Pesquisar
Close this search box.
/
/
Empresas do futuro: quais são as tendências para a educação corporativa?

Empresas do futuro: quais são as tendências para a educação corporativa?

Lifelong learning, pluralidade e muito mais; conheça as principais tendências em educação corporativa e seus desafios

Como podemos identificar uma cultura de educação corporativa dentro das empresas? O desafio é grande. E um deles reside na própria comunicação. Segundo alguns especialistas, vivemos a era da “infotoxicação”. Estamos imersos em uma quantidade enorme de informações e pouca efetividade em entender o que estamos de fato consumindo.

Leia mais: Combatendo a infodemia: por que a assimetria da informação é causa de tantos conflitos de consumo?

O desafio para os profissionais em diversas áreas se configura em transformar essas informações em aprendizado. E as organizações? Como esses importantes pilares do desenvolvimento podem – e devem – estar conectadas com essa jornada de educação dentro das suas operações no seu dia a dia?

Foi pensando nesse espaço mais amplo do aprender, sobre o aprendizado nos ambientes de trabalho, que a escola corporativa Sputnik identificou 4 tendências para a educação corporativa.

4 tendências em educação corporativa

1- Power skills e o aprendizado constante

Segundo análise do Mckinsey Global Institute, a respeito dos tipos de empregos que serão extintos e criados, 56 habilidades foram identificadas, entre elas tecnológicas, sociais, emocionais e cognitivas superiores. Capacidades estas que levarão a mais empregabilidade, salários maiores e maior satisfação com o trabalho. Diante disso e de um contexto super tecnológico, é impossível pensar que apenas uma formação dará conta de nos manter no mercado.

Num contexto super tecnológico, é impossível pensar que apenas uma formação dará conta de nos manter no mercado

“Falamos muito de lifelong learning, mas como enfrentar isso na prática? Para além de hard ou soft skills, é tempo das empresas repensarem de que forma essas habilidades podem ser constantemente desenvolvidas pelos profissionais. Na Sputnik, acreditamos que esse deve ser um processo fluido e multidisciplinar, que faz parte da cultura da organização e que vai manter o profissional aprendendo ao longo de toda sua vida”, explica Mariana Achutti, CEO da Sputnik.

Conheça o Mundo do CX

2- Culturas de aprendizagem – no plural

Uma organização viva é feita de pessoas e pessoas são plurais. Para consolidar uma cultura de aprendizagem dentro de uma empresa é preciso lembrar que aprender é um processo muito pessoal, por mais que se dê de forma coletiva. Sendo assim, uma cultura engessada e imutável não irá funcionar.

Lideranças têm um papel essencial: são responsáveis por estimular que esse aprendizado seja constante 

Pensar em mais de uma cultura é abrir espaço para diferentes formas de ensinar e aprender, é possibilitar que haja flexibilidade e diversidade de experiências e caminhos. Dentro desse processo, as lideranças têm um papel essencial, já que são responsáveis por estimular que esse aprendizado seja constante e que as práticas sejam mantidas e estimuladas.

3- Meta-aprendizado

Ser protagonista do processo de aprendizagem é outra parte essencial do desenvolvimento, para que os profissionais diversifiquem o que aprendem e onde aprendem.

“O papel das companhias diante disso é o de construir estratégias para sustentar e nutrir uma cultura de aprendizagem que incentive e dê ferramentas para isso. Afinal, toda e qualquer organização deve se tornar uma escola no futuro”, ressalta Mariana Achutti.

Devemos construir estratégias para sustentar e nutrir uma cultura de aprendizagem 

4- Espaços seguros de troca

É importante que as organizações promovam e estimulem ambientes de confiança onde a vulnerabilidade é vista como potência, e não como fraqueza. A partir desse estímulo, os profissionais se sentem mais motivados a investir em autoconhecimento, aceitam melhor os seus erros e passam a ter menos receio de pedir ajuda. “Precisamos cada vez mais de profissionais, gestores e lideranças que sejam facilitadoras, que valorizem a vulnerabilidade, e também a comunicação empática e não violenta”, pontua Mariana Achutti.

Precisamos cada vez mais de profissionais, gestores e lideranças que sejam facilitadoras 

De fato, para que os ambientes corporativos se tornem também um local de aprendizado e construção de conhecimento, é necessário repensar toda a cultura de uma organização. Desde a alta liderança, passando por todos os níveis, é necessário que nesse processo faça sentido para a organização que o conhecimento circule e se adapte às mudanças e aos desafios diários. É através da troca que produzimos o nosso melhor.


+ Notícias

A melhor experiência é a que faz sentido para o cliente

CX e lideranças: o que aprendemos nos últimos três anos? 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]