Pesquisar
Close this search box.
/
/
Crise: soluções possíveis para o inesperado

Crise: soluções possíveis para o inesperado

Com a instabilidade do momento, como você se prepara para o atual cenário econômico que vive o país?

As notícias econômicas andam bastante desanimadoras e, mesmo para os mais otimistas ? como é o meu caso ? reestruturar soluções requer doses extras de pensamento positivo. Quando é que as coisas passarão a melhorar?

Rebaixamento do grau de investimento, salários atrasados, demissões ou férias coletivas, renda em queda e inflação em alta são alguns de nossos pesadelos cotidianos, que decerto tiram o sono de muitos. Alguns preferem reclamar, mas outros procuram estratégias para contornar o problema. Então qual a minha sugestão, meu querido leitor?

Indico uma ferramenta importante: o fundo de emergência. A ideia básica desta ferramenta é separar parte da renda atual ? mesmo que seja preciso sacrificar o consumo ? para que, na hipótese de um futuro menos promissor, não seja preciso cortar itens essenciais, como a escola dos filhos ou o plano de saúde, por exemplo.
Explicando melhor:

Quanto devo guardar? Sugiro que você tenha acumulado pelo menos o equivalente a seis meses de suas despesas, considerando todos os gastos para manter o padrão de vida atual, não se esquecendo de considerar gastos sazonais, como o IPVA ou o IPTU. Note que o objetivo aqui é ter recursos à mão para que, no caso de uma emergência (acidente, perda do emprego etc.), você tenha de onde sacar para pagar as contas;

Considero saldos existentes em outras aplicações? Claro, desde que estes possam ser facilmente transformados em dinheiro. Assim, se você já tem recursos guardados na poupança ou outro tipo de fundo, a soma destes saldos reduzirá a necessidade de novos aportes. Mas atenção: evite incluir investimentos que dependam de um mercado para venda ? caso de imóveis, ações, entre outros ? pois nada garante que as condições do mercado estarão favoráveis no momento que você precisar dos recursos;

O acesso aos recursos deve ser fácil? Sim, mas não tão fácil que acabe embolado com suas contas do dia a dia. Uma sugestão que funciona razoavelmente bem é ter outra conta bancária (ou conta poupança), que será utilizada exclusivamente para este fim. De preferência, esqueça que tal conta existe, lembrando-se dela apenas para o caso da emergência surgir. Ah sim, trocar de carro ou contratar uma viagem não são exemplos de emergência, combinado?;

Devo me preocupar com a rentabilidade? Não, pois a tônica aqui é ter um seguro. Dê preferência à rapidez com que você irá transformar seu fundo de emergência em dinheiro. O custo não sairá tão alto assim e você garante que o dinheiro poupado estará disponível quando precisar dele.

Concluindo, na atual conjuntura, vejo três grupos bem definidos:

*Os que não vivem nenhuma situação de emergência, estando empregados. Para estes, a indicação é formar o fundo de emergência o mais rápido possível;

*Os que já vivem emergências, mas formaram seus próprios fundos há tempos. Para estes, a indicação é resgatar os recursos conforme as necessidades surjam e, quando a situação melhorar, recompô-los gradativamente;

*Os que já vivem emergências, mas não contam com um fundo deste tipo. Neste caso, a urgência é máxima. Uma sugestão é procurar livrar-se de bens que possam sair de seus patrimônios, para formar rapidamente suas reservas financeiras. Lembre-se que a tempestade vai passar e você terá novas oportunidades de reaver aquilo que optou por vender.

***

Roberto Zentgraf é consultor em Finanças Pessoais e colunista do portal ?Você Faz Acontecer? – site de educação e organização financeira do grupo Losango.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]