Pesquisar
Close this search box.
/
/
O futuro dos pagamentos está nas redes sociais?

O futuro dos pagamentos está nas redes sociais?

Essas plataformas têm grande adesão do público e concentram um enorme volume de dados em seu poder, o que levanta muitas possibilidades

Seja honesto, você conhece alguém abaixo dos 50 anos que não esteja presente em alguma rede social? Essas plataformas já fazem parte do dia a dia das pessoas por todo o mundo e estão inseridas nos mais diversos momentos. Para se ter uma ideia, o Facebook fechou 2015 com 1,59 bilhão de usuários. No Brasil, são mais de 102 milhões de pessoas ativas mensalmente, segundo a rede. Ao mesmo tempo, o Google é o site mais acessado do mundo, de acordo com a Alexa Internet, e o LinkedIn ultrapassou a marca de 400 milhões de usuários globalmente.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Se somarmos as pessoas presentes nessas plataformas com a quantidade de dados que elas possuem sobre nós teremos certeza de que essas ferramentas nos conhecem. Sabem nossa rotina, do que gostamos, onde trabalhamos e moramos. Dentro deste cenário e, partindo do princípio que toda plataforma que tenha consumidores tem potencial para se tornar um meio de pagamento, imagine o que qualquer uma destas redes poderia fazer se decidisse se posicionar como tal. Um exemplo simples seria disponibilizarmos nossos dados bancários ou entregarmos nossas carteiras digitais para essas empresas. Desse modo, elas poderiam oferecer a “compra com um clique” dentro da própria rede, seguindo nossos gostos e tornando-se um grande marketplace.

Dia após dia surgem novas empresas no mercado de meios de pagamento digitais. São e-wallets, serviços de pagamento online, bancos sem agência, soluções que aceitam moedas digitais – tudo integrado ao mundo móvel e cada vez mais customizável. A IDC, por exemplo, prevê que este ano 30% das transações financeiras realizadas no País acontecerão através de dispositivos móveis. Nesse contexto, tornar as redes sociais grandes meios de pagamento é totalmente possível, mas será necessária uma grande mudança de posicionamento. No modelo atual, as redes ganham com os dados que possuem – e qualquer aplicativo consegue acessar informações do Facebook, por exemplo. Ao entrar no mercado de pagamentos, as políticas de segurança e confiabilidade teriam que ser repensadas.

Essas mudanças também poderão acelerar uma grande transformação no setor bancário. Se as redes sociais se tornarem carteiras digitais, por exemplo, isso pode incentivar ainda mais o processo de desbancarização já iniciado pelas Fintechs, uma vez que elas serão capazes de nos oferecer uma série de serviços semelhantes aos das instituições financeiras – no entanto, de forma muito mais personalizada e focada nos nossos gostos e hábitos de consumo.

Para os bancos, o segredo é investir na fidelização de seus clientes, na usabilidade de seus serviços on e offline e na experiência do consumidor. Uma boa maneira é personalizar taxas de empréstimo de acordo com a renda e os riscos de cada pessoa, ao invés de trabalhar com juros iguais para todos. Tratar cada cliente de forma específica individualiza o atendimento e ajuda a valorizar os serviços oferecidos.

Fato é que ainda deve demorar algum tempo para o mercado chegar a este ponto. Primeiro é preciso passar por outras etapas de tecnologia que estão mais avançadas – como a adoção em massa das carteiras digitais, citadas anteriormente, e o avanço da internet das coisas, por exemplo. Quem sabe quando essas ferramentas estiverem estabelecidas e a confiança das pessoas em plataformas virtuais estiver bem consolidada, as redes iniciarão, de uma vez por todas, essa nova fase dos meios de pagamento.

*Celso Sato é CEO da Accesstage

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]