Pesquisar
Close this search box.
/
/
O uso de IA e ChatGPT no relacionamento com clientes

O uso de IA e ChatGPT no relacionamento com clientes

As novas tecnologias estão aprimorando o atendimento ao cliente, fornecendo respostas mais rápidas e completas.

Para começar este texto, perguntei ao ChatGPT como ele poderia ajudar as empresas a melhorar e personalizar o atendimento ao cliente. A resposta que recebi, em resumo, foi que o ChatGPT pode contribuir de várias maneiras, como com respostas rápidas e consistentes, atendimento 24/7, suporte multicanal, triagem e direcionamento, etc. Ao final, um aviso: “É importante notar que, embora o ChatGPT possa melhorar significativamente o atendimento ao cliente, ele não substitui totalmente o atendimento humano, especialmente em situações complexas ou emocionais”.

Assim, o ChatGPT, como qualquer outra ferramenta de Inteligência Artificial (IA), precisa ser usada de forma estratégica pelos profissionais. Com os objetivos bem definidos, a IA pode facilitar a omnicanalidade no atendimento, tornando a jornada do cliente mais fluida e personalizada, bem como fazer com que as resoluções de problemas sejam mais rápidas e práticas. Neste artigo, descubra quais ferramentas de IA as marcas vêm usando (e de que forma), além do ChatGPT!

ChatGPT e outras tecnologias já são tendência

Seja no chatbot do website ou no WhatsApp, as empresas já estão adotando o ChatGPT no atendimento ao consumidor. Com ele, é possível melhorar a experiência do cliente, fornecendo respostas mais ágeis, sem perder o cuidado com o tom. O atendimento automatizado já era utilizado há anos pelas organizações, porém o ChatGPT chegou para transformar o marketing conversacional, aumentando as chances de concluir uma venda e também de fidelizar o cliente.

“A IA generativa e a IA conversacional estão no topo da lista de 10 tecnologias emergentes de 2023, segundo a Forrester. Soluções como essas apresentam uma capacidade surpreendente de compreender e responder de maneira contextual às solicitações dos clientes. No entanto, a chave para que o atendimento automatizado tenha sucesso é acompanhar de perto as interações da plataforma, a fim de garantir que as necessidades dos clientes estão sendo verdadeiramente atendidas”, diz o head de Dados e Marketing da ConectCar, Daniel Frankestein. É a análise contínua, realizada por um profissional humano, que vai permitir a otimização do atendimento e agregar valor à experiência do cliente.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Construindo interações mais ricas

O uso de Inteligência Artificial pela ConectCar vai bem além do ChatGPT. Nativa digital e com mais de dez anos de atuação no mercado, a ConectCar adotou o Speech Analytics, ferramenta que analisa conversas e é capaz de detectar emoções. “O Speech Analytics vem para agregar ainda mais qualidade e personalização em cada etapa da jornada dos consumidores. Com essa tecnologia, a equipe de atendimento passa a identificar padrões de linguagem, tom de voz e emoções com ainda mais facilidade, além de permitir que o time monitore a satisfação do cliente em tempo real, identificando expressões verbais e não verbais que indicam sentimentos de frustração, satisfação ou confusão”, explica Frankestein.

A implementação do Speech Analytics nos processos de atendimento está prevista para setembro deste ano, e vem sendo coordenada por especialistas da ConectCar e da Atento, empresa parceira da companhia. Além disso, a empresa possui uma iniciativa baseada em Machine Learning, que prevê o mapeamento e a classificação de clientes com bom perfil de pagamento para que recebam vantagens na experiência com a tag. “Utilizamos, ainda, ferramentas de IA para categorizar os comentários de clientes que participam das nossas pesquisas de NPS, a fim de compreender qualitativamente a percepção de cada um e identificar novas oportunidades de melhorias”, acrescenta o head de Dados e Marketing.


Quer saber o que há de melhor em CX?
Participe do CONAREC 2023!

Onde? Expo Transamérica – SP
Quando? 12 e 13 de Setembro

Ainda não tem ingresso?
Clique aqui! 💬


O machine learning também é utilizado pelo PayPal há alguns anos e ajuda não só a melhorar a experiência dos próprios clientes, como também colabora com a jornada do consumidor das empresas parceiras. A tecnologia pode melhorar, por exemplo, a taxa de autorização, ou seja, o percentual de transações aprovadas no processo de pagamento, ao finalizar uma compra. Segundo o head of payments do PayPal Latam, Carlos Nomura, os modelos de machine learning ajudam a prever antecipadamente se o cartão de um usuário será recusado e, a partir daí, é possível criar uma experiência personalizada para o usuário, o que garantirá uma compra válida, como explica no artigo “Como ciência de dados, machine learning e inteligência artificial podem impulsionar o seu e-commerce”. A tecnologia também ajuda a proteger contra transações fraudulentas.

Vantagens para empresa e colaboradores

De acordo com o relatório ‘GlobalData Market Opportunity Forecasts to 2027: Generative AI’, desenvolvido pela GlobalData, o Brasil está entre os mercados onde o uso de IA generativa cresce mais rápido, com um indicador de 100% ao ano até 2027. “Alguns dos benefícios do uso dessa tecnologia que nós, como empresa que a implementa, podemos listar são: a padronização da qualidade do atendimento, o aumento na eficiência e escalabilidade, a automação de tarefas rotineiras, a personalização aprimorada e a análise de grandes volumes de dados em tempo real”, cita Frankestein.

A IA otimiza o tempo das equipes, possibilitando que elas se dediquem a questões de maior complexidade e que exigem um cuidado humano. É importante lembrar, também, que a inteligência artificial, assim como qualquer ferramenta de automação, pode apresentar falhas e, por isso, seu uso não dispensa um profissional capacitado.

Conheça o Mundo do CX

O olhar humano é indispensável

Apesar de a IA estar cada vez mais avançada, o ChatGPT ainda não é capaz de identificar emoções humanas ou encontrar possibilidades de bons cases de atendimento a partir de uma história. Dessa forma, mais importante do que estar sempre por dentro das tendências tecnológicas no atendimento ao cliente, é promover uma sintonia entre a IA e as equipes de atendimento humano. “Embora essas soluções possam resolver questões comuns e rotineiras, é preciso garantir a presença de profissionais para filtrar cenários mais complexos e sensíveis que precisam de um olhar mais qualitativo e, sobretudo, humanizado”, recomenda o head da ConectCar.

Mesmo que o ChatGPT já seja capaz de se adaptar a diferentes cenários e de criar interações muito semelhantes às de um diálogo humano genuíno, a curadoria do conteúdo e a estratégia de atendimento ao cliente ainda devem ser da responsabilidade de um profissional especializado. “Sem uma curadoria cuidadosa, as interações e sugestões de soluções baseadas em IA para os clientes podem rapidamente se tornar insensíveis, equivocadas, imprecisas e até mesmo antiéticas”, avisa Frankestein.



+NOTÍCIAS
O encantamento dos clientes a partir de uma jornada fluida e tecnológica

De bots ao WhatsApp: O que os últimos anos ensinaram sobre atendimento digital?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]