Pesquisar
Close this search box.
/
/
Brasileiros estão mais engajados e resilientes no trabalho após a pandemia

Brasileiros estão mais engajados e resilientes no trabalho após a pandemia

De acordo com os dados da ADP Reseach, 18% dos brasileiros estão engajados dentro do trabalho, percentual maior do que a taxa mundial

A adaptação do trabalho no período de quarentena foi (e ainda é) uma tarefa bastante complicada. No entanto, ainda que a pandemia tenha trazido uma série de dificuldades para uma parcela de colaboradores, para outra grande parte, ela foi responsável por uma postura mais positiva e dedicada, além de mostrar que os trabalhadores podem ser mais resilientes. É o que diz a pesquisa realizada pela ADP Research, realizada no final de 2020.

O estudo mediu a capacidade de engajamento a nível global, que implica ter uma atitude positiva e dedicada em relação ao trabalho e ao empregador, e a capacidade de resiliência, que mede a habilidade de lidar com condições desafiadoras no dia a dia. Em ambas características, os brasileiros se encontram à frente da média mundial.

Engajamento no trabalho

Manter-se engajado em um período de pandemia pode parecer bastante difícil, mas a realidade brasileira mostra que a quarentena acabou trazendo uma atitude mais positiva dos colaboradores para com o trabalho e a empresa.

De acordo com o estudo, 18% dos trabalhadores brasileiros estão totalmente engajados no trabalho após o momento de pandemia, um percentual 4% mais alto do que o observado em 2018. É interessante também perceber que a média brasileira de engajamento está acima da global, que é de 14%. Ainda assim, segue abaixo dos líderes do estudo: Arábia Saudita (21%), Índia (20%) e África do Sul (19%).

“Em comparação com o estudo anterior, que realizamos em 2018, a porcentagem de funcionários totalmente envolvidos diminuiu um ponto percentual. Hoje, 14% dos trabalhadores estão totalmente engajados”, aponta Mariane Guerra, vice-presidente de Recursos Humanos da ADP na América Latina, sobre a taxa global.

Colaboradores cada vez mais resilientes

Quanto à capacidade de resiliência, não é tão incomum pensar em motivos do porquê o Brasil está acima da média: mesmo em uma severa crise econômica e sanitária, os brasileiros seguem firmes e dedicados, com uma boa capacidade de adaptação. Isso pode ser explicado também pelo medo de perder o trabalho, visto que a taxa de desemprego atingiu um número histórico em decorrência da pandemia, com mais de 14 milhões de desempregados.

Segundo a pesquisa, 16% dos colaboradores brasileiros são altamente resilientes, uma porcentagem um pouco acima da média mundial (15%). O estudo mostra, ainda, que os países com trabalhadores com essa capacidade elevada são Índia (32%), Arábia Saudita (26%) e Emirados Árabes Unidos (24%). Já os países com trabalhadores menos resilientes são Taiwan, Suécia e Coreia do Sul, todos com a taxa de 8%.

No Brasil, entretanto, há um destaque sobre a capacidade de adaptação a situações adversas. O estudo mostra que os efeitos da pandemia a nível pessoal foram responsáveis por um aumento da resiliência dos colaboradores de forma mais evidente do que em casos a nível macro — em todo o país. 51% dos brasileiros têm sido afetados pessoalmente pelo vírus, uma porcentagem atrás apenas dos egípcios (61%).

Relação dos colaboradores com a mudança

A pesquisa concluiu que a capacidade de adaptação também tem relação direta com os efeitos secundários gerados pelo trabalho em casa, tais como: maior uso de tecnologia, aumento das horas de trabalho, demissões, incentivo a férias antecipadas, entre outros.

Assim, essa mudança toda trouxe novas expectativas sobre o futuro do trabalho. O estudo apurou que, em geral, 97% dos colaboradores experimentaram mudanças na forma de trabalhar. Em conjunto a isso, deve ser levado em consideração que nenhum dos países pesquisados apresentou uma porcentagem inferior a 90%.

Dessa forma, fica cada vez mais evidente que as mudanças no trabalho também estão bastante relacionadas à resiliência dos colaboradores.


+ Notícias

O que “Náufrago” e mais filmes sobre isolamento ensinam sobre resiliência

O mito em torno da resiliência: entenda o que é e use a seu favor

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]