Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como a era do streaming pesa no bolso do consumidor?

Como a era do streaming pesa no bolso do consumidor?

Com mais e mais serviços, os preços se assemelham aos da TV por assinatura. E isso significa dizer que alguns monopólios podem se desfazer

Hoje, vivemos a era do streaming por assinatura e a Netflix é prova do tamanho do sucesso nesse setor: 222 milhões de assinantes em 190 países — um Brasil inteiro concentrado em uma única plataforma. E não somente ela mantém esse monopólio; a Amazon Prime Video já alcança mais de 200 milhões de assinantes mundo afora, seguida pela Disney +, recente no mercado, com 130 milhões, e HBO Max, que caminha para os 80 milhões.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da Consumidor Moderno 

O consumidor agora também se vê diante de um dilema: paga (caro) pelos vários serviços de streaming para ter acesso ao conteúdo que gosta e percebe, dessa forma, que talvez ele não seja tão barato, gerenciável e vantajoso quanto o prometido.

O brasileiro já paga mais de dois serviços de streaming

Se antes a Netflix possuía um monopólio sobre os serviços de streaming, hoje sua popularidade já não é tão elevada. Ainda que ela detenha um número de clientes superior às suas concorrentes famosas, ela também andou perdendo público: no último balanço do primeiro trimestre, a empresa fechou seus relatórios com 200 mil assinantes a menos.

E esse número pode sim ter a ver com o bolso do consumidor, posto que os valores hoje se somam ao cartão de crédito ou débito automático e, em especial após a pandemia, as pessoas têm cortado alguns gastos. Mas ele também tem tudo a ver com a quantidade de serviços no mercado.

De acordo com um relatório realizado pela Opinion Box no início deste ano, dois a cada três brasileiros já assinam dois serviços de streaming distintos. E vale destacar que 20% dos entrevistados inclusive assinam quatro ou mais deles, o que mostra que esse serviço só cresce com o passar dos meses.

Leia mais: O streaming a todo vapor: 81% dos brasileiros compram produtos anunciados nas plataformas

Sobreposição de valores: o streaming já custa
o mesmo que a TV à cabo?

Ainda que haja preferência, é de se notar que os preços se acumulam e, em breve, o consumidor terá que fazer escolhas sobre qual plataforma deseja manter sua assinatura ao longo do tempo. Para se ter ideia, o preço de duas plataformas já gira em torno dos R$ 50 mensais e esse valor pode subir ainda mais de acordo com a quantidade de serviços comprados.

Hoje, conforme aponta a pesquisa da Opinion Box, apenas 35% dos brasileiros que assinam um serviço de streaming optam por apenas uma plataforma — que normalmente é a Netflix. E o serviço mais econômico do famoso aplicativo custa R$ 25,99 ao mês para uma tela, podendo chegar a R$ 55,90 para mais usuários.

Leia mais: Alto consumo de streaming de vídeos indica futuro promissor do formato

Em contrapartida, os outros concorrentes aparecem com preços competitivos. A Disney+ oferece assinaturas de R$ 27,90 ao mês, já a HBO Max cobra em torno de R$ 19,90. A Amazon, com seu competitivo valor de R$ 9,90, também se encontra nessa realidade. Ou seja, se somadas algumas plataformas, estamos cada vez mais próximos dos valores da TV por assinatura, que inicia seus preços a partir dos R$ 80.

Assim, resta entender: qual será o futuro dos streamings daqui para frente? Como serão seus valores cobrados e como será a dança das cadeiras? Frente a gigantes do entretenimento, é preciso ficar de olho no comportamento dessas corporações nos próximos meses.


+ Notícias

A tecnologia avançou mais do que nossa capacidade de fazer boas escolhas?

Home office na Twitch: Streamer Monge Han comenta experiência do coworking digital 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]