Pesquisar
Close this search box.
/
/
10 dicas para vender mais pelo WhatsApp

10 dicas para vender mais pelo WhatsApp

O WhatsApp no processo de vendas pode ser uma excelente ferramenta para potencializar negócios; veja 10 dicas fundamentais para varejistas aproveitarem todo o potencial dessa plataforma

O WhatsApp já está inserido no processo de negócios de todo varejista. São mais de 120 milhões de consumidores utilizando esse canal no Brasil e todo varejista está de olho nessa plataforma como seu principal aliado nas vendas.

Portanto, ter sua marca transacionando com seus clientes por meio dessa plataforma é usufruir de todo o poder de alcance e praticidade que ela oferece. Para varejistas, o aplicativo WhatsApp Business é a melhor opção. Essa plataforma conta com recursos que irão contribuir para alavancar  resultados, otimizar tempo e melhorar o processo de vendas.

Abaixo, a especialista em marketing digital e certificada em Comunicação Persuasiva pelo MIT – Instituto de Tecnologia de Massachusetts -, Kelly Evangelista, traz algumas dicas valiosas para varejistas utilizarem todo o potencial do WhatsApp Business na suas vendas.

Conheça o Mundo do CX

Dicas para vender mais pelo WhatsApp

1 – Estabeleça uma presença profissional no seu WhatsApp

Ter um perfil comercial facilita o acesso de seus clientes a informações importantes sobre a sua empresa, como nome comercial, descrição, endereço, horário de atendimento e categoria. Você também pode criar um catálogo com seus produtos e serviços, e-mail comercial, links para o site e redes sociais para aumentar o engajamento dos clientes.

2 – Cause uma boa impressão logo no primeiro contato

O WhatsApp Business permite cadastrar mensagens automáticas de saudação e ausência. Cadastrar uma mensagem de saudação gera uma conexão inicial assim que um novo cliente entrar em contato com você.

Exemplo: Olá! Fico feliz em receber a sua mensagem! Como posso te ajudar?

É importante também cadastrar uma mensagem de ausência. Dessa forma você profissionaliza o seu negócio e evita que o cliente fique perdido sobre o horário de atendimento da sua empresa.

Exemplo: Olá! O nosso horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Recebi a sua mensagem e entrarei em contato no próximo dia útil.

3 – Seja efetivo na gestão de relacionamento com seus clientes

Com o WhatsApp Business você pode organizar as conversas através de etiquetas. Assim, você categoriza mensagens urgentes e consegue identificar os contatos com agilidade fazendo uma pesquisa mais eficiente das conversas. Você pode criar até 20 etiquetas e ter mais controle sobre o processo de venda conforme o seu negócio, tais como: “#Retornar para cliente”, “#Enviar proposta”, “#Pedidos urgentes”, “#Vendas efetivadas”.

4 – Tenha um fluxo de cadência no WhatsApp

Trabalhe com inteligência! Defina um plano sistematizado com uma série de interações, método de comunicação e modelos de mensagens a fim de aumentar as chances de contato com um cliente. Dessa forma, você não gera expetativas sobre a venda e não se torna um vendedor chato.

Exemplo de fluxo após o primeiro contato do cliente:

(1) Entender a necessidade do cliente antes de passar orçamento;
(2) Enviar proposta;
(3) Após 2 dias sem retorno do cliente, enviar uma mensagem perguntando se ele gostou da oferta e se tem alguma dúvida;
(4) Enviar depoimentos/fotos de clientes satisfeitos com o serviço/produto;
(5) Gerar escassez dizendo que a oferta/proposta é válida somente até determinado dia;
(6) Se o cliente não responder, agradeça o contato e diga que está à disposição para uma nova cotação;
(7) Encerrar o atendimento e colocar na etiqueta de clientes para contatar após 30 dias.

5 – Pratique o desapego no WhatsApp

As pessoas adoram comprar, mas não gostam de se sentir pressionados por vendedores. Os clientes gostam de sentir que estão no controle da situação. Por isso, é muito importante não demonstrar a sua ansiedade na hora de vender. Quando você perceber que o cliente não está dando muita atenção, faça uma última tentativa enviando o modelo de mensagem a seguir.

“Olá, Fulano.

Estou encerrando o meu atendimento, tentei alguns contatos, mas não tive o seu retorno. Se precisar de algo, estou à disposição! Infelizmente, a condição que te passei é válida somente nessa semana. Caso entre em contato novamente, não conseguirei manter o valor, condição ou bônus.”

A técnica do desapego é eficaz porque demonstra que você não está desesperado para vender – e as pessoas detestam ficar com o sentimento que estão perdendo ou deixando de ganhar algo.

6 – Use listas de transmissão

O WhatsApp Business permite a criação de diversas listas de transmissão, que tornam mais prático o envio de mensagens para vários contatos ao mesmo tempo. Essa função permite o compartilhamento de texto, áudio, foto ou vídeo para até 256 contatos de uma só vez, e ajuda bastante na divulgação de ações promocionais de produtos ou serviços. É importante ressaltar que a entrega da mensagem só será feita se o destinatário tiver o seu contato salvo no celular. Por isso, é importante, sempre que tiver em contato com o cliente, pedir para ele salvar o seu contato na agenda.

7 – Invista no seu negócio

Se você tem um volume grande de mensagens e precisa de vários celulares e pessoas para respondê-las, vale a pena investir em ferramentas que já tem a API do WhatsApp Business. Essas ferramentas permitem a integração do WhatsApp Business com outros sistemas, como softwares de gestão, chatbots e sistemas de controle. Na minha empresa (Fala Bancário) eu uso o Chatguru, Notificações Inteligentes e o Redrive.

8 – Não seja inoportuno

O fato de o cliente não responder na hora não significa que ele está lhe ignorando. Vale a pena você sempre analisar como é o dia a dia dessa pessoa e com o que ela trabalha, se ela falou com você em horário comercial, se estava de folga no trabalho etc. Por isso, é importante perguntar: “Você tem algum horário mais conveniente para que eu possa falar com você?”.

9 – Evite ser prolixo

Uma pessoa prolixa é aquela popularmente conhecida por “falar pelos cotovelos”, que dá voltas e não chega a lugar algum. Coisas simples expressas de forma complexa se tornam improdutivas. Sintetize a sua comunicação e trabalhe com o script de vendas para não se perder durante a negociação. Evite ser repetitivo na sua retórica, principalmente no envio de áudios. Quando precisar dar uma explicação mais profunda sobre o produto, verifique a possiblidade de ligar para o cliente.

10– Encerre suas mensagens com perguntas

Segundo Albert Einstein, “não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas”. Procure encerrar as suas mensagens com uma pergunta, dessa forma você cria um vínculo e a pessoa, inconscientemente, se sente na obrigação de responder. Por exemplo, se você responder uma dúvida do cliente e não fizer uma pergunta na sequência (o chamado call to action – chamada para ação), o negócio tende a esfriar. Após esclarecer uma dúvida, faça perguntas como “Qual dia você prefere o vencimento da fatura, dia 10 ou 20?” ou “Ficou mais alguma dúvida sobre o produto?”.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

WhatsApp como estratégia de marketing: como fazer corretamente? 

Profissão Influencer: ainda dá tempo de você ser um? 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]