Pesquisar
Close this search box.
/
/
Qual serviço de streaming devo assinar? Conheça vantagens e desvantagens de 10 opções

Qual serviço de streaming devo assinar? Conheça vantagens e desvantagens de 10 opções

Com o crescimento do mercado de streaming, diversas plataformas de séries e vídeos atuam no Brasil; veja preços e diferenciais de cada um

É inegável que a consolidação do Streaming de séries e filmes democratizou o acesso às artes visuais. Pelo valor de um ingresso de cinema por mês –ou até menos–  as plataformas possibilitam que toda a família pode assistir incontáveis filmes e séries, ainda que a experiência não seja a mesma.

No entanto, assinar todas as opções tem um alto custo, além de ser dispensável. A Consumidor Moderno reuniu vantagens e desvantagens dos principais serviços populares, além de algumas opções alternativas. Saiba qual mais se adequa ao seu gosto:

Netflix

Como é a maior em número de assinantes no país, tendo, inclusive, já superado números da televisão a cabo, segundo um levantamento do site internacional Business Insider, a Netflix é o que oferece maior variedade de filmes, séries, documentários e outros.

A plataforma mescla filmes e seriados populares com boas produções originais, como as aclamadas Stranger Things, Dark, Peaky Blinders e muitas outras.

Outro ponto positivo é que aplicativo para celular funciona bem e permite que o usuário faça downloads para assistir offline.

São três opções de planos R$ 21,90, R$ 32,90 e R$ 45,90, com diferenças em qualidade de imagens e telas simultâneas.

Uma das desvantagens é que a plataforma não oferece muitas opções de filmes blockbuster recém lançadas. Além disso, o conteúdo é renovado constantemente, o que significa que o seriado que você está assistindo eventualmente pode sair do catálogo.

Amazon Prime Video

Principal concorrente da Netflix, o streaming da Amazon leva vantagem na disponibilização de filmes que recém saídos dos cinemas. Além disso, a plataforma tem forte catálogo de licenciados e uma boa gama de séries originais, como Fleabag, The Boys, Good Omens e outras.

O preço também é sedutor: com R$ 9,90 ao mês, o consumidor tem acesso ao Prime Video e a vantagens de outros mercados da empresa.

A principal desvantagem apontada pelos consumidores é a navegabilidade no site e no aplicativo para smartphones. Muitos títulos não possuem o nome em português e alguns também não dispõem de legendas ou dublagem no nosso idioma. A ferramenta de busca também é complicada, já que a categorização por gêneros deixa a desejar.

Disney +

A plataforma chegou ao novembro de 2020, com um catálogo que envolve, além das produções da própria Disney, filmes e séries de outras empresas do grupo, como Marvel, National Geographic, Pixar e a franquia Star Wars.

São duas opções de assinatura: a mensal custa R$ 27,90, enquanto a anual tem valor promocional de R$ 279,90, enquanto a anual fica em R$ 334. Em ambos os casos, é possível fazer um teste gratuito de uma semana.

Além de um conteúdo mais restrito, usuários da plataforma reclamam da dublagem e da falta de legendas em alguns conteúdos. Em alguns casos, novas dublagens vão ser feitas também por questões de direitos autorais e, segundo a Disney, devido à pandemia, esse processo foi atrasado.

Apple TV +

O serviço de streaming não vem para ser um gigante em conteúdo ou licenciados, mas se ancora em grandes estrelas para as produções originais, e se mostrou forte em temporadas de premiação. O valor é também é atrativo ; R$ 9,90 mensais, sendo que o serviço pode ser compartilhado com até cinco pessoas. Focado apenas em conteúdo original, o Apple TV+ disponibiliza algumas das produções mais aclamadas da atualidade, como a série “The Morning Show” (2019).

Desvantagens: O serviço ainda não possui um catálogo extenso. Além disso, não é compatível com dispositivos Android, logo, se você usa este modelo operacional, só conseguirá acessar o Apple TV+ pelo site ou em alguns modelos específicos de Smart TVs.

Globoplay

O serviço de streaming oficial da Rede Globo é o que possui maior quantidade de conteúdo nacional. A plataforma funde produções originais e licenciados exclusivos, além de conter novelas históricas e produções em pay per view como o BBB.

