Pesquisar
Close this search box.
/
/
Social e Live Commerce: tendências do varejo data-driven

Social e Live Commerce: tendências do varejo data-driven

Modalidades de vendas nas redes sociais geram maior identificação com consumidores e podem alavancar vendas

São diversos os motivos que levam consumidores a fazerem suas compras online. São ofertas de preços mais em conta, a conveniência de poder receber um pedido sem sair de casa, descontos e promoções, a possibilidade de comparar valores de produtos com mais facilidade, além de ter acesso a uma infinidade de itens de outras cidades, estados e até países.

Enquanto 73% dos consumidores brasileiros fizeram suas compras em lojas online no último ano, 70% optaram pelo varejo físico. Se por um lado os dados da pesquisa da Opinion Box com a Dito mostram que as lojas físicas estão longe de acabar, por outro demonstra que a modalidade de compras favorita já tem seu espaço garantido. Entre os consumidores, 44% preferem as lojas online, e 39% optam pelos dois canais sem preferências entre um ou outro.

Assine nossa newsletter! Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Live commerce: uma estratégia de sucesso

No dia 5 de outubro, a Cimed realizou uma live commerce com as atrizes brasileiras Maisa e Larissa Manoela para divulgar o seu mais recente produto, o hidratante labial Carmed BFF nos sabores tutti-frutti e beijinho. A escolha das atrizes foi acertada: além de serem amigas há muitos anos, são influenciadoras para os públicos entre seis e 16 anos de idade. O resultado foi um faturamento de R$ 40 milhões em apenas 20 minutos, além de novos 110 mil seguidores nas redes sociais.

Já a influenciadora digital e proprietária da marca de cosméticos WePink, Virgínia Fonseca, afirmou ter faturado mais de R$ 22 milhões em uma live commerce no dia 16 de abril em apenas 13 horas. São exemplos que demonstram como o social commerce e live commerce no Brasil, por mais que em diferentes proporções, já se aproxima da realidade chinesa, onde há um mercado amadurecido no uso de influenciadores digitais na venda de produtos e serviços. Em 2021, o live commerce mundial movimentou mais de US$ 157 bilhões, sendo 60% desse valor somente em vendas na China.

Segundo a pesquisa da Opinion Box, quatro a cada dez consumidores já compraram algo depois de assistir a uma live. Entre os canais mais utilizadas para assistir às transmissões estão o Instagram (59%), o Youtube (46%), o Facebook (20%) e o aplicativo da loja ou empresa responsável pelo produto ou serviço (14%). Já os produtos mais adquiridos no formato estão roupas (35%), cursos e conteúdos educacionais (32%), cosméticos (23%), sapatos (22%), celulares (19%) e maquiagem e livros (18%).

Vendas data-driven

Segundo a pesquisa, 72% dos consumidores brasileiros esperam que as empresas e marcas saibam reconhecê-los como indivíduos. Isso significa ir além de leituras de comportamento por grandes grupos ou gerações, mas entender suas necessidades, desejos e desafios específicos e individuais de cada cliente. Já 73% preferem comprar produtos de marcas com as quais já tiveram experiências personalizadas, enquanto 75% indicam empresas com essa característica.

Atender a essa expectativa é desafiador. O primeiro passo é estabelecer um relacionamento com o consumidor, que envolva a troca de informações e feedbacks sobre suas experiências, além de uma análise de dados sólida que consiga resultar em aprendizados sobre cada pessoa.

Diversas tecnologias e ferramentas são aliadas das organizações para esse objetivo. É o caso, por exemplo, de aplicações de Inteligência Artificial (IA) generativa no atendimento ao consumidor, o uso de CDPs (Customer Data Platform) para criar perfis de compra únicos de seus clientes, além de ferramentas que indiquem a satisfação do consumidor, como NPS (Net Promoter Score) e LTV (Lifetime Value).

Desafios para empresas

Para Ferezin, uma vez que a prioridade das organizações deve estar na criação de uma experiência do consumidor de excelência, surge uma demanda por uso de dados, hiperpersonalização e acompanhamento da jornada. “O principal desafio está em colocar, de forma legítima, o consumidor no centro. Isso significa não levar para os processos e relações de consumo as premissas, problemas e entraves da marca e empresa. É preciso explorar com sucesso a rede dos seus clientes, construir plataformas – e não apenas transações de produtos –, converter dados em ativos, inovar através de experimentação rápida, adaptar constantemente sua proposta de valor”.

Um social commerce ou live commerce não podem ser feitos sem, antes, as marcas entenderem qual é a experiência desejada pelo consumidor. Essa resposta impactará não só no formato no qual os produtos e serviços serão ofertados, mas em diversas outras maneiras: a escolha de ferramentas e tecnologias para personalizar a experiência, a participação ou não de influenciadores em campanhas, a plataforma mais adequada para as vendas, além de uma série de outras dinâmicas que podem variar de marcar a marca, e produto a produto. O primeiro passo é testar.

Para Ferezin, outras tendências para o varejo deverão surgir a partir dessas duas modalidades. “Mas se as marcas tiverem coragem para colocar efetivamente o cliente no centro, o sucesso será resultado, uma vez que o desenvolvimento de novos negócios, crescimento de vendas e resultados serão a consequência”.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]