Pesquisar
Close this search box.
/
/
5 dicas para superar o aperto das contas de início do ano

5 dicas para superar o aperto das contas de início do ano

?Gastar é mais fácil do que ganhar?, é o que dizem. Então, aprenda a administrar a situação, mesmo se a conta estiver no vermelho

Todo começo de ano é a mesma coisa: resoluções de ano novo, aquela dieta, e claro, o desespero já conhecido devido às contas. Além do IPTU, IPVA e as matrículas escolares, somam-se os gastos do natal e do réveillon no orçamento.

Segundo Fábio Yamamoto, sócio da Tiex, os brasileiros já sabem que início do ano é o período onde se concentram as contas mais pesadas. ?Mesmo sabendo que o orçamento vai ficar apertado, a maioria não tem o costume de se programar para essas despesas?, explica.

Mas não há motivo para pânico! Com um pouquinho de planejamento e disciplina é possível passar por esse período sem sufoco. Veja abaixo cinco dicas do especialista para superar o aperto das contas de inicio do ano e se planejar para os próximos anos.

1.    Reservar recursos

Para isso, é preciso fazer uma estimativa da quantidade necessária para honrar estes compromissos e tentar reservar recursos todo mês. É muito importante estabelecer uma meta para que gastos supérfluos não interfiram nesta ?poupança?.

Esta dica também vale para qualquer gasto excessivo que se pretenda fazer. ?Planejar é o caminho mais curto para atingir qualquer meta?, afirma Yamamoto. 

2.    Parcelar os pagamentos

Muita gente vê com negatividade o parcelamento de despesas e a contratação de empréstimos ou financiamentos, mas o endividamento não deve ser encarado como um vilão. Desde que seja feito com uma avaliação criteriosa, não há porque temer o endividamento.

No caso das empresas, o retorno obtido ou o custo evitado com o investimento e/ou aplicação efetuada dos recursos captados devem ser superiores ao custo do endividamento.

Já no caso das pessoas físicas, essa conta não é tão simples, mas as premissas são similares. Por exemplo, contratar um empréstimo para evitar pagamento de juros do cartão de crédito ou do cheque especial é sempre mais vantajoso. Mas sempre se pergunte: ?será possível eu honrar o pagamento das prestações de um empréstimo??.

3.    Postergar os gastos

Sabe aquela promoção imperdível? Ou aquela liquidação de natal? Tudo isso pode ser adiado. Exceto se você se planejou para efetuar tais gastos; nesta época do ano a hora é de controle e economia.

?Avaliar os gastos atuais e evitar compras desnecessárias, não só ajudará no início de ano estressante, mas trará uma economia permanente, possibilitando, no futuro, aquela viagem dos sonhos?, continua.

4.    Priorizar

Saber diferenciar os gastos inevitáveis daqueles não tão urgentes é muito importante. Priorize sempre os gastos essenciais. Lembre-se que pesquisas de preço podem e devem ser feitas.

Também é importante saber qual a melhor forma de pagamento para o seu bolso. Por exemplo, apesar de ser interessante pagar o IPVA e o IPTU em uma única parcela, devido à vantagem dos descontos concedidos, ?zerar? as contas pagando a vista pode ser muito perigoso, uma vez que podem surgir imprevistos.

O cartão de crédito com pagamento do mínimo ou parcelado deve sempre ser evitado devido às multas abusivas. Esse, na verdade, é o principal fator de descontrole financeiro das famílias brasileiras.

5.    Aproveitar

Sobrou dinheiro? Viaje! Curta as férias e aproveite!  Caso não tenha sobrado muito, é possível divertir-se com programas baratos ou até gratuitos: um piquenique no parque, uma visita aos museus da cidade, um cineminha. Use sua imaginação e não se esqueça de planejar-se para o próximo ano.

 

***

Fabio Yamamoto é o sócio responsável pelos setores de Auditoria e Controladoria da TIEX. 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]