Pesquisar
Close this search box.
/
/
“Mudança de hábitos de consumo é um movimento cíclico e necessário”, diz VP de marketing da Coty Brasil

“Mudança de hábitos de consumo é um movimento cíclico e necessário”, diz VP de marketing da Coty Brasil

Explorando o dinamismo do mercado brasileiro de cosméticos, a Coty se destaca com estratégias que combinam entendimento do consumidor à uma firme aposta em sustentabilidade e produtos adaptados à era digital

O brasileiro é um público que tem forte relação com o universo da beleza, muito vaidoso e conectado ao autocuidado e rituais de bem-estar. A Coty é um dos principais players globais na indústria da beleza.

E o Brasil, um dos maiores mercados de beleza do mundo, que ocupa a quarta posição no ranking global, reflete sua relevância e a significativa contribuição que representa para o crescimento da Coty, dona de marcas como Risqué, Bozzano, Monange e Paixão, que está presente em 7 de cada 10 lares brasileiros.

Essa solidez das marcas, explica Regiane Bueno, vice-presidente de marketing Brasil & Latam na Coty, também se fundamenta no profundo conhecimento das necessidades e dos desejos dos consumidores brasileiros, “que nos baliza para lançamento de inovações e produtos cada vez mais assertivos, e também pelas campanhas e interações que temos pelas redes sociais de nossas marcas”.

E as mudanças de hábitos de consumo, intensificada na pandemia, avalia Regiane, são um movimento cíclico e necessário. “É consequência de influências como moda/ comportamento, culturas, economia, cenário global e nacional, entre tantos outros fatores. E estamos sempre atentos a esses movimentos para trazer e propor produtos em linha com o que é esperado e desejado por nossos consumidores”.

E os dados mostram esse movimento. Uma em cada quatro mulheres brasileiras declararam gastar mais com produtos de beleza nos últimos 12 meses. Dados da Mintel, de 2021, mostram que 27% dos consumidores brasileiros, entre homens e mulheres, de 16 a 34 anos passaram a considerar produtos de beleza como um gasto prioritário. A Coty também tem percebido o aumento do autocuidado dos homens, o que se mostra pelas crescentes tendências do universo de barbearia.

Um dos diferenciais que a Coty percebe como essencial para a construção de marca e de produtos é a plataforma estratégica global de ESG, chamada Beauty That Lasts (Beleza que dura), que traz três pilares, entre os quais Regiane destaca Beauty of our Products (Beleza de Nossos Produtos) e Beauty of our Planet (Beleza de Nosso Planeta).

“São eixos que nos norteiam por vários aspectos, como ingredientes e matérias-primas de nossas fórmulas, de nossas embalagens, o uso de recursos naturais. Com isso em mente, atuamos de forma muito integrada com nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento para garantir que nossos lançamentos não só estão alinhados aos desejos dos consumidores, conectados às tendências de mercado, sempre com tudo em linha com os pilares de ESG e sustentabilidade da empresa”.

Essas tendências e desejos são captadas em pesquisas e em trocas nas redes sociais, das marcas da Coty. Mas, para além disso, garantir uma comunicação assertiva e nos canais corretos é considerado “fundamental para mantermos total conexão e presença na vida dos brasileiros”. As iniciativas de comunicação e de marketing têm um papel determinante para colocar a Coty onde os consumidores estão, com campanhas no online e offline.

Mas a Coty possui um centro de P&D LatAm, sediado no Brasil, onde são realizados estudos diretamente com consumidores. “Com isso, conseguimos ser ágeis e assertivos no entendimento das necessidades, impressões do consumidor, e tendências. A companhia conversa anualmente com cerca de 20 mil consumidores, “algo que nos ajuda significantemente ao colocar um produto no mercado”, valoriza.


Confira a entrevista exclusiva que Regiane Bueno, vice-presidente de Marketing e Consumo da Coty Brasil & Latam, deu à Consumidor Moderno, sobre o relacionamento da empresa com os clientes brasileiros.

Consumidor Moderno – A Coty é uma das maiores empresas de beleza do mundo e tem um portifólio de marcas, como Risqué, Monange, Bozzano, Paixão e Cenoura & Bronze, muito tradicionais e populares no Brasil. Como percebe o cenário brasileiro para o grupo?

