzido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as empresas de menor porte atingiram um percentual de mercado de 39,32% ao fim de 2020. Em 2011, elas possuíam apenas 8,97% do market share. Além disso, são líderes em 3467 municípios do País. Fornecedoras do serviço de Banda Larga Fixa (e não de Convergência, como gigantes do setor), essas empresas de menor porte desenvolveram parcerias que viabilizaram o oferecimento de roteadores que levam o Wi-Fi 6 para dentro das residências.

José Luiz do Nascimento, diretor de Vendas da Huawei, explica que é a partir delas que a companhia global chega até as residências, com um serviço de conexão que ultrapassa os limites conhecidos hoje por quem ainda utiliza Wi-Fi 5 – ou seja, a maioria da população. “As Internet Service Providers (ISPs), como são chamadas as empresas de menor porte, são o canal para o consumidor e estão atentas não apenas ao oferecimento de um bom produto, mas à operação”, explica.

A partir de tais operadoras, a Huawei leva até as residências a tecnologia WiFi 6 em roteadores, que foi oficialmente aprovada para residências pela Wi-Alliance no final de 2019, para entrar em operação em 2020. O chamado Huawei WiFi AX3, roteador desenvolvido pela empresa global, é capaz de comunicar dispositivos em larguras de banda estreita – e esse é um diferencial em relação a outros roteadores do mercado.

Huawei WiFi AX3, o primeiro roteador embarcado com Wi-Fi 6 Plus

Além disso, com potência de transmissão constante, a intensidade do sinal do smartphone para o roteador pode ser aumentada em até 6 dB no modo de largura de banda estreita, melhorando a qualidade do sinal e a velocidade da rede quando o dispositivo está longe do roteador. É até capaz de penetrar paredes sem problemas.

Para ir além da qualidade tecnológica e entregar benefícios também a partir dos serviços, Nascimento explica que a Huawei desenvolveu em seus roteadores algumas funcionalidades dedicadas aos provedores de internet, com o objetivo de facilitar a instalação, configuração e manutenção dos seus produtos, o que beneficia tanto o cliente quanto as ISPs.

Como exemplo, ele explica que, em geral, a ISP precisa configurar os roteadores antes de enviá-los aos consumidores e, a partir de uma funcionalidade desenvolvida pela Huawei, mesmo quando o cliente reinicia o roteador – o que em geral causaria a perda das configurações –, são mantidas as definições feitas inicialmente. Outra imensa facilidade é que a ISP pode configurar uma série de produtos de uma só vez e criar uma versão de software de maneira autônoma. Isso otimiza a instalação para o técnico e possibilita configuração de produtos de maneira massiva.

Além disso, a ISP consegue acessar o produto de maneira remota, diminuindo a necessidade de visitas presenciais, reduzindo custos e gerando conveniência. Assim, a visita de um técnico passa a ser seria necessária apenas em casos de problemas de hardware.

Entenda algumas características técnicas dos roteadores:

Huawei WiFi AX3

Este é o primeiro roteador embarcado com Wi-Fi 6 Plus. Ele é a prova de que foi-se o tempo em que a alta tecnologia estava separada do design: feito de plástico, com um acabamento fosco elegante e minimalista, ele faz o cliente se sentir no futuro – pelo serviço e pela aparência. O AX3 suporta até 160 MHz de largura de banda – portanto, é duas vezes mais rápido do que outros roteadores do mercado.

Os recursos são fáceis de usar: o design geral leva em consideração as necessidades dos usuários em todos os aspectos, desde o hardware até a configuração da rede e o gerenciamento do roteador. Por exemplo, depois de conectar o cabo de rede ao roteador e conectar o smartphone ao Wi-Fi, o smartphone é redirecionado automaticamente para a página da web de configuração, a partir da qual os usuários podem completar a conexão usando orientações simples, e pode ser administrado pelo aplicativo Huawei AI Life.

Nos testes do aplicativo Speedtest, a velocidade de download atingiu surpreendentes 952,7 Mbps.

Huawei WiFi AX3 (versão Quad Core)

O Huawei WiFi AX3 (versão Quad Core) revolucionou a experiência do usuário com o roteador. Ele possui uma série de recursos de ponta – por exemplo, a conectividade NFC de um toque, que permite conectar smartphones habilitados para NFC à rede Wi-Fi tocando no roteador. Esse é um recurso que pode ser muito bem aproveitado, por exemplo, em cafeterias, às quais os consumidores vão para trabalhar durante algumas horas.

Tecnicamente, o CPU Quad Core 1.4GHz Gigahome de alta potência conta com os recursos do AX3 (versão Quad Core), mas ainda está acima. Com 256 MB de RAM + 128 MB de ROM, o roteador está equipado para lidar com multitarefa intensiva com facilidade e deixa espaço para uma extensão de plug-in. Ele incorpora quatro amplificadores de sinal independentes para fornecer conexões aceleradas, um sinal robusto e melhor desempenho de penetração na parede.

O uso desse modelo viabiliza o recurso de HiLink Mesh, que cria uma rede entre roteadores, possibilitando que uma única conexão, com nome e senha, seja compartilhada em um grande ambiente. Mais uma vez, o recurso é recomendado para restaurantes, lojas, cafeterias ou lanchonetes.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]