Pesquisar
Close this search box.
/
/
Jornada phygital organiza dados e aproxima clientes

Jornada phygital organiza dados e aproxima clientes

Com o desafio de consolidar dados históricos com muitas lacunas, BRBots desenvolveu jornada omnichannel para Cedae tornar cobrança mais assertiva e eficiente

A Cedae vive o desafio de se atualizar. Um dos principais gargalos é organizar a base de dados e estabelecer jornadas de cobrança que tragam resultados à companhia e, ao mesmo tempo, a aproxime dos consumidores. Uma das primeiras prioridades estabelecidas desde a privatização foi estabelecer uma estratégia phygital de relacionamento, e no caso da cobrança phygital, que se adeque ao perfil do devedor, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, e também em relação ao montante, para personalizar a negociação, que pode ser mais digital ou persuasiva com um atendimento humano, dependendo da necessidade.

O primeiro grande desafio da Cedae, ao desenvolver um processo de cobrança em parceria com a BRBots, foi sistematizar os dados dos consumidores na base de uma empresa antiga e recém-privatizada, para atualizar os dados históricos, caso apresentado no Conarec 2023 por Anderson Agostinho, chefe do departamento de execução de faturamento da Companhia Estadual de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro, no painel “A Inteligência Artificial na cobrança phygital no setor público“.

A Cedae é uma empresa de economia mista que produz água tratada, com foco na segurança hídrica, inovação e sustentabilidade, que opera os grandes sistemas no estado do Rio de Janeiro. Atualmente são 1, 19 milhões de pessoas físicas e 30 mil pessoas jurídicas com alguma dívida com a Cedae, que somam 83 milhões de faturas em aberto, e valores que passam de R$ 15 bilhões.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Dados atualizados são base para cobrança eficiente

Esse montante se deve a muitas variáveis ao longo de quase 50 anos de existência da empresa, como dados desatualizados, inclusive de clientes que já faleceram e não houve atualização cadastral, ou que eram geridas por administradoras de imóveis e, ainda, mudanças de áreas, já que com a privatização a Cedae não administra mais locais do estado em que as dívidas foram contraídas.

A primeira mudança nos processos para melhorar a assertividade da cobrança foi de responsabilidade pelo contrato com a Cedae: antes, era com o imóvel e passou a ser com o consumidor.

No entanto, apenas 9% da base possui e-mail cadastrado, 72% dos clientes não possuem telefone na base de dados, e quase 60% nem o CPF ou o CPNJ. Por isso, ao estabelecer uma cobrança phygital, Anderson Agostinho enfatiza a importância de organizar estas informações para aumentar a efetividade das cobranças.

Antigamente, a principal ferramenta de cobrança utilizada era a negativação dos clientes em dívida. “Para uma cobrança via bot, uma base de dados desorganizada, vai sempre dar erro. Uma das ferramentas de cobrança é a negativação, mas como fazê-la sem dados corretos?”, questiona.

Conheça o Mundo do CX

A utilização de um enriquecimento automático dos dados, com a criação de estratégias diferenciadas para cada tipo de contexto, começou com a estruturação de um atendimento omnichannel, em que o cliente da Cedae passou a conversar com a empresa através do canal da sua preferência:

  • Via call center – com recursos automatizados e humanos;
  • Com a Célia, bot no WhatsApp de relacionamento lançado pela Cedae
  • A webnegociação, que utiliza inteligência artificial para que o próprio cliente possa estabelecer formas de pagamento que vão de boletos à débito automático e as condições mais equilibradas para quitar essa dívida;

“Criamos campanhas de mobilização para recuperar e organizar a base de dados e negociação, com uma variedade de ofertas de pagamento e uma central de conciliação, tudo em busca do gol”, explica Agostinho.

Quem fez a criação dessa jornada omnichannel para a Cedae foi a BRBots. Os principais pontos dessa estratégia incluem um CRM de negociação integrado a todos os canais, com enriquecimento automatizado; para a melhoria da qualidade dos dados e dos canais, com verificação de dados, discagem automática preditiva, broker de e-mail, SMS e WhatsApp; e o desenvolvimento de um portal de negociação que integrou bots à operação humana.



+ NOTÍCIAS
Arredondando conversas quadradas
Propósito empresarial e gestão responsável transformam os negócios e a sociedade

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]