Regiane Bueno – O mercado de beleza local é muito dinâmico, reunindo consumidores não só muito atentos a tendências, mas que também têm se tornado cada vez mais exigentes. Na agenda do negócio, por meio também de nossas marcas, focamos em fortalecer ainda mais nosso posicionamento como um dos principais players do segmento, intensificando nosso propósito de democratizar a beleza no Brasil, tornando-a cada vez mais acessível à população, considerando nosso vasto portifólio de marcas de qualidade e excelente relação custo-benefício.

De fato, o Brasil é um mercado muito relevante para o negócio da Coty e continuamos muito otimistas quanto ao potencial do país, visto que nosso negócio local está bem estruturado, com portfólio que repercute positivamente junto aos consumidores brasileiros.

Entender as tendências do mercado e atender às necessidades de consumo com produtos novos, melhores e diferentes têm sido iniciativas decisivas na formação de uma forte conexão com os consumidores.

Consumidor Moderno – Como fortalecer as marcas do guarda-chuva da Coty que são já são consolidadas no mercado brasileiro?

Regiane Bueno – Uma das nossas fortalezas no cenário nacional é a nossa relação estabelecida junto aos consumidores. Afinal, são marcas que estão há muito tempo no mercado e que navegam em todas as classes sociais. Essa solidez de nossas marcas é também fundamentada em nosso profundo conhecimento das necessidades e desejos dos consumidores brasileiros, que nos baliza para lançamento de inovações e produtos cada vez mais assertivos, e pelas campanhas e interações que temos pelas redes sociais de nossas marcas.

Continuamente trabalhamos para acompanhar novos hábitos de consumo, comportamentos e tendências de mercado, algo fundamental que nos permite manter nossa relevância na rotina dos consumidores, com nossas marcas sendo cada vez mais reconhecidas e presentes nos lares do país.

Consumidor Moderno – Como trabalhar a identidade das marcas com seu público-alvo? E como o definiria – tanto demograficamente quanto em perfil e hábitos de consumo?

Regiane Bueno – Com o profundo conhecimento nos consumidores brasileiros, trabalhamos nossas marcas focando em diferentes perfis de públicos, com produtos que sejam voltados às suas necessidades e desejos, bem como tendências de mercado. Grande parte de nossas marcas são super tradicionais, muito admiradas e estão no mercado há décadas, garantindo presença nos lares e corações brasileiros.

Muito calcadas também na diversidade, nossas marcas atingem diversos perfis de públicos, tanto falando de gênero, quanto idade, et cetera, cada uma de nossas marcas possuem propostas diferentes e isso é um fator significativo quando falamos de atingir os mais diversos públicos pelo Brasil todo. E é por meio desse vasto portfólio que conseguimos garantir a presença em aproximadamente 70% dos lares brasileiros.

Consumidor Moderno – Falando nisso, percebe alterações nos hábitos de consumo dos brasileiros e brasileiras em relação à beleza?

Regiane Bueno – Mudança de hábitos de consumo é um movimento cíclico e necessário. É consequência de influências como moda/ comportamento, culturas, economia, cenário global e nacional, entre tantos outros fatores. E estamos sempre atentos a esses movimentos para trazer e propor produtos em linha com o que é esperado e desejado por nossos consumidores.

O brasileiro já é um público que tem forte relação com o universo da beleza, muito vaidoso e conectado ao autocuidado e a rituais de bem-estar – algo que também foi intensificado em função da pandemia.

Se pensarmos em fragrâncias, o Brasil é o mercado #1 na categoria lifestyle e #2 no geral. Quando pensamos em pintar as unhas, é um hábito que os brasileiros têm de fazer semanalmente, por exemplo.

Consumidor Moderno – Há inovações em vista? Há algum plano para os próximos 18 meses?

Regiane Bueno – Estamos sempre atentos a oportunidades e visando trazer constantes inovações. No entanto, como empresa listada na Bolsa de Valores de Nova York e de Paris, não comentamos sobre futuros investimentos ou estratégia de negócios. Mas podemos dizer que o Brasil representa um mercado muito expressivo para a Coty – uma das economias emergentes mais importantes do mundo, gigante no mercado de beleza. E por todo o potencial, seguimos otimistas quanto a oportunidades, totalmente comprometidos com o crescimento e o sucesso de nossos negócios no país.

