Pesquisar
Close this search box.
/
/
Publicidade pode ser o caminho para aumentar receita de mídia e entretenimento

Publicidade pode ser o caminho para aumentar receita de mídia e entretenimento

Relatório mostra previsão para indústria de mídia e entretenimento nos próximos anos e aponta crescimento da importância da publicidade.

O ano de 2022 marcou as indústrias globais de mídia e entretenimento (E&M) com um aumento faturamento de 5,4%, para US$ 2,32 trilhões. Mas se os números de E&M forem os comparados a 2021, não houve crescimento, e sim desaceleração, uma vez que, naquele ano, o crescimento foi de 10,6%. Para os próximos cinco anos o crescimento será lento. A expectativa é que até 2027 as receitas cresçam apenas 2,8% com relação a 2026.Os dados estão no relatório Perspectivas do Global Entertainment & Media Outlook 2023–2027.

Os motivos podem ser diversos, entre eles, o aumento das receitas e da atenção que perderam força com a chegada da pandemia de Covid-19. A criação dos podcasts, por exemplo, caiu 80% entre 2020 e 2022. Além disso, os consumidores passaram a ser impactados pela inflação e sofreram os efeitos da pandemia. Entre o público, o Compound Annual Growth Rate (CAGR), ou taxa composta de crescimento anual, será de apenas 2,4% entre 2022 e 2027. Isso representa US$ 903,2 bilhões.

Leia mais: Disney: 100 anos de inovação, criatividade e compromisso com o entretenimento

Paralelamente, a publicidade seguiu bons caminhos. Em 2025, por exemplo, a publicidade com mídia e entretenimento ultrapassará os gastos dos consumidores. Eles cresceram 8,1% em 2022. Até 2017, a receita desse setor terá um aumento de US$ 763,7 bilhões para US$ 952,6 bilhões. O CAGR será de 4,5%. Ou seja, a publicidade será a primeira categoria da E&M a chegar a um bilhão de dólares de receitas anuais. Já o acesso à internet deve ultrapassar os gastos do consumidor em 2026.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Concorrência e gratuidade podem reduzir faturamento

Os produtos de entretenimento e mídia têm se tornado cada vez mais digitais. Ainda é importante mencionar que os conteúdos de mídia digital gratuitos devem atrair cada vez mais os consumidores. O resultado desse cenário será uma diminuição nos gastos dos clientes a nível global de 0,53% em 2023 para 0,45% em 2027.

Queda nos gastos dos consumidores movimenta CEOs

Com os gastos dos consumidores em produtos e serviços de E&M em movimento decrescente, enquanto a publicidade está em crescimento, os CEOs das indústrias passam por uma reavaliação de cenário. A 26ª Pesquisa Anual Global da PwC mostrou que 40% dos líderes de E&M não consideram viável o atual modelo de negócio para os próximos 10 anos.

O setor tem concorrido pela atenção dos consumidores, porque são eles que geram as receitas. Ainda existe outro cenário: a disputa das plataformas de streaming com formatos longos sendo desafiadas pelos formatos mais curtos, acessados em smartphones. Além disso, as demissões no setor de tecnologia ultrapassaram a casa dos 168 mil nos primeiros quatro meses de 2023.

Os agregadores de conteúdo também têm se moldado. A Netflix, por exemplo, passou a reprimir o compartilhamento de senhas dos assinantes, enquanto a Discovery cancelou a produção de filmes. Apesar de o faturamento das plataformas de streaming terem saltado 45% entre 2021 e 2022 e chegado a US$ 23,3 bilhões, os gastos com conteúdo devem aumentar para US$ 26,5 bilhões em 2023, o que representa apenas 14%.

A publicidade surge como possibilidade de faturamento para entretenimento e mídia

A publicidade tem respirado bons ares. Diante desse cenário, pode se tornar uma boa opção para impulsionar o crescimento dos streamings. Para os próximos cinco anos, a expectativa é que dobrem as demandas de vídeos apoiadas por anúncios. A indústria do streaming também começa a se render à publicidade como principal fonte de receita. À exemplo disso está a Netflix, que em 2022 lançou uma assinatura com preço mais baixo, mas com anúncios incluídos – um modelo que lembra bastante a boa e velha televisão tradicional. O resultado do novo modelo de serviço no balanço, em maio de 2023,  já somava quase cinco milhões de assinantes, sugerindo que está havendo uma boa aceitação dessa nova possibilidade pelo consumidor.



+ NOTÍCIAS
O impacto do Reels na indústria do entretenimento
Como o entretenimento influencia o consumo no e-commerce?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]