Pesquisar
Close this search box.
/
/
Queridinho dos brasileiros, Pix acelera inclusão financeira, aponta CEO do Agi

Queridinho dos brasileiros, Pix acelera inclusão financeira, aponta CEO do Agi

Transações via Pix crescem mais de 30 vezes no Agibank, e contribuíram para acelerar inclusão financeira e digital da população de baixa renda

Nos dois primeiros anos de funcionamento, o Pix, sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central, somou 26 bilhões de transações, e já se tornou o principal meio de pagamento desde fevereiro de 2022, consolidou-se como o mais usado pelos brasileiros. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), há atualmente 523 milhões de chaves cadastradas, alta de 390% em relação a março de 2020. No Agibank, o volume de transações via Pix cresceu mais de 30 vezes desde o seu lançamento, um aumento de quase 3.000%.

O Pix vai continuar em ascensão por oferecer uma série de vantagens, avalia Matheus Girardi, diretor de Clientes e Produtos do Agibank. “O sistema trouxe conveniência e inúmeras facilidades para as pessoas em suas transações financeiras do cotidiano, já que tem zero custo para pessoa física, menor custo para empresas, funciona 24 horas, sete dias por semana e é muito rápido, com transferências concretizadas em menos de 10 segundos”, destaca.

Para Glauber Correa,CEO do Agi, a principal transformação que o novo meio de pagamento trouxe está ligada à inclusão financeira e digital para a população de menor renda. “A quantidade de transferências efetuadas em espécie era muito mais alta na baixa renda e o principal motivo era o alto custo das transações por outros meios eletrônicos. Agora com a facilidade, gratuidade e confiabilidade do Pix, o cenário modificou completamente”, comenta.

Leia Mais: Mudanças nas regras do Pix buscam melhorar experiência dos usuários

Brasileiro abraçou o Pix

Glauber Correa, CEO do Agi

Dados do Banco Central apontam que cerca de 40 milhões de brasileiros fizeram sua primeira transferência bancária por meio do Pix e que 14 milhões de pessoas abriram conta pela primeira vez em 2020, no auge da pandemia. “É indiscutível que o Pix impulsionou a bancarização e contribuiu para a aceleração da inclusão financeira e digital no Brasil. Além disso, quando uma pessoa é integrada ao sistema bancário, ela aumenta sua possibilidade de acesso ao crédito e aos demais serviços financeiros”, reforça Correa.

Ainda segundo ele, o sistema é responsável por um empoderamento social que nem sempre é enxergado por quem não vive um dia a dia de extrema dificuldade. “A combinação do Pix com um smartphone e conta digital – menos burocrática e fácil de manusear – permitiu que a população de menor renda ganhasse maturidade digital e conquistasse autonomia para controlar suas finanças”, completa.

Assine nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Democratização do acesso ao sistema financeiro

Democratizar o acesso dos brasileiros aos serviços financeiros sempre foi o pilar central de atuação do Agibank e, por isso, seu mercado endereçável é composto por pessoas que não são incluídas digitalmente e nem atendidas satisfatoriamente pelas grandes instituições. São indivíduos de menor renda — que representam 114 milhões de brasileiros — e que precisam de ajuda na transição para o ambiente digital.

“Somos o único banco digital que oferece atendimento presencial. Contamos com quase 900 lojas espalhadas pelo Brasil, que são fundamentais na aquisição e relacionamento com nossos clientes, porém faz parte da nossa missão, ajudarmos as pessoas na transição para o ambiente digital, que traz mais conveniência e segurança, e ainda permite ao Agi seguir ganhando escala com eficiência e qualidade de atendimento”, explica Matheus Girardi.

Leia Mais: Open Finance faz 2 anos com desafio de ser mais simples

Vale lembrar que o Agibank foi pioneiro no pagamento via QR Code e a primeira instituição financeira do mundo a transformar o número do celular em número da conta corrente do cliente.

O Agi tem o objetivo de ampliar e simplificar o acesso de produtos e serviços financeiros e não financeiros para incluir digital e financeiramente milhões de brasileiros. Tem o propósito de tornar o dia a dia das pessoas melhor e faz isso por meio de crédito, seguros, serviços bancários, investimentos, marketplace com cashback, com atendimento em mais de 880 lojas em todo o Brasil e 12 canais de atendimento omnichannel, em que se destacam o aplicativo, o internet banking, o WhatsApp, além do caixa eletrônico.


+ Notícias

TikTok investe em pequenos empreendedores com novas ferramentas de anúncios

Avon mergulha no universo das representantes

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]