Pesquisar
Close this search box.
/
/
Com proximidade da Black Friday, Grupo Reckitt comenta estratégia omnicanal

Com proximidade da Black Friday, Grupo Reckitt comenta estratégia omnicanal

Com quase 100 anos no Brasil, Grupo Reckitt tem no portfólio marcas com Veja, Vanish, Bom Ar e Luftal, e se prepara para Black Friday 2023

“Quando a gente fala de expansão de olhar, isso passa desde a ideação de como vamos acessar esse comprador, e para termos uma estratégia mudando um pouco a nossa comunicação para aderir mais marcas e a mais categorias. As nossas marcas têm uma forma de se aproximar; tem uma maneira de como endereçamos e movimentamos essa necessidade com quais promoções levaremos. Escolhemos o melhor do nosso portfólio, o melhor das nossas marcas, e as melhores tecnologias dos nossos produtos. Todo esse cuidado é porque queremos dar, de fato, uma compra racional. No momento o bolso do consumidor está apertado, ele vai querer comprar o confia, que você sabe que funciona; vai querer fazer escolhas inteligentes”, pontua Feitosa.

O Grupo Reckitt é uma multinacional detentora de marcas como Veja, Vanish, Bom Ar e Luftal, que está fazendo 100 anos no Brasil em 2023. Quanto aos testes comentados pelos executivos, Odilon Feitosa explica que, como os produtos são de marcas líderes no mercado, foi estudado o perfil do consumidor. Foram então escolhidos diversos parceiros e plataformas para entender qual o tipo de promoção trabalhada. A partir do momento que foram identificados que os perfis de consumo estavam mais próximos da segunda unidade, foram definidos descontos a partir de 50% quando adquiridos mais de um produto.

“Quando começamos a ativar, principalmente as plataformas digitais, passamos a entender bastante sobre o comportamento do consumidor. Obviamente, isso acaba fazendo com que sejam atreladas as nossas marcas, as estratégias de promoção de discussão, muito pautado nisso, no que sabemos que o cliente vai buscar. O consumidor hoje, para fazer a compra dentro do processo de decisão dele, pode mixar até nove canais. Muitas vezes, ele começa na internet, ele vai depois para loja”, acrescenta Guilherme Cardoso.

Ao entender tudo isso, o grupo passou a estudar unir a estratégia do varejista com a da Reckitt, além de analisar quais marcas do portfólio seriam trabalhadas Black Friday para garantir a penetração. De acordo com Guilherme Cardoso, a rede quer garantir que o consumidor brasileiro tenha acesso à higiene, à nutrição e ao bem-estar. A empresa tem juntado o que tem de marcas e estratégias para fazer uma Black Friday voltada a isso. Nesse cenário, serão dados descontos na segunda e terceira unidade, para fomentar que o consumidor experimente as marcas que ainda estão com baixa penetração no Brasil. Além disso, será acrescentado um propósito à semana promocional que vai de encontro com o objetivo de fazer com que o consumidor tenha acesso às marcas, e com promoções.

“Conseguimos combinar, porque têm papéis distintos dentre cada uma das nossas respectivas marcas. Temos como expectativa cobrir 43% da nossa renda mensal na Black Friday. Para isso, também escolhemos grandes e principais clientes. Temos mais de 60 clientes como parceiros nessa Black Friday, isso é três vezes mais do que fizemos no ano anterior, numa expectativa de sair de 100 para 3 mil lojas. O que for comunicado no online, a loja física também deve estar preparada. Neste ano, o parceiro viu valor nas propostas que colocamos à mesa e ele se engajou também”, frisa Cardoso.  

“Estamos falando de crescimento de duplo dígito no mês de novembro para os parceiros que vão estar junto conosco nessa jornada. Estamos olhando para métricas e cumprindo com o nosso propósito de chegar e garantir esse direito para o consumidor. Quando olhamos o papel do digital nessa jornada, vimos que o digital é quem também vai acelerar esse crescimento, diferente do que vimos no mercado no ano passado. Estamos projetando um crescimento duas vezes mais rápido no online do que no offline durante o período da Black Friday, e estamos olhando para novembro como um todo”, acrescenta Feitosa.

“Nessa jornada, para me adaptar aos diversos canais, faz parte do quão desafiador é poder entender o papel da marca naquele canal, naquele momento. É entender o momento dos parceiros, do consumidor, das marcas e o papel que ela tem. Diversas marcas nossas são líderes de categoria, mas algumas pessoas, nesse momento em que o bolso apertou, abandonaram essas categorias. Agora, é um excelente momento para levar a elas uma proposta de valor, para que possam fazer uma compra racional”, finaliza Odilon Feitosa.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]