Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como a DASA está transformando a experiência do cliente na área da saúde

Como a DASA está transformando a experiência do cliente na área da saúde

Cláudia Cohn, CEO de uma das marcas da DASA, vem liderando iniciativas visando aprimorar serviços diagnósticos com inteligência artificial e análise de dados

A saúde é uma das áreas mais centrais para o ser humano, e a busca do paciente por uma experiência cada vez mais positiva tem levado instituições de saúde a repensarem na maneira como proporcionam um bom atendimento. Mais do que simplesmente garantir a capacitação técnica da equipe, o sucesso na área da saúde agora demanda a integração de novas tecnologias, aliadas a um atendimento personalizado e colaboradores altamente treinados para lidar com diferentes perfis.

Isso porque, com a pandemia, os hospitais, clínicas e laboratórios tiveram que acelerar a digitalização junto com uma gama de inovações que têm transformado a maneira como os serviços de saúde são oferecidos. E é em meio a esse cenário que instituições como a DASA, uma das maiores redes de saúde integrada do país, têm se destacado ao unir tecnologia de ponta com as melhores práticas em Customer Experience (CX).

A Consumidor Moderno teve a oportunidade exclusiva de visitar a unidade Alta, uma das 40 marcas do grupo, localizada na prestigiada região de Alphaville, São Paulo. Durante a visita, conhecemos de perto as práticas em CX e exploramos as últimas tendências tecnológicas emergentes no setor de saúde. Durante a visita, fica clara a filosofia do grupo: “Cuidado que acolhe”. A humanização da jornada do cliente em cada ponto de contato está apoiada nesse pilar; o que acaba refletindo desde o ambiente com iluminação aconchegante, música suave, uma experiência gastronômica no desjejum com diferentes tipos de pão, bebidas e sobremesas até as tecnologias que integram outras áreas e facilitam a comunicação com a equipe.

Um dos exemplos dessa integração entre áreas é o investimento que a companhia fez em um sistema sofisticado de transporte de amostras para análise de sangue. Utilizando um sistema de correio pneumático de última geração, o espaço otimiza a coleta de exames, garantindo agilidade e preservando a integridade das amostras.

Esse sistema consiste em um elevador especial, diferente dos tradicionais. Em vez de subir e descer, este elevador suga cápsulas contendo amostras e as transporta para seus destinos específicos dentro do centro médico. Dessa forma, elimina a necessidade dos colaboradores de se deslocarem manualmente com tubos de sangue, fezes e urinas, o que acaba proporcionando um ganho em termos de eficiência.

Ressonância Magnética não precisa ser traumática

Outro investimento em soluções tecnológicas que transforma a vivência do paciente durante os exames, oferecendo uma experiência ainda mais personalizada e, ao mesmo tempo, mais reconfortante, está na máquina de última geração, a ressonância magnética. Afinal, entrar para fazer um exame de ressonância magnética pode ser uma situação intimidadora para muitas pessoas, especialmente para aquelas que têm fobias ou sentem ansiedade em ambientes médicos. Essa máquina é diferente de tudo que já foi visto antes.  

Antes mesmo de entrar na sala de exame, os pacientes têm a oportunidade de escolher a ambientação que desejam durante o procedimento. O objetivo é proporcionar um ambiente mais acolhedor e relaxante, reduzindo a tensão associada ao exame de ressonância magnética. A ambientação inclui elementos como iluminação mais suave e a opção de utilizar por meio do uso de óculos de projeção, conhecidos como Cinema Vision onde os pacientes têm a oportunidade de escolher entre vários canais, programas de televisão ou até mesmo assistir a um documentário enquanto realizam o exame.

Máquina ressonância magnética. Foto: Divulgação/Assessoria.

Para muitos pacientes, a música pode ser uma aliada importante na redução da ansiedade. Portanto, a companhia oferece uma variedade de opções musicais, permitindo que os pacientes escolham a trilha sonora que mais os acalma.

Uma das inovações é o uso de óculos de projeção, conhecidos como Cinema Vision. Os pacientes têm a oportunidade de escolher entre vários canais, programas de televisão ou até mesmo assistir a um documentário enquanto realizam o exame.

Gestão e eficiência corporativa

Para acompanhar todas as evoluções na área da saúde é preciso ter líderes visionário na condução de inovações que moldam o futuro do setor. Uma dessas líderes é Cláudia Cohn, CEO da Alta e diretora executiva na DASA, cujo olhar está focado na jornada de transformação da saúde no Brasil.

Cláudia Cohn não é apenas uma executiva de destaque, mas também uma líder reconhecida em sua categoria. Com uma vasta experiência na gestão de operações diagnósticas de laboratórios, ela supervisiona mais de 150 hospitais em todo o território nacional. Seu compromisso e sua visão estratégica a destacaram, sendo eleita três vezes como uma das figuras mais admiradas na liderança da saúde no Brasil.