Consumidor Moderno – Qual a mentalidade de P&D da empresa, e como ela traça estratégias para o desenvolvimento e lançamento de novos produtos?

Regiane Bueno – Na Coty, costumamos falar que sustentabilidade está no coração de nossas inovações, é motor de nossas inovações. E tudo o que pensamos para estar nas prateleiras passa por critérios da sustentabilidade.

Temos uma plataforma estratégica global de ESG, chamada Beauty That Lasts (Beleza que dura), que traz 3 pilares, e aqui destaco Beauty of our Products (Beleza de Nossos Produtos) e Beauty of our Planet (Beleza de Nosso Planeta).  São eixos que nos norteiam por vários aspectos, como ingredientes e matérias-primas de nossas fórmulas, de nossas embalagens, o uso de recursos naturais.

Com isso em mente, atuamos de forma muito integrada com nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento para garantir que nossos lançamentos não só estão alinhados aos desejos dos consumidores, conectados às tendências de mercado, sempre com tudo em linha com os pilares de ESG e sustentabilidade da empresa.

Consumidor Moderno – Quais são as principais necessidades, dentro do âmbito da inovação e digitalização que a Coty está buscando?

Regiane Bueno – A indústria de beleza é pautada por inovações constantes – faz parte de nosso negócio o recorrente lançamento de novos produtos ou mesmo atualizações de produtos que já são sucesso no mercado há tempos, incluindo melhorias em fórmulas, novidades em embalagens etc. O consumidor de produtos de beleza e cuidados pessoais é ávido por novidades e isso faz parte de nosso DNA. Trabalhamos para democratizar a beleza no país, oferecendo sempre novas tecnologias e soluções atuais, alinhadas com tendências e com o que os brasileiros desejam.

Nesse olhar de inovação, nos últimos anos também passamos a considerar cada vez mais a digitalização, seja na forma de nos comunicarmos com nossos consumidores, de nos relacionarmos digitalmente ou mesmo na relação comercial com o mercado, ampliando e evoluindo nas opções de comércio eletrônico, seja no B2B quanto no B2C. Destaco que temos na inteiração digital com nossos consumidores algo muito relevante.

Nossa marca Risqué, por exemplo, se destaca muito nesse sentido: temos o perfil de marca de esmaltes com o maior número de seguidores no Facebook no mundo (7 milhões), também um número gigantesco no Instagram (quase 3 milhões), ambientes nos quais interagimos fortemente com nossos consumidores. Um valioso caminho de troca proporcionado pelas transformações digitais nos últimos anos, que gera insights de grande valor, trazidos pelos consumidores, e aplicados recorrentemente em nossos processos de inovação.

Consumidor Moderno – Como funciona a comunicação e o relacionamento com os clientes na Coty?

Regiane Bueno – Trabalhamos com muito foco para que nossas marcas estejam cada vez mais próximas de nossos consumidores. Assim, garantir uma comunicação assertiva e nos canais corretos é algo fundamental para mantermos total conexão e presença na vida dos brasileiros. Nesse sentido, nossas iniciativas de comunicação e marketing têm um papel determinante e buscamos estar onde nossos consumidores estão, isto é, com campanhas no online e offline.

Por exemplo, nossa recém-lançada campanha de Monange foi estreada no intervalo do Fantástico, da TV Globo, e teve desdobramento com iniciativas em canais digitais, com parceria com influenciadoras. Além disso, também contaremos com ações Out-Of-Home e em rádio.

Já para o lançamento do posicionamento de Bozzano, apostamos em um formato estilo Tik Tok e Reels, com referências de transições mais dinâmicas para maior conexão com o público. E também buscamos nos aproximar dos consumidores por meio de parcerias com influenciadores e celebridades.

O relacionamento com nossos consumidores acontece muito constantemente nos canais digitais, por meio dos perfis de nossas marcas. Por lá, conseguimos estabelecer uma interação próxima, algo que nos permite entender as percepções e sentimentos sobre os produtos e nossas marcas, como comentei anteriormente.

