Pesquisar
Close this search box.
/
/
IoT é considerada indispensável para 44,8% dos executivos brasileiros

IoT é considerada indispensável para 44,8% dos executivos brasileiros

Entre as tecnologias mais usadas, estão a IA, Computação em Nuvem, Assistentes Virtuais e realidade aumentada

O uso integrado da tecnologia com os negócios já é indispensável para a maior parte das empresas mundo a fora. No Brasil, não tem como ser diferente: a Internet das Coisas (IoT) já é realidade para alavancar os negócios. Ainda mais durante o cenário pós-pandemia, que tende a ser cada vez mais phygital.

Um estudo realizado pela CI&T, multinacional brasileira, com o apoio da Opinion Box, mostra que 44,8% dos executivos brasileiros já enxerga a IoT como indispensável para o crescimento dos negócios. Ao todo, 1241 profissionais de diversos setores da economia foram entrevistados.

A pesquisa destaca também que 22% dos líderes empresariais brasileiros adotaram ações em 2020 para digitalizar os negócios. Entre os entrevistados, apenas 10,8% disseram que já possuíam o negócio todo digitalizado em 2019.

O levantamento aponta ainda que 58,3% dos executivos encaram habilidade com tecnologia e informática como competências técnicas necessárias. No mercado de trabalho futuro, elas serão primordiais para encontrar espaço entre as oportunidades profissionais.

“A tecnologia não inova — pelo menos, não ainda. São as pessoas que fazem isso. A tecnologia não é disruptiva, as pessoas são”, afirma Cesar Gon, CEO e cofundador da CI&T.

Outras tecnologias que são foco

Entre as tecnologias mais citadas pelos executivos, está a Computação em Nuvem (43,4%). Em seguida, os profissionais destacam a Inteligência Artificial (39,2%) e Assistente Virtual (37,4%). Por fim, há destaque também para as tecnologias de realidade aumentada (28%).

A pesquisa mostra que três em cada 10 executivos investiria com certeza nessas tecnologias para transformar seu negócio.

Conheça um pouco mais sobre elas:

  • Computação em Nuvem: a ferramenta permite que todos os softwares, aplicativos e arquivos estejam salvos na nuvem, pela internet. A facilidade é ter um espaço maior — ainda que comprado — de armazenamento. Com a nuvem, também não é necessário instalar aplicativos, basta abri-los pelo navegador. Por fim, outra versatilidade da ferramenta é usá-la em todas as plataformas além do computador, como tablets e smartphones.
  • Inteligência artificial (IA): tema um pouco mais complexo, a IA pode atuar de várias formas nos negócios, seja para comunicação, organização e outros processos tecnológicos. A ferramenta funciona por meio de uma pré-programação, para desempenhar atividades de forma semelhante à humana. Com o aprendizado de máquina, ela está sempre em evolução.
  • Assistente Virtual Inteligente: consiste em um agente de software que realiza algumas tarefas para um indivíduo ou empresa de forma autônoma, baseada em programação e dados digitais de algoritmos. É o caso da Alexa (Apple), Google Assistent (Google) e Cortana (Microsoft), por exemplo.
  • Tecnologias de realidade aumentada: muito visada pelo varejo, essa tecnologia consiste em criar uma realidade virtual para o consumidor, seja por meio de computadores, smartphones ou óculos VR. Um exemplo é o aplicativo da Suvinil, que projeta — por meio de smartphones — a cor de parede desejada dentro da casa do cliente.

Metodologias fáceis e ágeis

A pesquisa também destacou algumas metodologias vistas como proveitosas. Os executivos apontam o Canvas como a mais importante (37%). A ferramenta possibilita visualizar os aspectos fundamentais de um negócio de forma intuitiva.

O Design Thinking também é importante para 35% dos líderes empresariais brasileiros. O método consiste em design para além da estética, para oferecer produtos e serviços de acordo com as necessidades do cliente. É feito por um profissional de design, que une a parte criativa à parte crítica.

Por fim, há destaque para o Agile, necessário para 30,4% dos executivos. Como o próprio nome já diz, a metodologia procura deixar as coisas mais ágeis dentro dos negócios. A estratégia é baseada em uma série de orientações (frameworks) para promover a interação entre equipes e clientes.

Boa parte dessas metodologias faz uso das ferramentas tecnológicas da IoT. É preciso estar atento aos próximos recursos e dominar as tecnologias para garantir um negócio eficiente, sobretudo em um momento sensível à mudanças, como ocorre na pandemia.


+ Notícias

Como a IA e a IoT podem melhorar a experiência do consumidor?

5G, AI,IoT e o futuro do Mobile

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]