Pesquisar
Close this search box.
/
/
De cada 10 lojas virtuais 7 usam WhatsApp e Telegram nas vendas

De cada 10 lojas virtuais 7 usam WhatsApp e Telegram nas vendas

WhatsApp e Telegram são os aplicativos mais usados por pequenos e médios lojistas. Saiba como essas ferramentas podem impulsionar vendas

WhatsApp e Telegram são os primeiros colocados na preferência dos lojistas virtuais quando o assunto é aplicativos para vendas. A informação vem de uma pesquisa recente da Loja Integrada, plataforma para criação de lojas virtuais.

75% dos pequenos e médios lojistas usam o WhatsApp e o Telegram como ferramenta de vendas

A pesquisa também revela dados curiosos sobre o Instagram. Cerca 38,9% dos empreendedores usam a plataforma, mas depois do cliente entrar em contato, 31% usam a sacolinha do Instagram integrada ao site da loja e 30,1% dos lojistas não usam o Instagram para vendas. O que revela ainda um caminho longo a ser explorada no Instagram sobre marketing digital e funil de vendas, apesar de toda sua penetração nas relações entre marcas e consumidores.

Conheça o Mundo do CX 

Por outro lado, segundo, Victor Popper, CEO da Loja Integrada, algumas das mais importantes datas para o varejo como Black Friday e o Natal tendem a puxar a utilização dessas ferramentas.

Pensando na proximidade destas datas, o especialista recomenda algumas dicas para impulsionar as vendas nessas plataformas. Confira:

WhatsApp e Telegram como aliado nas vendas

Conheça o seu cliente

Sabendo quem é o seu cliente – se a maioria é do sexo feminino ou masculino, faixa etária recorrente e regionalidade, entre outras informações – você saberá melhor como conversar com o seu público. Ficará mais fácil definir se essa comunicação se dará com uma linguagem formal ou casual, com textos longos ou curtos, e se áudios, emojis, figurinhas e gifs serão bem-vindos ou não.

“Normalmente, quando falamos com um público mais jovem, por exemplo, podemos usar até mesmo memes para aproximar o cliente de um produto e textos não muito longos, mas isso, é claro, depende do posicionamento da marca e do perfil do público. Não adianta a loja querer ser vista como séria e usar uma abordagem engraçada. Saber para quem você está vendendo é fundamental para alinhar as interações com a forma como você quer ser visto”, explica Popper.

Crie listas de transmissão

Quando você já souber para quem está vendendo, poderá criar listas de transmissão, que podem enviar mensagens para até 256 contatos, dividindo o seu público de acordo com a abordagem que deseja utilizar. O recurso das listas facilita o envio de mensagens, mas deve ser usado com moderação, por ser uma abordagem mais impessoal.

“Usar as listas de transmissão para anunciar promoções da Black Friday, por exemplo, é um ótimo caminho para chamar a atenção dos clientes e abrir uma conversa que pode levar a uma compra. Por outro lado, mensagens em excesso podem causar impaciência e o afastamento do consumidor”, alerta o especialista.

Compras feitas no ambiente digital ocorrem de forma rápida, tal como o desinteresse de um possível cliente, caso ele fique muito tempo aguardando por uma informação 

Não demore para responder

As compras feitas no ambiente digital ocorrem de forma rápida, tal como o desinteresse de um possível cliente, caso ele fique muito tempo aguardando por uma informação. Esteja sempre atento às mensagens do WhatsApp e Telegram e, se possível, deixe na biografia do perfil os horários em que trabalha, para que não aconteçam desencontros ou aborrecimentos.

Abuse das ferramentas

Dentro de um perfil comercial do WhatsApp, existem algumas ferramentas para facilitar o contato entre empresas e clientes, como os catálogos, que possibilitam exibir produtos com fotos, descrição e valor, além do link que leva o consumidor para o site da loja. Esse recurso é ótimo para que clientes já tenham algumas dúvidas mais básicas sanadas, mesmo sem interagir com o atendimento. Outro recurso que pode ser explorado no aplicativo é o status, uma espécie de story, onde empreendedores podem anunciar promoções, novos produtos e colocar links junto da imagem ou do vídeo postado.

Seja qual for a data ou estratégia, as redes sociais estão sendo cada vez mais determinantes no engajamento com marcas. “Muitos lojistas que ainda não usavam o WhatsApp e Telegram para vender, já começam a fazer essa aposta. É uma ótima ferramenta para se aproximar do consumidor e oferecer uma experiência de compra mais personalizada e facilitada”, conclui Victor Popper.


+ Notícias

Para as empresas, a Black Friday 2022 já começou 

Marketing de influência: o que aprendemos com marcas fast fashion? 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]