Pesquisar
Close this search box.
/
/
Projetos urbanos ousados que bombaram em 2019

Projetos urbanos ousados que bombaram em 2019

Especialistas no assunto elegeram transformações inusitadas, ou por seu caráter divertido ou por tornarem esses centros urbanos mais limpos e acessíveis

O que metrópoles como Copenhague, Amsterdã ou Miami têm em comum com a desconhecida Trondheim, cidade norueguesa de 200 mil habitantes? Todas são palco de projetos urbanísticos de tirar o fôlego por sua ousadia e que chamaram a atenção em 2019. A lista é da revista norte-americana de design, inovação e tecnologia Fast Company, uma das referências online no assunto.

LEIA TAMBÉM: O que foi destaque em 2019? Veja a lista

Ficou curioso ou curiosa para saber quais intervenções merecem tanto destaque? Acompanhe na lista abaixo:

1. UMA USINA QUE É (QUASE) UM PARQUE DE DIVERSÕES

Copenhague, na Dinamarca, tem o compromisso de se tornar carbono-neutro até 2025 e para isso vem investindo em diversas modificações urbanas. A mais diferente delas é CopenHill, uma usina de múltiplo uso que também serve de espaço público. Além de gerar eletricidade e aquecimento para cerca de 150 mil casas, o lugar também oferece um parque para caminhadas, uma parede de escaladas e até uma pista de esqui.

2. UM BAIRRO FLUTUANTE EM AMSTERDÃ

Que tal viver em uma casa auto suficiente e flutuante em uma das cidades mais cosmopolitas do mundo? A capital da Holanda abriga um novíssimo bairro que fica em um canal no qual as casas são equipadas com painéis solares e baterias no porão para a qual os moradores podem trocar energia com seus vizinhos. Os telhados também têm áreas verdes nas quais se cultiva plantas e a água usada para manter as plantas bem vindas de reuso, claro.

 3. UM PRÉDIO COM SUPERARMAZENAMENTO DE ENERGIA

A cidade de Trondheim, na Noruega, vive boa parte do ano com bem pouca luz por causa da localização geográfica. São cinco horas de luz no inverno, mas quando chega o verão, a população lida com cerca de 20 horas de iluminação por dia. Ainda que seja por pouco tempo, essa diferença inspirou a criação de um edifício inteligente que que coleta através de painéis solares a luz durante a época de claridade e armazena a energia gerada por ela para os meses de frio. A ideia é usar essa forma de armazenamento para ser usada em mais lugares, bem como em outras cidades. A experiência parece que está dando certo.

4. SEM CARROS, MAS SE MOVENDO DE GRAÇA

O problema do trânsito nas grandes cidades atinge também Miami e a cidade norte-americana tentou achar uma saída bem criativa para isso. Para incentivar seus moradores a usarem menos o carro lançou um aplicativo chamado Velocia. Para cada trajeto que a pessoa cadastrada precisar fazer, o app oferece a melhor opção, como o uso de motos scooters ou carona coletiva. Quanto mais trajetos no app mais pontos o usuário acumula para trocar por uso de bicicletas ou metrô. É uma maneira inicial de tentar diminuir o número de carros nas ruas sem mudar drasticamente a estrutura que já existe. O incentivo de pontos costuma funcionar.

5. O CENTRO DA CIDADE QUE É CAR-FREE

Oslo, uma das principais capitais europeias, está à frente quando o assunto é restringir a circulação de automóveis em busca de ar mais limpo. A mudança aqui foi bem visual e pode ser percebida por quem visita o lugar: 700 vagas de estacionamento nas ruas foram substituídas por ciclovias, áreas verdes e bancos para as pessoas se sentarem. O ano de 2019 marcou oficialmente o primeiro movimento da cidade para restringir carros.


+ NOTÍCIAS

Você sabe o que é micromobilidade?
Como os brasileiros usam os apps de mobilidade?
Berlim é líder mundial em ranking de mobilidade urbana
Cidades estão começando a proibir carros pelo mundo

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]