Pesquisar
Close this search box.
/
/
Os investimentos do Mercado Livre no Brasil em 2023

Os investimentos do Mercado Livre no Brasil em 2023

Mercado Livre vai aportar R$ 19 bilhões em sua operação no Brasil este ano; áreas de tecnologia, publicidade digital, logística e o Mercado Pago são prioridades

O Mercado Livre, anunciou recentemente o aporte de R$ 19 bilhões no Brasil em 2023, valor 11,5% maior na comparação com o último ano. Depois de encerrar 2022 com resultados recordes, a empresa segue aumentando a alocação de recursos em seu ecossistema, viabilizando o crescimento dos seus negócios nos principais mercados onde opera. Dentre as frentes que serão impulsionadas estão as áreas de tecnologia e logística, além dos seus negócios de publicidade e banco digital no país.

11,5% maior na comparação com o ano passado, o montante vai viabilizar o desenvolvimento das prioridades dos negócios para os próximos anos

Conheça o Mundo do CX

Aprimorar alavancas de crescimento e experiência

Alocados ao longo de 2023, os recursos irão aprimorar a infraestrutura, equipe e base operacional da logística do Mercado Livre, permitindo aumentar o número de cidades com entregas rápidas, no mesmo dia e no dia seguinte. Além disso, o novo aporte irá ampliar a presença de marca do Mercado Pago, principalmente junto a usuários pessoa física, dando maior visibilidade à proposta de valor do banco digital, que já opera conectado com o ecossistema de negócios da companhia.

Aprimorar as alavancas de marketing, que geram recorrência de compra e fidelização no marketplace, também está dentre as prioridades, assim como acelerar o desenvolvimento do Mercado Ads, negócio de publicidade digital que tem se mostrado uma importante alavanca de crescimento da companhia. Os recursos serão ainda direcionados para reforçar as equipes dedicadas às frentes de tecnologia, produtos e logística no Brasil.

O Brasil representa da 54% da receita líquida total
do Mercado Livre na América Latina

“Após o bom desempenho do último ano, quando também elevamos nosso aporte no Brasil, seguimos confiantes com a qualidade da oferta do nosso ecossistema, que nos permite aproveitar as oportunidades de desenvolvimento para continuar sendo a principal escolha de milhões de pessoas”, afirma Fernando Yunes, vice-presidente sênior de Commerce e líder do Mercado Livre no Brasil.

“O Brasil é nosso principal mercado, representando cerca de 54% da receita líquida total do negócio na América Latina. Temos aqui um dos ambientes mais competitivos do mundo, o que nos motiva ainda mais a seguir nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável e rentável da nossa operação, sempre com o objetivo de contribuir com a democratização do acesso ao comércio e ao dinheiro, gerando impacto positivo e desenvolvimento compartilhado”, completa.

Em 2022, o Mercado Livre recebeu mais de 170 mil novos vendedores
em sua plataforma de marketplace no Brasil 

Desenvolvimento de um ecossistema

O executivo explica que o aporte de R$ 19 bilhões inclui alocação em bens de capital e uma parcela de suas despesas operacionais associadas ao desenvolvimento das prioridades de negócios da companhia para os próximos anos. “Acreditamos muito no potencial do Brasil e, como líderes de mercado, assumimos a missão de alavancar o desenvolvimento do setor e apoiar nossos milhões de usuários que geram renda e desenvolvimento a partir do nosso ecossistema”, conclui.

Em 2022, o Mercado Livre recebeu mais de 170 mil novos vendedores na sua plataforma de marketplace no Brasil. Outros 220 mil vendedores foram formalizados desde o início da pandemia. Em relação à base de compradores, o crescimento foi de 15% ao final do ano passado na comparação com 2021.

Ao mesmo tempo em que cresce o volume aportado no país, ano após ano, acompanham esse movimento o aumento do quadro de colaboradores e a geração de impostos arrecadados diretamente pela companhia, tendo superado a marca de R$ 3,5 bilhões pagos em impostos federais, estaduais e municipais em 2022. O número é 31% superior ao volume pago em 2021.

Mercado Ads

O negócio de publicidade digital do Mercado Livre tem respondido aos investimentos em tecnologia, que melhoram a performance dos anúncios no ecossistema. Ao final de 2022, a receita do Mercado Ads registrou novo crescimento no quarto trimestre, correspondendo a 1,4% do volume bruto de mercadorias vendidas pela operação de marketplace na América Latina.

Mercado Pago

O banco digital do Grupo Mercado Livre tem consolidado sua oferta completa de serviços financeiros no Brasil, após meses de intenso desenvolvimento tecnológico, contribuindo para a inclusão financeira de milhões de pessoas. A fim de reforçar sua proposta para concentrar tudo em um único lugar, de cartões e pagamentos até seguros e investimentos, o Mercado Pago será um dos principais destinos do aporte que vai ampliar as sinergias com o Mercado Livre, como parte fundamental do ecossistema e benefícios oferecidos a milhões de usuários.

“Queremos ampliar a oferta e desenvolvimento de serviços que ajudem qualquer pessoa
a ter acesso a dinheiro de maneira responsável, prática e segura”

“Em um mercado extremamente competitivo e que tem liderado as inovações e o futuro dos serviços financeiros, temos apoiado usuários e impulsionado empreendedores em suas jornadas. Ainda há muito espaço e oportunidades para fazer mais, indo além de soluções de pagamento, crédito, investimentos, seguros e gestão de benefícios. Mais do que ajudar micro e pequenos negócios a acessar financiamento e serviços que permitam crescer de maneira mais justa, queremos ampliar a oferta e desenvolvimento de serviços que ajudem qualquer pessoa a ter acesso a dinheiro de maneira responsável, prática e segura”, ressalta Tulio Oliveira, vice-presidente sênior e líder do Mercado Pago no Brasil. “Como banco digital do Grupo Mercado Livre, vamos ampliar a conexão e os benefícios do nosso ecossistema, permitindo ser cada vez mais a opção dos usuários que buscam o melhor do e-commerce e dos serviços financeiros em um só lugar”, conclui.


+ Notícias

Electrolux tem o novo CEO para América Latina

Podemos seguir – sem medo – utilizando a IA 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]