São dois planos, um de R$ 22,90 com acesso à plataforma e outro de R$49,90 que dá acesso a programação ao vivo de todos os canais Globosat.

Desvantagens: Além de ter um catálogo mais enxuto para grandes produções internacionais se comparado a muitos concorrentes, o Globoplay possui sérios problemas no sistema. Constantemente, os usuários reclamam da navegabilidade e do aplicativo, que trava mesmo com boa conexão de internet.

HBO GO

É uma plataforma de streaming, disponível em todo o mundo, que distribui conteúdo original on-demand do canal HBO – canal conhecido por produzir algumas das consideradas as melhores séries da história, como “Game of Thrones” e Chernobyl.

Custando R$ 34,90 por mês, o consumidor consegue acesso ilimitado aos conteúdos do canal. Milhares de filmes também estão disponíveis no catálogo, sendo permitido o acesso simultâneo de até três telas no mesmo plano.

Desvantagens: No Brasil, a experiência na plataforma HBO Go ainda não é otimizada: os usuários reclamam que os títulos demoram a carregar, chegando a travar frequentemente. O acesso custa R$ 34,90, mas é gratuito para os que já assinam HBO em pacotes de TV por assinatura.

Telecine Play

A plataforma possui mais de 2 mil filmes, sendo grande parte produções recém saídas dos cinemas. O conteúdo nacional também é extenso.

Outro ponto positivo é que o serviço permite acesso em até três telas por vez e cinco smartphones diferentes. Além disso, é possível testar a plataforma gratuitamente por 30 dias. Os assinantes também ganham direito à meia-entrada em cinemas Kinoplex e UCI comprando no site ingressos.com.

A maior desvantagem é que o Telecine não disponibiliza séries, apenas filmes. Além disso, usuários reclamam da navegabilidade do aplicativo – tanto na TV quanto no smartphone. O preço também é um pouco salgado: R$ 37, 90 por mês.

WOLO TV

É um streaming de filmes e séries que tem como missão dar maiores oportunidades para profissionais negros que lidam com cultura, seja na frente ou atrás das câmeras, mas tem também a preocupação de olhar para outras populações que têm pouca visibilidade. Estreou no Brasil dezembro de 2020 com o sitcom Casa da Vó.

Outra vantagem é o preço baixo mensal: R$ 8,90. É possível, também, acessar o site da plataforma e comprar qualquer série ou filme individualmente, como no modelo de pay-per-view.

O que pode ser apontado é que o Wolo TV possui conteúdo de nicho e, portanto, traz um conteúdo bastante enxuto. Segundo a empresa, está seno realizado um mapeamento para parcerias de exibição de conteúdos, a fim de aumentar o catálogo. Além disso, outras séries e filmes estão em produção e devem ser adicionados em breve.

Darkflix

É uma alternativas para os fãs de clássicos do cinema de terror, fantasia e ficção científica. O catálogo da plataforma traz diversas aclamadas séries dos gêneros produzidas para a TV.

Uma vantagem do serviço, que é brasileiro, é o baixo valor: R$ 9,90 por mês, sendo que a conta pode ser acessada por até cinco pessoas.

Desvantagens: O catálogo é curto, já que os gêneros são limitados. Além disso, usuários reclamam de problemas para acessar o aplicativo e de filmes com baixa qualidade qualidade. Não há opções dubladas (apenas legendadas) e não é possível baixar longas e séries para assistir offline.

Belas Artes à La Carte: Brasileiro

O serviço é vantajoso para os adeptos do cinelma cult, já que disponibiliza uma grande variedade de longas clássicos e premiados. Foi criado pelo cinema de rua Petra Belas Artes, de São Paulo, e abriga produções de diferentes países, muitos destes difíceis de serem encontradas no mainstream. O preço também é competitivo: R$ 9,90 por mês.

Desvantagens: É um serviço segmentado, que agrada apenas àqueles que realmente se interessam por cinema. Para consumidores que buscam os sucessos mais recentes de bilheteria, o serviço não é recomendado. 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]