Pesquisar
Close this search box.
/
/
As marcas mais dinâmicas do mundo

As marcas mais dinâmicas do mundo

Estudo da IPG Mediabrands em parceria com a Wharton School da Universidade da Pensilvânia apresenta o "escore de dinamismo" das marcas. Google lidera

Cannes – França – Agilidade. Responsividade. Inovação. Sociabilidade. Características que devem se combinar com o foco no cliente em um cenário de mudança. Marcas precisam ser mais dinâmicas para acompanhar a evolução e um cenário de transformação. E os modelos de avaliação do valor das marcas estão defasados na nova realidade. Não se pode mais considerar apenas somente a percepção positiva dos consumidores, ou o engajamento nas redes sociais.

Ao considerar esses aspectos a IPG Mediabrands, em parceria com a Wharton School, da Universidade da Pensilvânia, criaram o “Escore de Dinamismo das Marcas”, que reflete capacidades mais sintonizadas com as demandas de um novo mundo e de um mercado em mudança permanente. O estudo foi realizado com 10 mil consumidores em 4 regiões do globo e nos 5 maiores mercados mundiais, incluindo os EUA, Reino Unido, Alemanha, China e Índia. Mais de 1,2 mil marcas foram analisadas em 4 dimensões: agilidade, responsividade, inovação e sociabilidade. Via de regra, as marcas dinâmicas – que pertencem ao ranking D100, apresentam resultados mais consistentes e trouxeram o Google como a primeira colocada, seguida pela Amazon e Samsung (o ranking do Top 10 você vê na tabela) .

Um painel no Cannes Lions, reunindo o Dr. Jonah Berger, autor e professor da Wharton School, Eric Schmidt, CEO da Alphabet Inc e Mark Thompson, Presidente e CEO do New York Times Company, dedicou-se a comentar o que significa uma marca dinâmica nos dias de hoje. O tema central do debate foi “Por que a dinamização é a nova criatividade?”

Mark Thompson perguntou a Eric Schmidt como ele toma decisões estratégicas. O CEO da Alphabet, respondeu: “dez anos atrás gastávamos muito em capital. Agora, temos o desenvolvimento de YouTube e outros produtos digitais. Temos 6 de 7 negócios com faturamento superior a US$ 1 bilhão, crescendo.” Uma prova do dinamismo da Alphabet e da sua subsidiária mais conhecida – Google – é a diversificação. Não por acaso, a Alphabet entende-se como uma empresa de plataformas.

“Os produtos criam as marcas. Google é um produto fantástico, assim a marca cresce junto. Um mau produto impacta a marca”, ressaltou o executivo.

Segundo Eric, todas as empresas de mídia estão se mobilizando para oferecer conteúdo nas diversas plataformas. Para ele, o vídeo tem um futuro auspicioso, único. “As tecnologias de reprodução de imagens são tão reais que serão um canal ainda mais fantástico. E altamente interativo.”

Outra demonstração de dinamismo do Google está em sua opção por apoiar a inovação das mais diversas formas. O Google gosta de ver o boom das startups, novos apps crescendo e mantém um grande negócio de venda de apps, integrando, comprando.

marcas_segundo
Crédito: Jacques Meir

Risco político

Mas todo dinamismo tem seu preço. No caso de uma empresa como o Google, questões relativas à segurança, impostos, competição, protestos anti-empresa são o preço a pagar pelo seu sucesso. Mark questiona se essas forças impactam a marca.

Para Eric Schmidt, “não há impacto algum em nossos consumidores. Eu mesmo tenho me empenhado para explicar a cada governo o que fazemos. Somos essencialmente uma empresa de e para consumidores. Isso é importante demais!”.

Quanto aos Millennials, o executivo os considera muito diferentes. Têm atenção curta, lealdade à marca em queda, informações. A autenticidade é mandatária e condição para fazer negócios com eles. “Vamos deixar claro uma coisa. Esses jovens de que todos falam, são muito mais inteligentes e espertos que eu ou você.

Esse modo de pensar é que está por trás do surgimento de uma legião de YouTube stars. Profissionais e artistas muito engajados com a sua audiência. Respondem imediatamente às mensagens recebidas, interagem sem medo.

A visão de futuro que norteia uma empresa dinâmica como o Google já contempla a ascensão irreversível da IA (Inteligência Artificial). Máquinas processam dados. Máquinas enxergam e atuam melhor que os humanos. Dirigem melhor. Fazem melhor os exames, não ficam bêbadas. “Acreditamos nisso. Em 5 anos, teremos assistentes pessoais bem poderosos. O computador poderá ter a intuição para ajudar, colaborar e facilitar o trabalho. Uma indústria de…. US$ 1 trilhão!”.

E quanto aos filmes que mostram os computadores como conspiradores contra os humanos, Eric respondeu que estamos bem distantes disso. Ainda estamos tentando aprender as noções básicas de intuição. Mas ainda assim, as máquinas poderão desenvolver drogas/formas para curar doenças. São os cenários agressivos e defensivos.

Finalmente, O CEO do New York Times perguntou como o Google vê a instabilidade política atual. Eric Schmidt não titubeou: “ora, 75 anos atrás, esse país estava em guerra. Não acredito em problema no sistema aqui, no Reino Unido, nos EUA. Nada acontecerá. Não se preocupem. Tudo dará certo.”

As 10 empresas mais dinâmicas do mundo

 

1. Google
2. Amazon
3. Samsung
4. Nike
5. Intel
6. NASA
7. BMW
8. Mercedes-Benz
9. Audi
10. Lenovo

*Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]