Pesquisar
Close this search box.
/
/
Liderança feminina: o estilo colaborativo da CEO da Sephora

Liderança feminina: o estilo colaborativo da CEO da Sephora

Andrea Orcioli destaca que a pandemia trouxe uma nova relação com o autocuidado e comenta as tendências no mercado da beleza

Andrea Orcioli possui mais de 20 anos de experiência em marketing de grandes empresas, como Unilever e Avon. No final de 2014, ela iniciou a trajetória na Sephora, ocupando o cargo de vice-presidente de Marketing e Merchandising para América Latina.

Andrea Orcioli, CEO da Sephora Brasil Foto: Leo Martins

Em 2019, ela assumiu o cargo de CEO da Sephora Brasil, com a missão de comandar as estratégias e contribuir para o crescimento da rede francesa de produtos de beleza no País em 2019.

Andrea acredita que não existe nada mais importante para a empresa do que uma equipe unida. Por isso, seu estilo de liderança é mais colaborativo. “Isso porque acredito que cada colaborador é fundamental para atingir, ou superar (risos), os objetivos da empresa. Com uma equipe integrada, respeitando as diferenças individuais, somos maiores, ampliamos o conhecimento. Não sei tudo, nem tenho a expectativa de saber. Contratamos experts para que as decisões sejam colegiadas. Isso dá oportunidade para inovar e nos desenvolver como indivíduos”.

Segundo ela, a empatia e a transparência têm um papel central. “Quando temos decisões colegiadas, evitamos que no futuro culpemos uns aos outros, estamos genuinamente juntos, confiamos. Isso traz protagonismo e responsabilidade para todos. Acertamos, erramos, aprendemos e melhoramos, juntos. Eu me sinto responsável, mas também trago todo mundo comigo por meio do diálogo e autonomia”, completa.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Diálogo transparente

O diálogo transparente entre todos na empresa é fundamental. “Cada indivíduo tem que ter noção da importância do seu trabalho e como ele impacta a companhia como um todo. Por isso, a comunicação é essencial, tem que ser clara e possuir um canal aberto para esse diálogo acontecer”, reforça a executiva.

Nesse contexto, é importante delegar e dar autonomia. “Nós todos, como equipe, construímos juntos o sucesso da empresa. Quando cada integrante da equipe tem autonomia, aceleramos o processo e aumentamos o potencial para inovar. Além de os motivar, essa autonomia é imprescindível para o desenvolvimento e crescimento profissional de cada colaborador”, expõe Andrea.

Isso tudo vai influenciar na forma como as empresas olham, escutam ativamente e respeitam seus clientes, começando internamente, pelos colaboradores. A maneira que trabalham com a diversidade em suas equipes internamente reflete a diversidade a nossa volta?

“Se temos uma liderança diversa, que respeita as diferenças individuais dos seus funcionários, escutando, trabalhando de forma colaborativa e construtiva, identificando o sucesso como resultado do esforço de trabalho do time do começo ao fim, naturalmente transmitiremos empatia com o cliente – pois a empatia é a base e permeia a equipe. Acredito sim que uma equipe diversa é chave para termos mais empatia e nos posicionarmos mais no lugar do cliente”.

Consumo de produtos de beleza nas diferentes gerações

A CEO conta que o ritmo do mercado e as novas gerações de clientes demandam produtos e marcas que se atrelam ao propósito da sustentabilidade e consumo consciente. “No início, vimos a tendência de clean beauty muito focado em skincare, mas agora vemos que esse movimento está se estendendo para maquiagem e até fragrâncias”.

Atualmente, as maquiagens são multifuncionais e visam a praticidade da aplicação. Além de conquistarem, com as novas gerações, um patamar de expressão de identidade e diversão, deixando para trás a função de meramente corrigir “imperfeições”.

“Vemos a maquiagem se tornando cada vez mais uma ferramenta de empoderamento, autoexpressão e liberdade. Um exemplo que engloba todas essas características da nova geração consumidora de maquiagem foi a novidade da KVD Beauty, a Base Good Apple Foundation Balm. Toda a estratégia de lançamento foi baseada na plataforma do TikTok, em parceria com influenciadores digitais que promovem a identidade e a essência da marca, que é uma das pioneiras no movimento de beleza vegana e cruelty-free”. A base Good Apple ainda conta com uma embalagem 100% reciclável, sem espelho e imãs, o que facilita o descarte correto.

Nova relação com o autocuidado e a retomada da categoria maquiagem

Durante a pandemia, a relação com o autocuidado ficou acentuada, o comportamento refletiu no crescimento de produtos para cuidados de pele e do cabelo. “Como estavam todos em casa, as pessoas passaram a ter de se cuidar, não tinha como ir ao salão de beleza, por exemplo, e esse movimento de adesão ao autocuidado aconteceu naturalmente tanto por vaidade, quanto por necessidade de momentos de relaxamento em prol da saúde mental”, comenta.

Segundo ela, no final de 2020, início de 2021, quando tivemos um momento de relaxamento nas medidas e nos casos de covid-19 e as pessoas puderam sair um pouco e aproveitar as festas de final de ano, houve um crescimento na venda da categoria de fragrâncias.

“Agora, com o avanço da vacinação e, de uma certa forma, a volta da ‘normalidade’, vemos um movimento de retomada na categoria de maquiagem. Reflexo das pessoas saindo de casa e podendo “ser vistas”, a procura por esses produtos voltou a crescer”.

Essa relação também evoluiu e ganhou novos espaços dentro da Sephora. Afinal, o padrão de compra dos consumidores mudou muito nos últimos dois anos, acelerando a adaptação e até a preferência por fazer compras online.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Tendências no mercado da beleza

Segundo Andrea, neste ano veremos a ascensão pela busca de maquiagens rápidas e multifuncionais – aquelas que também oferecem benefícios como hidratação, além de sua função embelezadora – como uma extensão dos hábitos criados na pandemia. “Então, truques de beleza, produtos de fácil aplicação e para levar na bolsa estarão em alta. Outro hábito que cresceu muito durante a pandemia e ainda continua em alta é a categoria de skincare”.

Durante o período de isolamento as pessoas buscaram por momentos de bem-estar e beleza em seu dia, recorrendo aos rituais em casa. “Ainda veremos essa tendência em alta combinada com uma procura por produtos de clean beauty, biocompatíveis com a pele e fórmulas mais simples, mas eficientes, que trazem melhores resultados e são indicados para as necessidades de cada um”.

Leia mais sobre a Sephora e a gestão de Andrea Orcioli
na edição 269 (março) da Consumidor Moderno.


+ Notícias

Mulheres avançam no setor de tecnologia e se tornam mão de obra qualificada

Conexões autênticas: o que significa experiência do cliente nos dias de hoje

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]