Consumidor Moderno – Quais são as principais ferramentas para medir e a avaliar a satisfação do consumidor com a marca?

Regiane Bueno – Por meio das redes sociais conseguimos aferir muitas percepções de nossos consumidores, que diariamente compartilham suas percepções sobre as marcas e produtos com suas curtidas e comentários.

Além disso, contamos também com ferramentas de monitoramento, pesquisas e um canal de comunicação via SAC, que também nos ajuda a entender a satisfação.

Vale também destacar que a Coty também possui um centro de P&D LatAm, sediado aqui no Brasil, onde são realizados estudos diretamente com consumidores. Com isso, conseguimos ser ágeis e assertivos no entendimento das necessidades, impressões do consumidor, tendências etc. Anualmente conversamos com cerca de 20 mil consumidores, algo que nos ajuda significantemente ao colocar um produto no mercado.

O brasileiro é um público que tem forte relação com o universo da beleza, muito vaidoso e conectado ao autocuidado e rituais de bem-estar. A Coty é um dos principais players globais na indústria da beleza.

E o Brasil, um dos maiores mercados de beleza do mundo, que ocupa a quarta posição no ranking global, reflete sua relevância e a significativa contribuição que representa para o crescimento da Coty, dona de marcas como Risqué, Bozzano, Monange e Paixão, que está presente em 7 de cada 10 lares brasileiros.

Essa solidez das marcas, explica Regiane Bueno, vice-presidente de Marketing e Consumo da Coty Brasil & Latam, também se fundamenta no profundo conhecimento das necessidades e dos desejos dos consumidores brasileiros, “que nos baliza para lançamento de inovações e produtos cada vez mais assertivos, e também pelas campanhas e interações que temos pelas redes sociais de nossas marcas”, indica.

Há oito anos na Coty, Regiane assumiu a vice-presidência para Brasil e América Latina em agosto, após bem-sucedidos relançamentos de marcas tradicionais, que juntas representam um faturamento de R$ 1,4 bilhão. O olhar atento para as necessidades e desejos dos consumidores são base do trabalho que reforçou as marcas e pavimentou o caminho para o continente.

E as mudanças de hábitos de consumo, intensificadas na pandemia, avalia Regiane, são um movimento cíclico e necessário. “É consequência de influências como moda/ comportamento, culturas, economia, cenário global e nacional, entre tantos outros fatores. E estamos sempre atentos a esses movimentos para trazer e propor produtos em linha com o que é esperado e desejado por nossos consumidores”.

Uma em cada quatro mulheres brasileiras declararam gastar mais com produtos de beleza nos últimos 12 meses. Dados da Mintel, de 2021, mostram que 27% dos consumidores brasileiros, entre homens e mulheres, de 16 a 34 anos passaram a considerar produtos de beleza como um gasto prioritário. A Coty também tem percebido o aumento do autocuidado dos homens, o que se mostra pelas crescentes tendências do universo de barbearia.

Um dos diferenciais que a Coty percebe como essencial para a construção de marca e de produtos é a plataforma estratégica global de ESG, chamada Beauty That Lasts (Beleza que dura), que traz três pilares, entre os quais Regiane destaca Beauty of our Products (Beleza de Nossos Produtos) e Beauty of our Planet (Beleza de Nosso Planeta).

“São eixos que nos norteiam por vários aspectos, como ingredientes e matérias-primas de nossas fórmulas, de nossas embalagens, o uso de recursos naturais. Com isso em mente, atuamos de forma muito integrada com nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento para garantir que nossos lançamentos não só estão alinhados aos desejos dos consumidores, conectados às tendências de mercado, sempre com tudo em linha com os pilares de ESG e sustentabilidade da empresa”.

Essas tendências e desejos são captadas em pesquisas e em trocas nas redes sociais, das marcas da Coty. Mas, para além disso, garantir uma comunicação assertiva e nos canais corretos é considerado “fundamental para mantermos total conexão e presença na vida dos brasileiros”. As iniciativas de comunicação e de marketing têm um papel determinante para colocar a Coty onde os consumidores estão, com campanhas no online e offline.

