Pesquisar
Close this search box.
/
/
Biometria ou aproximação? Brasileiros optam por mais segurança para pagamentos com cartão

Biometria ou aproximação? Brasileiros optam por mais segurança para pagamentos com cartão

Pesquisa mostra que 90% dos consumidores brasileiros preferem a biometria na hora de efetuar uma compra com cartão de débito ou crédito

Com um imenso aumento de fraudes envolvendo cartões de débito e crédito, especialmente os que usam a modalidade por aproximação, cresceu a demanda por mais segurança para essa forma de pagamento, como biometria ou outros recursos. Afinal, ainda que a estratégia acelere o processo e seja muito mais prática do que digitar a senha numérica ou lembrá-la toda vez que for necessário usar o cartão, essa praticidade tem gerado um alto custo de roubos, posto que é necessário muitas vezes apenas ter o cartão em mãos na hora de efetuar uma transação financeira.

Assim, uma alternativa que tem conquistado os brasileiros para manter a praticidade e aumentar a segurança é o uso da biometria: 90% dos consumidores aprovam o uso desse tipo de tecnologia como forma de aumentar a proteção de seus pagamentos com cartão, conforme aponta pesquisa da Dentsu Data Labs (DDL), encomendada pela IDEMIA, empresa líder mundial em identidade aumentada.

“Vemos uma tendência cada vez mais acentuada da preferência por métodos de pagamento e recursos avançados de segurança em cartões bancários. Os brasileiros são os mais entusiasmados com as tecnologias biométricas, apreciam o fato de os cartões biométricos serem tão fáceis de usar e os consideram mais seguros”, destaca Marcelo Annarumma, presidente da IDEMIA na América Latina.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades sobre a experiência do cliente

Segurança e praticidade como grandes aliadas no cartão com biometria

O pagamento por aproximação cresceu por um importante motivo: para além da praticidade de não precisar memorizar senhas, o recurso também acelera os processos e faz uso da tecnologia como aliada da rotina do brasileiro. É por esse motivo que os consumidores do País consideram mais importante investir em uma outra tecnologia — de biometria, por exemplo — do que voltar a usar as senhas numéricas.

“A autenticação por impressão digital vem se tornando mais presente na vida dos consumidores em todo o mundo e não é diferente no Brasil. A população tem grande preocupação com a segurança nos meios de pagamento e com a proteção dos seus dados biométricos”, explica Annarumma.

A pesquisa destaca que 70% da população acredita que a grande vantagem da identificação digital é o fato de ser individual, ou seja, além de segura é também exclusiva. 64% também concordam que há um aumento na segurança do processo de compra e na prevenção de fraudes.

Outro ponto que a pesquisa destaca é que mais de 1 entre 3 brasileiros aprecia as tecnologias biométricas e 56% preferem o cartão biométrico ante 23% que optam pelo cartão regular.

Tecnologia sem contato como consequência da pandemia

Um dado que chama atenção no estudo é que 82% dos brasileiros preferem utilizar uma forma de pagamento totalmente sem contato — mais um motivo para o sucesso da modalidade por aproximação.

O principal motivo, além de uma clara consequência da pandemia, é o esquecimento das senhas. Ao todo, um em cada dois brasileiros já esqueceu as senhas dos cartões nos últimos 18 meses e 63% dessas pessoas pertencem a faixa etária dos 31 aos 50 anos.

Vale destacar que a pesquisa também elencou quais são as preferências de características nos cartões para os brasileiros: 32% preferem um cartão com identificação biométrica, 27% desejam um cartão feito com plástico reciclado, 21% um cartão com um número e dados pessoais visíveis, 12% com cores vibrantes e outros atrativos, como os cartões fornecidos por fintechs, e 8% um cartão de metal.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades sobre a experiência do cliente


+ Notícias

Cibersegurança: como o Nubank pensa a proteção de seus clientes?
Experiência do cliente: investimento em cibersegurança gera impactos positivos durante a jornada de compra

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]