Pesquisar
Close this search box.
/
/
PayPal For All: como o mobile first vem impactando a experiência no varejo

PayPal For All: como o mobile first vem impactando a experiência no varejo

Executivos da Privalia, Raizen/Shell e PayPal discutem a tendência que impacta milhares de brasileiros e está transformando os modelos de negócios digitais

O PayPal For All, primeiro evento aberto ao público no Brasil da PayPal, foi ralizado com o objetivo de democratizar a informação a cerca das últimas tendências do mercado. A redação da NOVAREJO acompanhou todas as quatro mesas de discussão para trazer os melhores insights para o setor varejista.

Com o tema “facilidade de compras para todo mundo” o primeiro bate-papo do evento aconteceu entre Fernando Boscolo, diretor geral da Privalia no Brasil, Marcelo Couto, CMO da Raizen/ShellThiago Chueiri, diretor de desenvolvimento de negócios do PayPal Brasil.

Entre os pontos abordados pelos executivos, o que mais chamou atenção no que tange o mercado varejista foi a questão do mobile first.

Quando se avalia os dados de comportamento e uso dos brasileiros da internet, principalmente em smartphones, fica evidente o potencial do m-commerce no país.

Para se ter ideia, o Brasil é o segundo país no mundo que mais usa internet. De acordo com uma pesquisa realizada pelo We Are Social, o brasileiro fica em média nove horas e vinte minutos por dia conectado – isso equivale a 145 dos 365 dias que temos no ano dentro da internet. Só perdemos para a Filipinas que tem uma média de dez horas.

Outro estudo feito pelo Pew Research Center mostra que 60% dos adultos no país têm um smartphone e essas pessoas, segundo a  30ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), acumulam 230 milhões de aparelhos ativos.

Sim, temos mais celulares inteligentes em funcionamento do que a população no Brasil!

Tendo em vista tantos dados que comprovam a importância de desenvolver serviços eficientes para smartphones e a necessidade de investimento no setor para impulsionar vendas, os executivos não deixaram de discutir sobre o assunto.

O termo ‘mobile first’ surgiu pela primeira vez em 2010 quando o Google começou a desenvolver conteúdos exclusivamente para aparelhos móveis, sem antes pensar nos testes com desktops, como forma de melhorar a performance do produtos que chegariam às telas dos smartphones.

Tecnicamente falando, esse é um método onde o foco do desenvolvimentos de projetos web está direcionado aos dispositivos móveis.

“Quem não vivencia o mobile first, já perdeu a viagem no trem bala”, essas foram as primeiras palavras utilizadas pelo diretor de desenvolvimento de negócios do PayPal Brasil para descrever o movimento.

Para Chueiri é preciso entender que cada vez mais a interação prioritária do consumidor com a marca ou com o lojista vai ser através dos dispositivos móveis.

Isso inclui, inclusive, outros setores varejistas que não têm como desvincular a questão física do negócio. É o exemplo dos serviços oferecidos pelos postos de gasolina.

” No varejo de combustível, o mobile é chance que temos de se relacionar com os nossos clientes de uma forma completamente diferente do que jamais fizemos”, afirma Marcelo Couto, CMO da Raizen/Shell.

Segundo ele, 40% do tempo gasto nos postos é com o pagamento. Nesse sentido, pode-se usar as tecnologias vinculadas aos aparelhos para dar mais agilidade ao processo, tornando a vida do consumidor mais cômoda, como já é feito no aplicativo Shell Box .

A plataforma permite, por exemplo, que o cliente abasteça seu veículo sem ter que sair do carro ou colocar senhas de pagamento. “É a tecnologia transformando a experiência do consumidor”, complementa Couto.

Para o diretor da Privalia, é importante ter em mente que o mobile ou a tecnologia tem que vir a serviço da proposta de valor que a empresa quer entregar ao seu cliente. “Dependendo da empresa, o mobile pode ser uma ferramenta fabulosa, essencial e muitas vezes única, como é o caso da Privalia”, afirma Boscolo.

Ele ainda diz que 85% do tráfego de vendas do outlet online acontece via smartphone. “O mobile foi a forma que encontramos de ter a nossa loja, todos os dias, 24 horas nas mãos dos consumidores”, explica.

Muito além do mobile first, as conversas estão começando a se voltar para um novo modelo: o mobile only, onde a tendência é que as pessoas deixem de acessar a internet por outros aparelhos como desktops e tablets e passem a acessar somente por smartphones.

Esse é um caminho que merece a atenção de todos os setores que trabalham com vendas, já que segundo o The Global Mobile Report, o mobile only já é realidade de 29% dos usuários de internet no Brasil.


+ VENDAS MOBILE

Vendas mobile dominam varejo eletrônico no mundo

Vendas mobile crescem 70% no Brasil

50% das vendas mobile são via aplicativo

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]