Pesquisar
Close this search box.
/
/
Os perigos da baixa umidade do ar

Os perigos da baixa umidade do ar

Saiba como prevenir problemas de saúde típicos de períodos de calor excessivo e poucas chuvas

Durante o período de intenso calor, comum entre os meses de novembro a março e até mais extenso em regiões mais secas do País, a frequente baixa umidade do ar prejudica a saúde da população com diversos problemas, desde a desidratação até resfriados.

A baixa umidade do ar causa desconforto porque em altas temperaturas há uma maior chance de desidratação, pois a pessoa não sente que está suando, já que o suor evapora com facilidade e não chega a deixar o corpo molhado, desta forma, há mais necessidade de hidratação.

Ter plantas em casa ajudam

Para combater os sintomas, a médica de família e comunidade Ana Paula Lemes, membro da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), indica ter plantas em casa, pois elas conseguem reter umidade e proporcionar menos calor e baixa umidade.

?Além da desidratação, há também as crises de problemas respiratórios como asma, bronquite, rinite e os resfriados. Indiretamente, ocorrem as infecções urinárias, que são secundárias ao calor e falta de água no organismo. As faixas etárias que mais sofrem são os idosos e as crianças, porque não pedem água e alguns pais ou cuidadores esquecem de aumentar a quantidade de oferta de água. Os idosos sofrem mais porque geralmente não têm por hábito beberem água. Ambas as faixas etárias têm mais chance de desidratação?, explica Ana Paula.

Colírios e umidificadores

Sobre o uso de colírios e umidificadores nasais sem prescrição médica, não há problema em utilizá-los, desde que com moderação. Mas há necessidade de observar se os umidificadores nasais são compostos somente de soro (cloreto de sódio a 0,9%) ou outro medicamento, como a nafazolina, por exemplo, que pode ser danosa à saúde.

?Outra situação a ser observada é a composição por soro hipertônico (cloreto de sódio a 3%), que também pode ser muito agressivo à mucosa do nariz (a pele por dentro), a qual é muito sensível e deve ser usado com cuidado e é melhor ser evitado em crianças. Porém, antes do uso é importante tirar as dúvidas com o seu médico de família e comunidade?, reforça.

Fique atento aos métodos simples

Além das plantas, a bacia com água ou toalhas molhadas auxiliam na umidificação do ambiente doméstico. Porém, é importante lançar mão de métodos que não ofereçam riscos, já que uma bacia com água pode ser atrativa a uma criança pequena e pode causar um acidente de afogamento. Existem também umidificadores de ambiente, dentro dos quais se coloca água e, por um mecanismo, conseguem transformá-la em vapor frio.

Cuidados com a alimentação e atividades físicas

Sobre alimentação, uma dieta com preferência de consumo de alimentos frios, sucos de frutas naturais, chás gelados, auxiliam na hidratação. Lembrando que um adulto necessita normalmente de dois a três litros de água normalmente. As crianças necessitam de 50 ml de água por quilo ao dia. Essa ingestão deve ser um pouco maior em dias secos. Existe uma regra bem prática: não esperar a sede aparecer e tomar água antes. A sede já indica que o rim (e o corpo) precisa de muita água.

?Para a prática de atividades físicas ao ar livre, os horários ficam cada vez mais restritos. Se em dias normais o recomendado é não ser exposto ao sol das 11h às 15h, é importante prolongar mais este tempo. Cada região do país tem um “sol frio” num horário. Mas seria bom dar uma pausa das 10h às 17h nos dias secos. Exceto que as atividades sejam feitas num local extremamente arborizado?, recomenda Ana Paula.

A pressão arterial também varia bastante conforme o calor e a hidratação e isso tem uma relação indireta com esse tipo de problema. Ter “pressão baixa” não é uma doença, mas é uma condição que causa incômodo nas pessoas, já que podem vir a ter lipotimia, situação na qual a visão fica escura e a pessoa corre o risco de cair, quando está muito quente e/ou com desidratação. As pessoas com pressão alta podem sofrer também ao saírem na rua se estiver muito calor, já que a pressão costuma aumentar um pouco quando se está num lugar muito quente, segundo a médica de família e comunidade.

Ar condicionado

Em ambientes com ar condicionado, é importante manutenção para conservá-lo sempre limpo sempre limpo, a fim de evitar as poeiras que causam as doenças. Vale lembrar que o ar condicionado diminui ainda mais a umidade do ambiente. O ideal seria utilizá-lo em associação a um umidificador. Além disso, a umidade baixa proporciona desidratação, o que também ocorre com pessoas que trabalham na rua. Sendo assim, aumentar a ingestão de líquidos é primordial.

Leia mais

Diagnóstico precoce da osteoporose previne fraturas

6 dicas para prevenção de doenças cardícas

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]