Pesquisar
Close this search box.
/
/
Além da IA: tendências tecnológicas que estão transformando o CX

Além da IA: tendências tecnológicas que estão transformando o CX

Edney “Interney” Souza reflete sobre a importância da tecnologia e como ela tem impacto em nossa sociedade e como consumimos.

Cada vez mais, a Inteligência Artificial (IA) é usada nas empresas em todas as etapas da jornada do consumidor. Ferramentas e plataformas emergentes, desde Chat BOTs inteligentes até realidade virtual, estão permitindo que as empresas ofereçam experiências mais personalizadas, ágeis e envolventes, que fortalecem o CX. O cliente moderno, agora acostumado a soluções instantâneas e interfaces intuitivas, espera que as marcas estejam sempre um passo à frente, antecipando suas necessidades e surpreendendo em cada interação.

No CONAREC 2023, Edney “Interney” Souza, docente e Especialista em Negócios Digitais, durante uma palestra no Painel Amazônia, explanou sobre as tendências tecnológicas que vão além da IA que estão transformando o CX. “As pessoas não amam a tecnologia, elas amam a sua praticidade”, afirma Edney Souza.
O especialista atribui isso ao início de um ciclo: à medida que a tecnologia contribui com nossa rotina, ela cria novos hábitos, que mudam os mercados. Novos mercados geram oportunidades, que, por sua vez, são o contexto ideal para o nascimento de novas tecnologias. “A gente está vivendo em uma rodinha de hamster, onde a tecnologia está impulsionando o crescimento. Mas o principal é lembrar que ela está modificando o comportamento do consumidor. E isso está acontecendo cada vez mais rápido”, afirma.


CONAREC 2023
Acompanhe a cobertura completa!


Componente de Conveniência

A conveniência é um valor muito importante e a tecnologia pode favorecê-la em muitas etapas. E ferramentas que usam a Realidade Aumentada estão nesse escopo. Edney Souza exemplifica o app Wanna Kicks, que é uma tecnologia já consolidada, mas com pouco uso. “É a praticidade de você experimentar uma roupa, um óculos, um tênis…É uma tecnologia que facilita para o consumidor experimentar um produto, sem necessariamente ter que comprar, se deslocar. E já está disponível”, relata o Especialista em Negócios Digitais.
Ainda nessa seara, o Microsoft Mesh, usado com os óculos de realidade virtual, é uma tecnologia que permite o consumidor visualizar um produto, como se ele estivesse naquele tempo e espaço. “Os consumidores podem interagir com o protótipo ou outras pessoas que estejam em qualquer lugar do mundo. E as pessoas conseguem manipular e trabalhar com esse protótipo. Você consegue trabalhar com algo que é físico, estando distante”, comenta o docente.

Para o futuro, Edney Souza apresenta o Projeto Starline, do Google, que é basicamente uma projeção remota. Nesse experimento as pessoas interagem, como se elas estivessem sentadas uma de frente para outra, de forma muito realista. “Quando o consumidor tiver acesso a ela, o que ele vai começar a exigir? Hoje é o WhatsApp”, reflete o palestrante que afirma que 78% das pessoas ficam decepcionadas quando uma marca não tem WhatsApp.

Análise de dados

“Para a IA Generativa tudo é linguagem: ChatGPT cria texto e códigos, outras ferramentas criam áudios de cantores famosos e até póstumos; assim como Matemática, Química e Ressonância Magnética são linguagens”, introduz Edney Souza. Esses modelos são chamados de Generativa Large Language Multi-Modal Model, porque possibilitam vários formatos. “A gente está abreviando esse modelo de Golem, que, na mitologia judaica, é uma criatura feita de barro e ela faz tudo para você. É como uma Inteligência Artificial”, explica.

Como aplicação do Golem, o docente exemplificou a MinD-Vis, criada por pesquisadores de Cingapura, e publicada como artigo: “Seeing Beyond the Brain: Conditional Diffusion Model with Sparse Masked Modeling for Vision Decoding”. Essa pesquisa, a partir da Ressonância Magnética, treinou um algoritmo que reconstrói as imagens mentais dos participantes. De acordo com o palestrante, essa versão é a 1.0 da tecnologia que lê mentes.

Ao redor do mundo, várias empresas já trabalham com esse tipo de ferramenta chamada Brain Computer Interface (BCI). “Em algum momento do futuro, o consumidor pode usar algum dispositivo que, se conectado ao atendimento, a marca pode saber o que ele está pensando. Isso pode ser bom ou ruim”, reflete o Especialista em Negócios Digitais

Emotion Tech

Outra tendência é ir além do “positivo”, “negativo” ou “neutro” como análise das emoções do consumidor. A Inteligência Artificial, como o ChatGPT, pode ajudar a dar qualidade às avaliações. Edney Souza sugere a usar a ferramenta para analisar as emoções extensivas e orientar uma conversa com o consumidor.
Mas a IA pode ser usada também em um caminho mais humano e empático, reconhecendo, orientando e oferecendo soluções de maneira a priorizar as emoções e o humor do consumidor.



+ NOTÍCIAS
Bancos e Fintechs: A democratização do ecossistema financeiro
IA generativa: o outro lado ao qual não estamos atentos

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]