A executiva lidera o Alta Diagnósticos e a DASA em iniciativas que visam melhorar a qualidade dos serviços diagnósticos e a experiência do paciente. A implementação de tecnologias de ponta, como inteligência artificial e análise de dados, tem sido uma prioridade para a CEO, que busca otimizar processos e fornecer diagnósticos mais rápidos e precisos.

Cláudia Cohn. Foto: assessoria de imprensa

 “A Ressonância Magnética é um exemplo dos equipamentos que temos onde a tecnologia traz, além de segurança, mais tranquilidade para o paciente. Você pensa na saúde do paciente, na melhoria do sistema e na Segurança do Paciente; observe que tudo isso, no final das contas, é crucial. A percepção da experiência, é um ganha-ganha-ganha para todos. Pode-se pensar que, se cobrasse pela sedação e realizasse o procedimento, ganharia mais um laboratório. No entanto, não é assim que pensamos; não se trata apenas de ganhar mais, mas sim de proporcionar um atendimento melhor, o que, por sua vez, atrairá mais pacientes. Dessa forma, é possível estabelecer sustentabilidade, viabilidade e longevidade para uma empresa ou marca, tudo baseado em uma boa percepção. Pensamos muito mais nisso, e essa abordagem resulta em excelentes resultados.

IA + CX

A DASA passa por uma grande transformação digital desde 2015, com muito investimento em tecnologia. Na época, a direção da companhia entendeu também que precisava fazer mais do que prestar um serviço de saúde, mas levar a inovação para transformar a forma como as pessoas se relacionam com o cuidado, tornando a jornada mais fluida, preditiva, preventiva e personalizada. Cuidando da saúde, e não apenas tratando a doença.  E, dentro dos pilares de tecnologia da DASA, a IA é parte fundamental desse processo, criando produtos, proporcionando mais eficiência e gerando mais conforto, além de melhor desfecho clínico.

Cláudia destaca o data lake, uma infraestrutura de armazenamento flexível e escalável, projetada para coletar, armazenar e processar grandes volumes de dados: “Para que a área de IA opere na DASA, temos o maior data lake de saúde privado da América Latina, com 7,7 bilhões de dados, 70% interoperáveis. O nosso data lake é  estruturado e permite que quanto mais dados temos e capturamos, mais conseguimos predizer de acordo com sexo, idade, gênero e com isso podemos fazer a suplementação adequada ”, explica.

Além disso, a jornada de cuidado promovida pela DASA conta com o apoio do Nav, assistente digital que acompanha a navegação, empodera e facilita a vida das pessoas ao integrar médicos, pacientes, produtos e serviços em uma só lugar. Reúne de consultas a históricos de exames no mesmo ambiente digital.​​ 

Com o Nav, a DASA consegue atingir o pleno potencial de sua proposta de valor como rede de saúde integrada e completa, estendendo seu relacionamento com médicos e pacientes para além de suas unidades físicas.​​ 

Repensando a saúde

Na visão da executiva, a saúde pode ser repensada, indo além do tratamento convencional: “Geralmente, quando abordamos o tema da saúde, seja em governança ou em qualquer contexto, a ênfase costuma ser nos cuidados a partir dos sintomas. No entanto, eu argumentaria que a verdadeira visão de saúde, sonhada pela DASA, é tornar a saúde que as pessoas aspiram, indo muito além do simples cuidado sintomático e diagnóstico”.

A utilização de dados nesse contexto se apresenta como uma ferramenta valiosa. Ao coletar e analisar informações relevantes sobre o histórico de saúde do paciente, condições pré-existentes e fatores de risco, os profissionais de saúde podem antecipar potenciais desafios que o paciente possa enfrentar após a alta.

“Conseguimos, por meio de dados, estimar a probabilidade de um determinado número de diabéticos desenvolverem doenças crônicas ou como doença renal crônica. Podemos também prever quantas pessoas com níveis elevados de glicemia se tornarão diabéticas nos próximos anos. Sabemos tudo isso através de dados.  Toda essa análise é viabilizada pela adequada estratificação e organização de dados”.

Na DASA, a ponte entre o mundo físico e o digital é humanizada para fornecer experiência interativa, phygital ao paciente que busca não ser fragmentada e episódica, mas com foco na jornada integrada. “Cada cliente para nós é um presente, desde a sugestão que um cliente pode trazer até a recomendação para outro cliente. Isso é muito importante, pois, mesmo que tenhamos uma marca consolidada, quando os clientes recomendam, eu diria que essa é a grande fórmula para a longevidade, sustentabilidade e sucesso de marcas admiradas”, finaliza.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]