Mas a Coty possui um centro de P&D LatAm, sediado no Brasil, onde são realizados estudos diretamente com consumidores. “Com isso, conseguimos ser ágeis e assertivos no entendimento das necessidades, impressões do consumidor, e tendências. A companhia conversa anualmente com cerca de 20 mil consumidores, “algo que nos ajuda significantemente ao colocar um produto no mercado”, valoriza.


Confira a entrevista exclusiva com Regiane Bueno, vice-presidente de Marketing e Consumo da Coty Brasil & Latam

Consumidor Moderno – A Coty é uma das maiores empresas de beleza do mundo e tem um portifólio de marcas, como Risqué, Monange, Bozzano, Paixão e Cenoura & Bronze, muito tradicionais e populares no Brasil. Como percebe o cenário brasileiro para o grupo?

Regiane Bueno – O mercado de beleza local é muito dinâmico, reunindo consumidores não só muito atentos a tendências, mas que também têm se tornado cada vez mais exigentes. Na agenda do negócio, por meio também de nossas marcas, focamos em fortalecer ainda mais nosso posicionamento como um dos principais players do segmento, intensificando nosso propósito de democratizar a beleza no Brasil, tornando-a cada vez mais acessível à população, considerando nosso vasto portifólio de marcas de qualidade e excelente relação custo-benefício.

De fato, o Brasil é um mercado muito relevante para o negócio da Coty e continuamos muito otimistas quanto ao potencial do país, visto que nosso negócio local está bem estruturado, com portfólio que repercute positivamente junto aos consumidores brasileiros.

Entender as tendências do mercado e atender às necessidades de consumo com produtos novos, melhores e diferentes têm sido iniciativas decisivas na formação de uma forte conexão com os consumidores.

Consumidor Moderno – Como fortalecer as marcas do guarda-chuva da Coty que são já são consolidadas no mercado brasileiro?

Regiane Bueno – Uma das nossas fortalezas no cenário nacional é a nossa relação estabelecida junto aos consumidores. Afinal, são marcas que estão há muito tempo no mercado e que navegam em todas as classes sociais. Essa solidez de nossas marcas é também fundamentada em nosso profundo conhecimento das necessidades e desejos dos consumidores brasileiros, que nos baliza para lançamento de inovações e produtos cada vez mais assertivos, e pelas campanhas e interações que temos pelas redes sociais de nossas marcas.

Continuamente trabalhamos para acompanhar novos hábitos de consumo, comportamentos e tendências de mercado, algo fundamental que nos permite manter nossa relevância na rotina dos consumidores, com nossas marcas sendo cada vez mais reconhecidas e presentes nos lares do país.

Consumidor Moderno – Como trabalhar a identidade das marcas com seu público-alvo? E como o definiria – tanto demograficamente quanto em perfil e hábitos de consumo?

Regiane Bueno – Com o profundo conhecimento nos consumidores brasileiros, trabalhamos nossas marcas focando em diferentes perfis de públicos, com produtos que sejam voltados às suas necessidades e desejos, bem como tendências de mercado. Grande parte de nossas marcas são super tradicionais, muito admiradas e estão no mercado há décadas, garantindo presença nos lares e corações brasileiros.

Muito calcadas também na diversidade, nossas marcas atingem diversos perfis de públicos, tanto falando de gênero, quanto idade, et cetera.

Cada uma de nossas marcas possuem propostas diferentes e isso é um fator significativo quando falamos de atingir os mais diversos públicos pelo Brasil todo. E é por meio desse vasto portfólio que conseguimos garantir a presença em aproximadamente 70% dos lares brasileiros.

Consumidor Moderno – Falando nisso, percebe alterações nos hábitos de consumo dos brasileiros e brasileiras em relação à beleza?

Regiane Bueno – Mudança de hábitos de consumo é um movimento cíclico e necessário. É consequência de influências como moda/ comportamento, culturas, economia, cenário global e nacional, entre tantos outros fatores. E estamos sempre atentos a esses movimentos para trazer e propor produtos em linha com o que é esperado e desejado por nossos consumidores.

O brasileiro já é um público que tem forte relação com o universo da beleza, muito vaidoso e conectado ao autocuidado e rituais de bem-estar – algo que também foi intensificado em função da pandemia.

