Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que faz uma experiência de compra ser atraente?

O que faz uma experiência de compra ser atraente?

Estudo revela como a mudança de valores e tendências afetam clientes mundo afora; confira uma série de conteúdos inéditos da PayPal sobre experiência de compra e CX

O que faz uma experiência de compra ser atraente? Essa foi das inúmeras perguntas que encabeçaram o Relatório Comércio sem Fronteiras do PayPal de 2022, sobre comportamento e consumo em diversos países. O trabalho deu origem a um material extenso e abrangente sobre experiência de compra, o qual iremos aos poucos apresentá-lo por aqui.

Mudanças cotidianas afetam a experiência de compra

23% dos consumidores on-line passaram a trabalhar de forma inteiramente remota ou adotaram um modelo híbrido.

As mudanças na forma como os consumidores vivem e trabalham afetam a forma como eles compram. Nos últimos anos, as vidas dos clientes ficaram mais flexíveis do que nunca: 23% dos consumidores on-line passaram a trabalhar de forma inteiramente remota ou adotaram um modelo híbrido.

Essa maior flexibilidade na forma de viver levou os consumidores esperar mais flexibilidade na forma de comprar, segundo o estudo da PayPal. Por exemplo: os consumidores apreciam políticas de devoluções claras que permitem que eles comprem primeiro e decidam depois; 28% dos entrevistados declararam que isso aumentaria sua confiança nas compras internacionais como um todo.

Interesse por uma experiência de compra internacional

42% dos clientes on-line pesquisados declararam se sentir mais confortáveis com as compras internacionais agora do que em 2020.

Os consumidores estão ficando cada vez mais interessados nos mercados internacionais. De acordo com o estudo, oferecer experiências de compra inovadoras e aceitar uma série de opções de pagamentos é uma ótima forma de chamar a atenção do consumidor hoje.

Cada vez mais confortáveis em comprar no exterior Impressionantes 42% dos clientes on-line pesquisados declararam se sentir mais confortáveis com as compras internacionais agora do que em 2020.

Então, o que está por trás de uma mudança tão significativa? Além do impacto geral da pandemia, que causou a migração para compras on-line, os consumidores internacionais apontam ferramentas de proteção contra as fraudes, a possibilidade de pagar em moeda local e uma ampla variedade de métodos de pagamento como elementos que os tranquilizam na hora de comprar no exterior.

Como os consumidores estão superando sua hesitação inicial de comprar no exterior, as empresas agora também precisam atender às demandas dessas pessoas. Seja aumentando a velocidade de carregamento, traduzindo os conteúdos ou oferecendo experiências de compras intuitivas, é hora de aumentar a confiança dos consumidores ao superar as expectativas.

Conheça o Mundo do CX

O preço em primeiro lugar

61% dos entrevistados disseram que aguardariam maiores tempos de entrega caso o preço fosse mais atrativo. 

A segurança, praticidade e experiência geral do consumidor sempre serão um ponto importante, mas o preço ainda é a principal métrica para clientes internacionais. Como se o aumento dos preços das contas mensais, do combustível e dos mantimentos não fosse suficiente, os consumidores agora se preocupam com a inflação como um todo.

Segundo o estudo, o preço agora é um fator mais importante do que a gratificação instantânea; 61% das pessoas entrevistadas disseram que aguardariam maiores tempos de entrega caso o preço fosse mais atrativo.

Valores de marca são importantes

Mais da metade dos compradores on-line estão dispostos a pagar mais por marcas que considerem socialmente responsáveis.

Uma coisa é certa: os vendedores não devem esperar para atrair clientes com ofertas. Os valores da sua marca são mais importantes do que você pode imaginar, especialmente em mercados que não estão tão preocupados com preço.

De acordo com o estudo, mais da metade dos compradores on-line estão dispostos a pagar mais por marcas que considerem socialmente responsáveis. Essa mentalidade é muito forte no México, onde a maioria dos consumidores afirma que nem consideraria fazer uma compra sem antes avaliar os valores da empresa.

Devido às turbulências nos últimos dois anos, mais empresas passaram adotar a ideia de ser transparente em relação a seus valores, já que esta é uma forma cada vez mais eficaz de se diferenciar da concorrência.

Priorize as novidades

46% dos consumidores on-line globais afirmam estar mais propensos a comprar de uma empresa que ofereça experiências inovadoras 

As tendências não impactam apenas o que os consumidores compram, segundo o estudo da PayPal, elas também afetam como eles compram. À medida que o comércio eletrônico fica mais arraigado em nossas vidas diárias, os vendedores estão adotando novas experiências de compra, como vendas por livestream, comércio por voz ou compras por realidade aumentada ou virtual para se destacar — e os consumidores estão prestando atenção.

Atraídos por essas novas interações, o estudo revela que 46% dos consumidores on-line globais afirmam estar mais propensos a comprar de uma empresa que ofereça experiências virtuais ou digitais inovadoras. E, como se isso não fosse suficiente, 72% dos consumidores na China ficam mais propensos a comprar quando o vendedor oferece experiências digitais ou virtuais.

Enfim, esses são apenas alguns recortes do estudo Relatório Comércio sem Fronteiras do PayPal de 2022 que iremos abordar em “pílulas” de conteúdo aqui no Portal CM. Acompanhe pela hashtag #CMPayPalCX.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 


+Notícias

Como o TikTok pode impulsionar pequenos e médios negócios? 

Como colocar o cliente no centro e ir além 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]