Pesquisar
Close this search box.
/
/
IA generativa não é apenas ferramenta, ela está redefinindo o CX

IA generativa não é apenas ferramenta, ela está redefinindo o CX

Estudo mostra que as empresas que utilizam IA generativa estão se desenvolvendo de forma mais acelerada. Entretanto, divergência de percepção da tecnologia entre gestores e suas equipes é um dos grandes desafios

A importância do domínio profundo de ferramentas digitais para a experiência do cliente nunca foi tão clara como agora, diante da crescente demanda impulsionada pelo avanço da IA generativa. Essa necessidade é claramente perceptível devido à crescente e natural adoção do ambiente digital pelos consumidores em suas interações de consumo.

Por outro lado, existem muitos desafios para equalizar essa relação e obter bons resultados de negócios. Esse cenário foi analisado na sexta edição do relatório anual da Zendesk sobre tendências da experiência do cliente, o CX Trends 2024.

Os dados apontam que, de forma mais recorrente que o esperado, as expectativas dos consumidores não correspondem às percepções dos líderes de negócio sobre a entrega do atendimento. Ou seja, mesmo com a IA generativa se demonstrando uma tecnologia muito promissora na evolução do CX, ainda é necessário maturidade, conhecimento e aplicação correta para superar este desafio.

A boa notícia é que as organizações estão buscando superar essa barreira. De acordo com o estudo, 81% das empresas brasileiras reconhecem o aprimoramento das suas interações digitais com seus clientes com a utilização da IA generativa. Além desse dado, a Zendesk separou algumas tendências importantes analisadas no CX Trends para as lideranças ficarem atentas sobre a jornada de IA para CX. Confira:

IA Generativa: de palavra da moda a estratégia do negócio

Toda a atenção do ano passado resultou no principal foco das estratégias de CX deste ano. A IA generativa não é apenas uma ferramenta, mas um conceito que está redefinindo o atendimento ao cliente. Com 66% dos líderes brasileiros de CX integrando-a na jornada do cliente, está claro que isso é mais do que uma tendência — é uma transformação.

O objetivo? Oferecer uma experiência que pareça humanizada, pessoal e surpreendentemente interativa. A pesquisa da Zendesk mostra que as organizações brasileiras que utilizam IA generativa estão se desenvolvendo de forma mais acelerada, sendo que 81% reconhecem o aprimoramento das suas interações digitais.

Chatbots: a ascensão dos agentes digitais

Os chatbots estão evoluindo de simples “respondedores” de Perguntas Frequentes para agentes digitais sofisticados. Essa evolução está alinhada às demandas de 79% dos líderes brasileiros de CX que veem seus bots capazes de arquitetar jornadas ricas e personalizadas.

Chatbots avançados são capazes de refletir a identidade da marca e incorporar a análise de sentimento e intenção para respostas personalizadas e precisas. Com 60% dos consumidores se sentindo cada vez mais confortáveis em fazer perguntas e desejando que os bots resolvam rapidamente as suas solicitações, está dada a corrida para melhorar as capacidades dos chatbots.

IA em CX: superando a barreira entre líderes e agentes

Embora a Inteligência Artificial esteja revolucionando as estratégias de CX, existe uma divergência de percepção da tecnologia entre os gestores e suas equipes, formadas pelos agentes de atendimento ao cliente. Para 64% dos agentes, as ferramentas de IA não são eficazes em suas rotinas de trabalho, contra 73% dos líderes de CX que defendem a tecnologia. A diferença de percepção? A falta de treinamento eficaz e clareza na implementação da estratégia de IA para as equipes.

Fechar essa lacuna é inegociável, já que 82% dos líderes confirmam a importância de incorporar ferramentas de IA generativa nos fluxos de trabalho dos agentes para ampliar as capacidades humanas, e não substituí-las.

