Pesquisar
Close this search box.
/
/
Mercado Livre lança programa “Regenera América” com foco na sustentabilidade

Mercado Livre lança programa “Regenera América” com foco na sustentabilidade

Investimento inicial será de 45 milhões de reais; projeto terá início na região da Serra da Mantiqueira

O senso de responsabilidade das empresas tem se tornado mais importante ano após ano. Tanto investidores quanto consumidores se preocupam e cobram cada vez mais ações voltadas para o meio ambiente e as causas sociais. Não à toa, projetos de ESG ganham espaço dentro das corporações. Agora foi a vez do Mercado Livre anunciar um novo projeto em relação ao tema.

Na década (período de 2021 a 2030) instituída pela ONU com a de restauração de ecossistemas, o Mercado Livre lança o programa “Regenera América“. Com o ponta pé inicial acontecendo no Brasil, o propósito do programa é contribuir com a proteção de biomas naturais icônicos, com a prestação de serviços ambientais essenciais à vida e aos negócios e combater as mudanças climáticas em toda a América Latina.

Inicialmente, isso será feito a partir de uma parceria com a organização ambiental global The Nature Conservancy (TNC) e com o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) na região da Serra da Mantiqueira. O foco está no plantio de árvores, na regeneração de corredores biológicos e na proteção de importantes bacias hidrográficas.

“Vemos a sustentabilidade como uma parte integral do nosso sucesso a longo prazo. O ‘Regenera América’ começa com a consciência do aumento do nosso impacto ambiental e da responsabilidade que temos como organização de ir mitigando isso a medida que a nossa malha logística aumenta e que nós crescemos como organização. Esse é o primeiro passo de muitos que visamos dar. Estamos desenhando uma estratégia ainda mais abrangente para tentar ter o menor impacto possível no menor prazo possível”, diz Pedro Arnt, CFO do Mercado Livre.

No primeiro ano, o investimento no projeto será de 45 milhões de reais. O valor é proporcional à pegada de carbono da empresa referente ao período de 2020. Arnt explica que os próximos investimentos também serão calculados com essa lógica.

Foto: Felipe Fitipaldi/ Mercado Livre

Impactos da regeneração

Na Serra da Mantiqueira, o “Regenera América” promoverá a restauração de 2.700 hectares espalhados por pequenas e médias propriedades da região. O trabalho será feito de forma conjunta com as comunidades.

“A ciência tem mostrado que a restauração e a regeneração florestal podem contribuir de forma eficiente para mitigar os efeitos das mudanças climáticas. Por meio de projetos como esse, a implementação de soluções baseadas na natureza é acelerada para proteger a biodiversidade de biomas icônicos”, afirma Santiago Gowland, Vice-Presidente Executivo de Inovação Global e Diretor Executivo para a América Latina na The Nature Conservancy.

Laury Cullen, coordenador de projetos e pesquisas do IPÊ corrobora a afirmação e acrescenta: “A restauração é uma ferramenta muito poderosa para importantes desafios globais. Se conseguirmos restaurar 1/3 das áreas prioritárias do planeta, conseguimos neutralizar 50% das emissões feitas após a revolução industrial. Além disso, para cada 1 mil hectare restaurado, geramos 100 empregos. É uma importante ferramenta de geração de emprego, qualidade de vida e segurança alimentar”.

O uso da tecnologia

Outra parceira do Mercado Livre no projeto é a startup Pachama, que utiliza dados de satélite e inteligência artificial para monitorar o carbono capturado pelas florestas e acompanhar a proteção e gestão de ecossistemas.

“As tecnologias combinam imagens de satélite com dados e as mais recentes técnicas de inteligência artificial para verificar e monitorar em tempo real o sequestro de carbono de florestas em todo o mundo. Com isso, podemos estabelecer uma linha histórica do que aconteceu em uma região em termos de desmatamento ou regeneração florestal e avaliar com alto grau de precisão a quantidade de carbono atual concentrada em cada hectare de floresta. Depois avaliamos essas informações para entender o impacto dos esforços de reflorestamento e conservação”, explica Diego Saez Gil, co-fundador e CEO da Pachama.

Em outra frente da estratégia de sustentabilidade, o Mercado Livre também investe em projetos de mobilidade elétrica para tornar a frota mais sustentável. Outra frente é a de energias renováveis.

“Nosso compromisso é com o impacto real”, afirma Pedro Arnt. “Pensamos a longo prazo e acreditamos que assim é possível ter impacto e gerar valor. Além disso, parte da nossa visão é servir como faro para que outras empresas nos acompanhe nesses investimentos e projetos de regeneração. O impacto imediato é convidar o setor privado de forma mais ampla a contribuir com esses projetos”, acrescenta o CFO do Mercado Livre.


+ Notícias 

A hora para empresas desenvolverem a economia circular é agora 

Em que estágio está a geração de energia renovável no Brasil? 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]