Pesquisar
Close this search box.
/
/
Black Tie: Tire seu vestido do armário e compartilhe-o

Black Tie: Tire seu vestido do armário e compartilhe-o

Historicamente ligada ao aluguel de roupas para festas, empresa decidiu transformar o mercado em que atua. Confira as mudanças no modelo de negócio

Uma das principais megatendências indicadas para o futuro (e que, inclusive, já pode ser sentida no presente) é a imaterialização. Identificada pelo Copenhagen Institute for Futures Studies (CIFS), ela tem duas vertentes. Uma delas indica a transformação de produtos físicos em imateriais (como o processo de transformação do CD em streaming); a outra aponta para o aumento da importância das experiências, em detrimento da posse de produtos físicos (compensa mais alugar um apartamento a cada viagem do que ter uma casa na praia, por exemplo).

Com isso, diversas empresas surgiram – clubes de assinatura, apps de compartilhamento de casas e carros, serviços de cuidados com animais. E uma das mais recentes inovações nesse sentido impactará positivamente o modelo de negócio das companhias que oferecerem roupas para festas.

Diversas ideias fazem parte do novo momento da Black Tie, empresa que atua há 40 anos no mercado de aluguéis de roupas de festa e, portanto, sempre teve a experiência de compartilhamento em seu core business. Como conta o CEO, Cristofer Mickenhagen, a inspiração veio dos EUA. “Em 2016, tive a oportunidade de conhecer a forma como o setor atua por lá e, fazendo esse benchmark, consegui trazer o modelo operacional que, hoje, nos permite implementar nosso e?commerce”, diz.

Atualmente, a Black Tie tem quatro departamentos principais: noiva, festa, infantil e masculino e 70% do negócio gira em torno de casamento. “Sempre fomos conhecidos pela locação de produtos, mas com um serviço diferenciado, de consultoria – tanto para identificar o melhor vestido para o melhor momento quanto para atender ao perfil da cliente, ao orçamento e indicar algo que encaixe no sonho da cliente”, conta o CEO.

black tie
A Black Tie oferece roupas para festas variadas e também vestidos de noiva/Crédito: Douglas Luccena

Presença on-line

Com esse viés de serviço, a Black Tie lançará, no mês de agosto de 2019, o e?commerce da marca. “Entendemos que, em vez de fazer algo 100% digital, deveríamos desenvolver uma estrutura omnichannel”, afirma. Isso significa que, em vez de fazer toda a transação on-line, será possível experimentar vestidos na própria loja.

O processo é simples: no e?commerce, a cliente poderá usar filtros de data e de local, para fazer uma pré-seleção; em seguida, agendará prova, que será feita na loja. A retirada do produto será feita pela cliente e, se a peça estiver na Grande São Paulo, a devolução será responsabilidade da empresa. Em 2020, esse serviço se estenderá para cidades no raio de 150 km de São Paulo.

Com isso, a empresa poderá crescer através de microfranquias. “A ideia do e?commerce não é só criar um canal digital para que o consumidor tenha uma melhor experiência, mas levar nossa ferramenta para parceiros”, diz. “Por exemplo, uma empresa que tem apenas produtos femininos poderá oferecer roupas masculinas, com a marca Black Tie”.

black tie
A aplicação de detalhes é feita na própria empresa/Crédito: Douglas Luccena

Novos horizontes

Outra inovação está em linha com a tendência de compartilhamento. Como conta Mickenhagen, a Black Tie possibilitará o compartilhamento de vestidos que estão guardados nos armários das clientes. Nesse caso, basta que a cliente leve o produto para avaliação. O produto passará por um crivo de locação e, se estiver em condições ideais, passará a fazer parte do acervo da empresa. A melhor parte é que, a cada vez que o produto for alugado, a cliente vai ganhar uma parte do valor recebido pela empresa. “É uma relação ganha-ganha”, diz.

A Black Tie inovou ao dar mais autonomia às noivas: a empresa desenvolveu estruturas de modelagem para oferecer alternativas de personalização para as clientes. Na prática, as clientes terão a possibilidade de desenhar o próprio vestido, escolhendo detalhes, formatos, entre outras opções. Com isso, sentirão que são parte da elaboração de um dos itens mais importantes para a realização de um sonho.

Como explica o executivo, todas essas inovações são possíveis graças à estrutura vertical e diferenciada da empresa: todos os ajustes, serviços de lavanderia, detalhes, bordados e rendas são feitos internamente. E, para ampliar a experiência na loja física, a Black Tie está abrindo espaço para parceiros que têm sinergia com a atividade da empresa. Um exemplo disso é a WineStore, elaborada com a La Pastina, e o espaço de beleza desenvolvido com o hair designer Paulo Persil.

black tie
A limpeza das peças é feita pela Black Tie/Crédito: Douglas Luccena

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]