Pesquisar
Close this search box.
/
/
Incentivar colaboradores faz parte da estratégia de experiência do cliente

Incentivar colaboradores faz parte da estratégia de experiência do cliente

Mostrar aos funcionários que o trabalho deles está sendo visto e recompensá-los é parte indispensável na estratégia de CX

A experiência do cliente tornou-se um dos elementos cruciais no cenário empresarial contemporâneo, desempenhando um papel fundamental na construção de relacionamentos sólidos e na conquista de resultados surpreendentes para as empresas. A busca incessante pelo crescimento e pelo sucesso nos negócios tem levado as organizações a reconhecerem a importância de proporcionar experiências excepcionais aos seus clientes, e para aprofundar esse assunto com insights valiosos, o CONAREC 2023 contou com o painel “A experiência do cliente traz resultados surpreendentes – Case Banco PAN+AeC“.

César Ribeiro, Superintendente Executivo de Operações, Atendimento e Ouvidoria do Banco PAN, foi quem apresentou a palestra, e começou explicando que o gatilho para o início de uma nova estratégia de CX para o banco começou quando eles perceberam que o tempo de espera para atendimento estava muito alto. “Hoje, somando todos os canais que a gente tem, um dos principais é o atendimento. A gente recebe no topo do funil do atendimento mais ou menos 4 milhões de contatos de clientes todos os meses”, explica. “A primeira coisa que pensamos é em ter a taxa de abandono baixa, mas tem mais do que isso, né? O que que a gente quer para o atendimento? Qual a nossa visão de atendimento pro futuro?”, questionou.

Foi aí que que chegou o estalo: admirar que as instituições que mudaram algo no atendimento tiveram a capacidade de buscar a mudança, não necessariamente o que elas mudaram. “O que que a gente espera desse atendimento nesse potencial gigantesco de 4 milhões de contatos todos os meses, o que que a gente pode fazer que dê mais valor pra instituição que a gente está e pros clientes?”, perguntou. “O nosso cliente a partir do contato com atendimento vira um promotor da nossa marca“, acrescentou.

Leia mais: Tecnologia no campo: a paisagem agrícola em evolução

Indicadores para mudar

De acordo com o superintendente, 80% do básico bem feito já é meio caminho andado para garantir um CX de qualidade. “20% restante dessa mudança, dessa transformação que a gente quer fazer, vem naturalmente”, explica. Segundo César Ribeiro, no caso do banco, o principal indicador que precisava mudar era o “resolutive“, ou seja, se o problema dos consumidores era resolvido ou não. “Eu quero que em um mês a gente atinja o dobro da resolutividade que a gente tem hoje”, continua. Para isso, a mudança foi focada nos operadores que conversavam com os clientes. Segundo Raphael Dualibi,  CEO da AeC, que foi a empresa responsável por auxiliar o Banco nessa jornada, “O sucesso do CX é acreditar na colaboração”.

“Vamos fazer o básico bem feito e vamos colocar algumas coisas como esse indicador como principal engajamento do operador e algumas mudanças de treinamento. Vamos tentar mudar pouco, mas direcionando para o que a gente quer”. Para engajar os colaboradores a se esforçarem, César ressalta incentivos e reconhecimento. “É uma operação muito maçante. É difícil mensurar isso, a felicidade ou a motivação do operador, mas como é que a gente consegue mensurar isso de uma forma que esse número seja confiável?” Assim, ele instituiu 4 pilares de ações operacionais: treinar, reconhecer, incentivar e engajar.

Outra tática foi melhorar o atendimento via chat: “o chat de financiamento é uma operação que a gente trabalha porque tem uma demanda do público. É muito importante porque é um crédito mais acessível, mas como o público que o mercado inteiro trabalha nesse crédito é mais difícil o atendimento quando tem dúvidas, a gente precisava entender como atender melhor nessa opção de texto”, conta. A resolutividade do banco girava em torno de 50% a 60%, segundo César Ribeiro, e depois da  iniciativa de treinamento e implementação de novos indicadores ela passou para 80% a 90%. “Quanto mais o funcionário se sente feliz e realizado com o trabalho, melhor ele faz questão de entregar uma experiência do consumidor de qualidade“, finaliza.



+ NOTÍCIAS
Maioria das varejistas contrata serviços B2B em cima da hora
Tornando-se uma metonímia: o poder de ser referência no mercado

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]