Pesquisar
Close this search box.
/
/
É hora da sua marca estar no Koo?

É hora da sua marca estar no Koo?

O aplicativo indiano ganhou força em 2022 e pode ser uma alternativa de microblog para diversificar público.

Você deve se lembrar do frenesi que a rede social Koo obteve em 18 de novembro de 2022 após um anúncio de que o Twitter iria ser desativado, quando Elon Musk assumiu o comando. Muitos influenciadores migraram para a plataforma indiana que possui como logo um pintinho amarelo e possui um mecanismo parecido do Twitter. Um dos expoentes brasileiros foi Felipe Neto, que hoje é um dos usuários do Brasil da mídia social com mais seguidores.

Algumas marcas também aderiram ao microblog, realizando ações que viralizaram, e mexendo com a experiência do cliente. Serasa e Burguer King são alguns exemplos. “O Koo é mais uma rede social na qual as empresas podem estar para aumentar sua visibilidade de marca, fomentar ações promocionais e engajamento com públicos diversos. Como toda rede social, ela pode assumir uma função dentro de um ecossistema digital, que inclui outras redes sociais, sites e apps, por exemplo”, esclarece Cátia Lassalvia, especialista em marketing digital, coordenadora da pós-graduação Gestão da Comunicação em Mídias Digitais, do Senac SP.

Passado o boom e algumas polêmicas da rede vizinha, como as empresas estão encarando essa novidade em prol ao atendimento ao cliente? É uma boa opção? A especialista em marketing digital alerta para o hype do auge, mas Mayank Bidawatka, cofundador do Koo, esclarece como prepara a plataforma para fortalecer as marcas.

Recursos que o Koo disponibiliza a mais que o Twitter

• Multi-Lingual Kooing (MLK), a ferramenta exclusiva do microblog indiano permite aos usuários traduzirem o seu post para mais de vinte idiomas.

• Verificação gratuita: diferente da estratégia atual do Twitter, o Koo não cobra pela validação do perfil do usuário e ainda fornece dois tipos de verificação: marca verde – que é uma auto-verificação -; e a marca amarela, destinada a personalidades.

Monetização da plataforma: está no início, mas, segundo Mayank Bidawatka, já há mais de 100 marcas anunciando.

• Programa de fidelidade brasileiro chamado “Koopons”: os usuários ganham esses pontos ao indicar amigos e parentes para a plataforma. Esses vouchers podem ser trocados por ofertas especiais de marcas de todo o país, como Adidas, Casas Bahia, Netshoes e Extra.com. “Lançamos este programa porque somos uma plataforma inclusiva e acreditamos que todos que fazem parte da plataforma devem se beneficiar do crescimento dela – sejam usuários, criadores ou empresas”, revela o cofundador do Koo. De acordo com Cátia Lassalvia, é uma forma de manter os usuários da rede ativo. “Isso é bem bacana em termos de tática de longevidade. Resta ver se dará certo”, comenta a coordenadora de Pós-graduação do Senac SP.

Leia mais:
Royal Canin divulga iniciativa em prol da digitalização de pequenos negócios no mercado pet

Como as empresas devem usá-la

No Brasil, o app é uma novidade, o que torna incerto o futuro. “O app do Koo, que já figurou entre os mais baixados na Play Store, atualmente não está nem entre os 150 mais baixados”, analisa a especialista em marketing digital.

O ponto positivo é que a empresa indiana está trabalhando com empenho para as necessidades das marcas. Não existe posts patrocinados, mas o Koo proporciona outras formas de visibilidade. “Para gerar reconhecimento, consideração e conversão para as campanhas publicitárias, as marcas podem usar a plataforma utilizando nossas Promoções de Banner/Vídeo, Aquisição de Aplicativo, Enquetes Patrocinadas e Perfis Impulsionados que aumentam sua exposição na plataforma”, revela Mayank Bidawatka.

Mas, como introduzir a sua empresa nesse microblog? O primeiro ponto é compreender que cada rede social digital apresenta uma característica e modo de usar. “Nesse aspecto, pelo menos inicialmente, a simpática rede social Koo (com seu passarinho amarelo) se posicionou no mercado como uma substituta do Twitter; não como rede social que trouxesse grande inovação. Comparativamente, o TikTok inovou mais e achou sua linguagem e público com maior precisão”, comenta Cátia Lassalvia.

Conheça o Mundo do CX

 Por isso, de acordo com a coordenadora da pós-graduação Gestão da Comunicação em Mídias Digitais, como marketing de conteúdo, a rede social pode ajudar os consumidores e seguidores das marcas com dicas rápidas no uso de produtos e serviços, depoimentos, escuta ativa de potenciais consumidores, vouchers de desconto e até posts multimídia ou enquetes que divirtam.

“A presença orgânica já acontece na dinâmica da rede e todos os conteúdos curtos, multimídia, divertidos, informativos e curiosos podem dar muito certo. Eles servirão inclusive para testar o que empolga na rede e poderão ser filtros para uma nova camada de segmentação”, instrui a especialista em marketing digital.

Diante disso, as empresas de varejo são as mais favoráveis para aderirem ao Koo como um elemento a mais dentro de um ecossistema digital. “Aí seria interessante testar os vouchers e cupons de desconto e interagir com os usuários, para aprender que tipos de conteúdo e/ou de promoções eles preferem e valorizam. Testar quais linguagens engajam. Neste momento, eu não usaria o Koo como uma rede principal, mas como uma rede adjunta, para testar a comunicação com recortes do meu público ou perceber a aderência a novos produtos e ideias”, recomenda Cátia Lassalvia.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Política de conteúdo

No passado, várias celebridades foram banidas do Twitter por espalharem notícias falsas, principalmente no auge da pandemia da Covid-19. Segundo Mayank Bidawatka, o Koo é uma plataforma segura e apresenta três filtros para conter usuários e publicações problemáticas. “Os novos recursos são capazes de detectar e bloquear proativamente qualquer forma de nudez ou material de abuso sexual infantil em menos de cinco segundos, rotulando desinformação e ocultando comentários tóxicos e discurso de ódio na plataforma”, aponta o cofundador.

Misinfo & Disinfo Algorithm

Verifica todas as fontes de notícias falsas virais para detectar e rotular desinformação em uma postagem, minimizando a propagação de desinformação viral na plataforma.

MisRep Algorithm

Busca perfis que usam o conteúdo, fotos, vídeos ou descrições de personalidades conhecidas para detectar perfis falsos e bloqueá-los. Ao serem detectadas, as fotos e os vídeos de personalidades conhecidas são imediatamente removidos e essas contas são sinalizadas para monitoramento de mau comportamento no futuro.

Recurso de autoverificação voluntária

A ferramenta contribui para reduzir o anonimato e a presença de criadores incômodos.



+ NOTÍCIAS
Nova Era do CX: O que está por trás dela

Qual é o efeito das big techs na área de atendimento em saúde?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]