Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como capturar todas as variações possíveis em autoatendimento

Como capturar todas as variações possíveis em autoatendimento

NICE avalia os critérios para um autoatendimento de sucesso com uso e avanços das IAs generativas

Diferenciar a URA, o bot e entender como a IA colabora com cada ferramenta na construção da melhor experiência do cliente é um grande desafio hoje em CX. Essas soluções se tornaram ferramentas importantes para o desenvolvimento da melhor experiência em autoatendimento.

Hoje, a interface clássica da URA como roteador de demandas para grupos de atendimento já foi superada graças aos avanços tecnológicos. Segundo Ingrid Imanishi, diretora de soluções avançadas da NICE, o desafio para tecnologias de autoatendimento agora é capturar todas as variações possíveis de uma intenção dentro de uma conversa com um humano.

Nessa dinâmica, Ingrid Imanishiressalta o trabalho das IAs generativas para esse avanço. “Ao acrescentar inteligência artificial conversacional, os bots têm potencial real de serem transformados em atendentes virtuais, interagindo, entendendo e respondendo – de maneira dinâmica – as necessidades do cliente. É a única maneira de escalar de maneira sustentável e robusta o atendimento automatizado para uma melhor experiência”, avalia.

Critérios para um autoatendimento de sucesso com IA

Para essa jornada de autoatendimento ser resolutiva, Ingrid aponta que elementos de inteligência artificial trazem agora diferenciais decisivos para a experiência do cliente. “Nas etapas conversacionais, nos momentos de entendimento da necessidade do cliente, da intenção da interação, assim como da formulação de respostas completas, específicas e resolutivas”, detalha a executiva.

“Esse cenário é muito comum quando se avaliam as experiências em diferentes canais de uma mesma empresa. É fácil verificar chatbots com serviços e inteligência em um portal web e não ter praticamente nenhuma opção adequada no chatbot oferecido no aplicativo móvel e vice-versa. É exatamente essa incoerência que faz com que cada canal pareça representar uma empresa distinta, descaracterizando o conceito de omnicanalidade”, explica Ingrid.

No entanto, Ingrid avalia alguns desafios da omnicanalidade que ainda persistem nessa jornada. “Ainda são poucas as empresas que conseguiram implementar uma abordagem unificada entre canais”, frisa. Ingrid aponta que fornecedores distintos, interfaces desiguais, posicionamento estratégico definido por áreas isoladas são fatores de impedimento desse avanço realmente integrado.

Conheça o Mundo do CX

Canais com maior impacto das IAs para o autoatendimento

Nesse cenário, os volumes de interações por texto sofreram uma explosão nos últimos anos (vide sucesso do WhatsApp) e constituem canais estratégicos para o autoatendimento. Segundo Ingrid, o desenvolvimento de novos serviços seria aplicável a múltiplos canais, independentemente de serem por voz ou texto. No entanto, certas plataformas e tecnologias enfrentam limitações quanto a interfaces de entrada e integrações, que podem implicar em esforços duplicados para o CX. “Dessa forma, o desenvolvimento deveria ser aproveitado em conjunto e, para isso, as empresas devem se respaldar em tecnologias robustas e inteligentes”, pontua Ingrid.

Ela explica que a solução NICE Enlighten e os recursos digitais avançados de plataforma CXone, da NICE, com conversação de IA avançada e integrada tem sido decisiva para os clientes da companhia atenderem as solicitações dos seus clientes nas interações automáticas por voz ou por texto. “Além de aprender com cada interação para gerar conexões ainda mais ágeis e profundas numa próxima interação, essas tecnologias facilitam o desenvolvimento e a evolução dos assistentes virtuais inteligentes, garantindo a sustentação de alta resolutividade no atendimento automatizado, seja por voicebots ou chatbots”, destaca Ingrid.

Para onde caminhamos em autoatendimento e experiência com uso de IAs?

Pensando no uso e aplicação de IAs e nos papéis de Bots, URAs nessa evolução da experiência do cliente com autoatendimento, certamente a introdução da IA generativa nas conversações de chatbots e voicebots trouxeram uma experiência muito mais fluida para o cliente. Ingrid complementa: “Essa capacidade de entendimento das necessidades expressadas pelos clientes pelas IAs generativas, trouxe além de naturalidade e fluidez, o potencial de formulação de respostas muito mais completas e assertivas, sendo a chave para uma resolutividade sem precedentes nos atendimentos automatizados”.

Hoje, seja por voz ou texto, o autoatendimento, com a ajudas das novas tecnologias, tem proporcionado uma experiência, se não melhor, mais assertiva diante das expectativas do consumidor. Modelos de IAs generativas, treinadas especificamente para o CX com base em conteúdos seguros da própria empresa, se demonstram a melhor opção para o alinhando de respostas ao cliente em sinergia com os objetivos de negócios das empresas. Criar experiências mais ágeis, eficientes, personalizadas e resolutivas tem sido a grande contribuição das IAs para o autoatendimento.



+ NOTÍCIAS
Opinião de CEOs sobre uso de IA evidencia preocupação com ataques cibernéticos
Claudia Storch, da Pluxee, quer tornar a marca referência em benefícios no Brasil

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]