Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como utilizar bots de voz e de texto em prol da acessibilidade

Como utilizar bots de voz e de texto em prol da acessibilidade

O uso de recursos de texto e voz para dialogar com o cliente já é comum. Mas como adaptar essa tecnologia para atender a todos, sem distinção?

O Brasil é um País com proporções territoriais gigantescas. É natural, portanto, que haja hábitos, expressões, palavras e sotaques extremamente variados por aqui, além de uma diversidade muito ampla na população. Isso pode ser percebido nas relações interpessoais e, é claro, impacta a forma como as empresas se relacionam com o cliente. Por isso, é indispensável que as organizações estejam dedicadas a temas como acessibilidade, regionalização e inclusão, mesmo em seus canais digitais e bots de voz ou de texto.

Porém, como afirma, Fabio Formento, head de Customer Service do Neon, essa não é uma tarefa fácil: regionalização de voz é um dos desafios mais complexos a serem enfrentados por quem busca adotar e aprimorar Inteligências Artificiais realmente inclusivas. “Neste País continental, falamos português de diferentes formas”, confirma.

Um exemplo muito simples disso, como conta Julio Plum, diretor de Experiência do Cliente da Alelo, nascido em Petrópolis, é a forma como pessoas de diferentes locais se referem ao documento conhecido como Cédula de Identidade, Carteira de Identidade ou Registro Geral (RG). Em São Paulo, ele é amplamente conhecido como “RG”. No Rio de Janeiro, é chamado de “Identidade”. Parece algo irrelevante, mas, para o preenchimento de um cadastro, por exemplo, essa simples questão pode resultar em um atrito na experiência.


Quer saber mais sobre o CVX 2023?

Confira a cobertura completa!


Como comenta Vanessa Mascarenhas, head de Inteligência Artificial da TIM, “acessibilidade” é um termo que, apesar de ter vários significados, representa a necessidade de todos os recursos, produtos e serviços de uma empresa serem de fácil acesso e utilização para as pessoas. “A tecnologia e a inovação devem ser usadas com esse viés”, defende. Na TIM, isso é colocado em prática a partir de uma persona: a Thais. “Procuramos ter uma linguagem não-sexista: isso não significa usar termos masculinos ou femininos, mas usar palavras que englobam todas as pessoas”, explica. “A tecnologia vem complementar isso”.

Para lidar com esse contexto, Formento conta que o Neon contratou pessoas de várias localidades, trazendo para perto os mais variados pontos de vista. A estratégia melhorou a maneira como a comunicação da empresa encanta o cliente. Na VIA, como conta Edinelson “Ted” Santos, diretor de Customer Experience da empresa, o desafio foi um tanto além, pois a empresa teve de definir a identidade de cada uma das três marcas (Casas Bahia, Ponto e Extra.com).

O mesmo ocorre na Alelo, que atua de forma B2B, B2C e B2B2C e defende a importância de o posicionamento e o tom de voz da empresa estarem alinhados com os bots adotados por ela. “Nossa posição, em termos de tom de voz, é ser uma empresa simples, acessível, que já nasceu com inovação – fomos a primeira a colocar chip no cartão-alimentação”, conta Plum. “Buscamos ter a voz mais universal possível e começar a usar a IA como uma alavanca para isso”.

Bots de voz: outro olhar sobre a inclusão

De acordo com dados do Serviço Social da Indústria (SESI), com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) de 2019, mais de 10 milhões de brasileiros com 15 anos de idade ou mais não são alfabetizados no Brasil. Em paralelo, há em torno de 500 mil cegos no País, além de 6 milhões de pessoas com grande e permanente dificuldade de enxergar.

Esses são exemplos de públicos que necessitam dos recursos de voz para estabelecer um diálogo com uma empresa – além, é claro, que optam por falar ou ouvir apenas por preferência. “O bot de voz é quase uma redundância quando falamos em atendimento ao cliente: em qualquer canal devemos ter as mesmas opções, para permitir que o cliente seja atendido por onde quiser”, defende Formento. “Não dá mais para pensar em não ter bots de voz nas empresas”.

Vanessa, por sua vez, reforça que tornar a jornada humanizada é uma forma de criar proximidade. “A TIM mudou todo o atendimento de voz, tornando-o menos robotizado”, revela. O benefício dessa estratégia, como lembra o diretor de Experiência do Cliente da Alelo, beneficia até mesmo a relação com o público jovem, que usa cada vez mais o recurso de mensagens de áudio via WhatsApp. “É mais uma escolha que deve ser feita pelas empresas, em linha com as estratégias comunicação”, pontua.


Assista ao Customer Voice Experience:



+ Notícias

IA nas redes sociais: a construção do diálogo com o cliente

Para fluidez na omnicanalidade, atendimento deve respeitar desejo do cliente

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]