Rodrigo Tavares, Vice-Presidente Sênior de Customer Experience da RecargaPay, explica que a fintech tem experimentado Inteligência Artificial para otimizar processos e ganhar eficiência. Assim, os colaboradores podem se dedicar a atividades mais complexas e gerar resultados mais impactantes. “Se a sua equipe usa IA no back-end, ela estará muito mais empoderada e com energia para resolver temas complexos. Para mim, o combo vencedor é o ser humano mais a Inteligência Artificial”, afirma.

IA ética: a base da confiança

A transparência nas decisões de IA se tornou imperativa. Com preocupações em torno da privacidade dos dados e da IA ética, 87% dos líderes de CX brasileiros agora veem a transparência como indispensável. Na mesma direção, quase metade dos consumidores espera clareza no uso de dados, enfatizando a tendência de transparência como um diferenciador de marca.

A era da CX instantânea

A sede dos consumidores por resoluções rápidas está pressionando as empresas a aproveitarem dados em tempo real. A condução para uma CX instantânea é inevitável, com 64% dos líderes sentindo que estão ficando para trás na entrega de experiências instantâneas. Ser proativo é a chave, com 75% dos agentes prevendo uma mudança para um serviço de atendimento ao cliente preditivo.

Privacidade de dados: um pilar central

O estudo revelou uma intensificação dos líderes de CX como guardiões das informações dos clientes. 83% deles reconhecem seu novo papel em garantir a segurança dos dados e 89% estão priorizando estratégias de proteção das informações dos clientes.

Para a Rita Gimenes, head de Customer Experience da Ituran Brasil, é exatamente isso que está acontecendo. “Eu me vejo, cada vez mais, como uma protetora dos dados dos clientes. Quando discutimos a jornada do cliente, eu sempre envolvo o time de segurança da informação para garantir quais dados eu posso coletar, trocar e o quão seguro é para eles seguirem em uma direção ou outra”, comenta. 

Segurança em toda a jornada do cliente

A confiança digital é frágil e os líderes de CX não podem tomar riscos. Por isso, eles estão integrando protocolos de segurança robustos de maneira transparente na jornada do cliente. Com 90% desses líderes confiantes em seus esforços de proteção de dados, um contraste é evidente: 68% dos consumidores no Brasil acreditam que as empresas ainda precisam melhorar muito.

Experiências imersivas: o futuro das compras online

À medida que as compras online evoluem, tecnologias imersivas como o comércio conversacional e as compras ao vivo estão moldando o futuro. Com 59% dos brasileiros ansiando por jornadas de compra simplificadas e 87% esperando receber assistência total pelo chat, as expectativas para experiências ao vivo e interativas devem crescer neste ano e no próximo.

Interações por voz para problemas complexos

A voz continua sendo um componente importante da experiência do cliente, com as organizações equilibrando abordagens digitais em primeiro lugar, mas reconhecendo o valor único da voz para questões complexas. Transições suaves entre canais digitais e de voz são fundamentais para a satisfação do consumidor.

Gerenciamento preditivo dos agentes para impulsionar a operação

Por fim, o gerenciamento preditivo dos agentes irá revolucionar a eficiência da força de trabalho. Ferramentas estratégicas podem proporcionar benefícios operacionais, sendo que 80% dos líderes de CX que já as utilizam reportam um aprimoramento na produtividade de suas equipes, na qualidade do atendimento que fornecem ao cliente e um retorno sobre o investimento (ROI) positivo.

Estas tendências mapeadas ajudam a iluminar o caminho para os gestores de CX e líderes empresariais que buscam cumprir com a expectativa dos consumidores em direção a uma experiência superior de atendimento. A mensagem é clara: investir nessas frentes não é apenas uma questão de sobrevivência, mas de prosperar o negócio na era moderna do relacionamento entre empresa e cliente.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 283

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Imagem idealizada por Melissa Lulio,
gerada por IA via DALL·E da OpenAI, editada por Nádia Reinig


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

Coordenador de Marketing de Performance 
Jonas Lopes 
[email protected]

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 283

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Imagem idealizada por Melissa Lulio,
gerada por IA via DALL·E da OpenAI, editada por Nádia Reinig


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

Coordenador de Marketing de Performance 
Jonas Lopes 
[email protected]

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]