Pesquisar
Close this search box.
/
/
O futuro das receitas digitais e a nova experiência da saúde

O futuro das receitas digitais e a nova experiência da saúde

Além de promoverem maior facilidade, as receitas digitais também garantem segurança aos usuários e médicos

Com a expansão da tecnologia e da digitalização, o setor da saúde se viu impactado. Novas ferramentas e inovação chegaram à categoria, que vinha há anos trabalhando com inúmeros recursos já antigos. Um deles, bastante acelerado pela pandemia, foi a adoção das receitas digitais.

A satisfação do uso de tecnologia para prescrições médicas foi algo visto por bons olhos, sobretudo pelos profissionais de saúde. Segundo estudo realizado pela área de Customer Experience da healthtech Memed, feita em agosto de 2020 e maio de 2021, 94% dos médicos destacaram interesse que a experiência das receitas digitais continue após o fim da pandemia.

A pesquisa foi feita com o objetivo de entender o mercado das prescrições digitais, principalmente com o novo cenário originado pela pandemia. “A digitalização da saúde proporciona inúmeros benefícios como: melhora da adesão terapêutica, aumento da produtividade dos profissionais, proteção contra fraudes, redução de custos e impacto socioeconômico e ambiental. Quando falamos mais especificamente sobre a digitalização das receitas médicas, a pandemia nos mostrou a importância de termos um ecossistema digital funcionando de ponta a ponta, envolvendo médicos, pacientes e farmácias”, explica Jakeline Guzelian, Head de Customer Experience da Memed.

De que valem as receitas digitais para os profissionais da saúde?

Vale destacar que, para os médicos, da primeira etapa da pesquisa — realizada em agosto de 2020 — para a segunda, que foi realizada em maio de 2021, a satisfação do uso de receitas digitais cresceu de “Bom” para “Excelente” em dez pontos percentuais.

Para a área farmacêutica, a aprovação das receitas digitais também foi alta: 93% dos profissionais de saúde afirmaram que desejam continuar recebendo as receitas após a pandemia. 90% das farmácias também destacaram que a experiência com as prescrições é boa ou excelente.

O processo, além de facilitar a presença de uma receita urgente para compra de medicamentos, também evita que os documentos sejam perdidos tanto pelos usuários quanto pelas instituições. É válido salientar que, especificamente para os usuários, a facilidade das receitas digitais se sobressai, visto que não é mais necessário marcar uma consulta presencial com o médico apenas para ter acesso à prescrição.

“Para o consumidor, é a compreensão correta do que foi prescrito, porque evita problemas com a caligrafia do médico, rasuras ou perdas da receita. Outro desafio é no momento da compra, o farmacêutico pode não compreender o que está escrito no papel ou até mesmo o paciente pode ficar na dúvida sobre a instrução do médico com relação a forma de uso do medicamento”, salienta Jakeline.

O que pensa o usuário?

Para as pessoas, as receitas digitais trouxeram um novo parâmetro de facilidade ao setor da saúde. Ao todo, 54% dos usuários preferem receber a receita via WhatsApp, o que mostra o impacto da rede social para os brasileiros.

A pesquisa destaca, ainda, que 42% dos usuários preferem receber a receita impressa, 36% preferem o e-mail, 34% optam pelo SMS e apenas 11% preferem a receita manuscrita.

Assim, é possível aplicar o conceito de omnicanalidade também ao setor de saúde. “Ouvimos este questionamento e atualmente a Memed já disponibiliza a opção de envio por qualquer um destes canais, deixando a escolha a critério do médico para uma melhor experiência do paciente”, explica Jakeline.

É importante ver, também, que as receitas digitais garantem uma margem ainda maior para a segurança. “Uma pessoa pode copiar o layout de um receituário médico e realizar impressões em uma gráfica; além do próprio carimbo, que não oferece nenhuma dificuldade para ser copiado. O fraudador pode colocar o nome completo do médico, seu CRM e fazer uma rubrica simulando a assinatura e pronto, fica difícil diferenciar no balcão da farmácia, já com a assinatura digital, com o certificado digital, existem mais camadas de segurança, tem token”, completa Jakeline.


+ Notícias

Oportunidades e desafios à saúde digital no Brasil

Qualicorp e Unimed se unem em novo plano de saúde preventiva

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]