Pesquisar
Close this search box.
/
/
Produtos internacionais na mira do fisco

Produtos internacionais na mira do fisco

Entenda a recente ação da Receita Federal para barrar importações que não seguem as regras do Brasil. O objetivo? Proteger o consumidor.

Com o pretexto de “proteger o consumidor”, a Receita Federal afirma que vai começar a barrar a importação de remessas internacionais que não estejam de acordo com as regras do Brasil. A declaração foi dada pelo secretário do fisco Robinson Barreirinhas, que afirmou “estar em contato com as agências reguladoras” para barrar a importação.

Robinson Barreirinhas fez esse anúncio durante participação em evento da Frente Parlamentar do Empreendedorismo (FPE).

Proteger o consumidor

Robinson Barreirinhas é secretário da Receita Federal.

Na ocasião, o secretário explicou que o objetivo da novidade é colher mais dados sobre os padrões técnicos da indústria nacional, e replicá-los para as importações, barrando aquelas que não estiverem nas regras.

Em suma, a Receita Federal tem tratado o tema com as Agências de Telecomunicações (Anatel), responsável pelas normas para aparelhos celulares e de Vigilância Sanitária (Anvisa), que regulamenta os cosméticos e suplementos alimentares. Além dessas, o assunto é pauta também no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que trata do mercado de roupas, calçados e brinquedos, por exemplo.

Nesse último caso, o perigo é maior. Isso porque os objetos de distração que não passam pelos testes do Inmetro podem oferecer uma série de riscos para os usuários, podendo ocasionar sufocamentos, cortes e até acidentes fatais. Desde soltar pedaços até o uso de material tóxico, nunca se sabe o que pode acontecer.

“Estamos acompanhando o comportamento das plataformas. Temos ciência de que estão sendo construídos grandes galpões. A Receita Federal dispõe de ferramentas para proteger e consumidor e conter abusos ao comércio nacional. Utilizaremos para que a situação não saia do controle. Já emitimos alguns avisos. Se você está planejando construir galpões, saiba que a conta final ainda não está fechada”, disse Barreirinhas.

Regulamentações x Consumidor

Essa questão não está sujeita a leis ou regulamentos. Robinson Barreirinhas declarou que o produto será devolvido ou destruído se houver um parecer indicando que não pode ser vendido.

E o que acontecerá com as empresas de comércio internacional que optarem por continuar a enviar produtos que não estejam de acordo com as regras brasileiras? Barreirinhas é claro neste aspecto: “excluímos a companhia do programa Remessa Conforme”.

É importante destacar que o Remessa Conforme concede isenção total do Imposto de Importação para compras abaixo de US$ 50. O valor corresponde a R$ 263,20 na cotação do dólar americano do dia 16 de abril. Se a empresa for excluída do programa, a alíquota do tributo é de 60%. Ademais, o secretário disse que o percentual atual do imposto de importação, em zero para produtos de até US$ 50, pode ser elevado no futuro.

Impostos para o consumidor

Além disso, há a incidência de 17% em Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços (ICMS), contudo todas as transações já estão sujeitas a esse tributo. Inclusive, está sendo discutido uma possível majoração de alíquota de ICMS para 25% em importações do Remessa Conforme. Em comunicado oficial, a varejista chinesa Shein criticou a proposição da ideia.

A empresa disse em nota que esse possível aumento de impostos penalizará principalmente os consumidores mais pobres. Em resumo, isso ocorrerá porque a maioria das encomendas é feita por pessoas das classes C, D e E, “portanto, os mais sensíveis ao aumento de preços”.

Ademais, a Shein destacou que essa mudança de 17% para 25% terá impacto negativo nos valores dos produtos. Isso porque o aumento na carga tributária será de 50%.

Programa Remessa Conforme

As regras do Remessa Conforme estão valendo desde agosto do ano passado nos chamados “market places”, que englobam aplicativos ou sites do exterior. Para entrar e usufruir dos benefícios do programa, basta que a empresa se cadastre no programa.

Fazem uso do programa da Receita Federal, além da Shein, AliExpress, Amazon, Mercado Livre, Shopee, Sinerlog e Magazine Luiza.

As indústrias do país têm criticado o governo brasileiro devido ao Remessa Conforme. Um manifesto assinado por 48 entidades afirma que a falta de isonomia tributária está causando efeitos nocivos na indústria e no varejo nacional. Elas alertam para a proximidade do Dia das Mães, em maio, data de grande importância comercial com impacto significativo no faturamento anual das empresas. E ressaltam que se a isenção de impostos para plataformas internacionais for mantida, os efeitos negativos serão ainda mais graves.

O documento diz que é “injustificável a demora do governo em analisar o retorno do imposto”.

Fonte da foto de Robinson Barreirinhas: Ministério da Fazenda/Gov.br

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]