Se pensarmos em fragrâncias, o Brasil é o mercado #1 na categoria lifestyle e #2 no geral. Quando pensamos em pintar as unhas, é um hábito que os brasileiros têm de fazer semanalmente, por exemplo.

Consumidor Moderno – Há inovações em vista? Há algum plano para os próximos 18 meses?

Regiane Bueno – Estamos sempre atentos a oportunidades e visando trazer constantes inovações. No entanto, como empresa listada na Bolsa de Valores de Nova York e de Paris, não comentamos sobre futuros investimentos ou estratégia de negócios. Mas podemos dizer que o Brasil representa um mercado muito expressivo para a Coty – uma das economias emergentes mais importantes do mundo, gigante no mercado de beleza. E por todo o potencial, seguimos otimistas quanto a oportunidades, totalmente comprometidos com o crescimento e o sucesso de nossos negócios no país.

Consumidor Moderno – Qual a mentalidade de P&D da empresa, e como ela traça estratégias para o desenvolvimento e lançamento de novos produtos?

Regiane Bueno – Na Coty, costumamos falar que sustentabilidade está no coração de nossas inovações, é motor de nossas inovações. E tudo o que pensamos para estar nas prateleiras passa por critérios da sustentabilidade.

Temos uma plataforma estratégica global de ESG, chamada Beauty That Lasts (Beleza que dura), que traz 3 pilares, e aqui destaco Beauty of our Products (Beleza de Nossos Produtos) e Beauty of our Planet (Beleza de Nosso Planeta).  São eixos que nos norteiam por vários aspectos, como ingredientes e matérias-primas de nossas fórmulas, de nossas embalagens, o uso de recursos naturais.

Com isso em mente, atuamos de forma muito integrada com nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento para garantir que nossos lançamentos não só estão alinhados aos desejos dos consumidores, conectados às tendências de mercado, sempre com tudo em linha com os pilares de ESG e sustentabilidade da empresa.

Consumidor Moderno – Quais são as principais necessidades, dentro do âmbito da inovação e digitalização que a Coty está buscando?

Regiane Bueno – A indústria de beleza é pautada por inovações constantes – faz parte de nosso negócio o recorrente lançamento de novos produtos ou mesmo atualizações de produtos que já são sucesso no mercado há tempos, incluindo melhorias em fórmulas, novidades em embalagens etc. O consumidor de produtos de beleza e cuidados pessoais é ávido por novidades e isso faz parte de nosso DNA. Trabalhamos para democratizar a beleza no país, oferecendo sempre novas tecnologias e soluções atuais, alinhadas com tendências e com o que os brasileiros desejam.

Nesse olhar de inovação, nos últimos anos também passamos a considerar cada vez mais a digitalização, seja na forma de nos comunicarmos com nossos consumidores, de nos relacionarmos digitalmente ou mesmo na relação comercial com o mercado, ampliando e evoluindo nas opções de comércio eletrônico, seja no B2B quanto no B2C. Destaco que temos na inteiração digital com nossos consumidores algo muito relevante.

Nossa marca Risqué, por exemplo, se destaca muito nesse sentido: temos o perfil de marca de esmaltes com o maior número de seguidores no Facebook no mundo (7 milhões), também um número gigantesco no Instagram (quase 3 milhões), ambientes nos quais interagimos fortemente com nossos consumidores. Um valioso caminho de troca proporcionado pelas transformações digitais nos últimos anos, que gera insights de grande valor, trazidos pelos consumidores, e aplicados recorrentemente em nossos processos de inovação.

regiane bueno coty

Consumidor Moderno – Como funciona a comunicação e o relacionamento com os clientes na Coty?

Regiane Bueno – Trabalhamos com muito foco para que nossas marcas estejam cada vez mais próximas de nossos consumidores. Assim, garantir uma comunicação assertiva e nos canais corretos é algo fundamental para mantermos total conexão e presença na vida dos brasileiros. Nesse sentido, nossas iniciativas de comunicação e marketing têm um papel determinante e buscamos estar onde nossos consumidores estão, isto é, com campanhas no online e offline.

Por exemplo, nossa recém-lançada campanha de Monange foi estreada no intervalo do Fantástico, da TV Globo, e teve desdobramento com iniciativas em canais digitais, com parceria com influenciadoras. Além disso, também contaremos com ações Out-Of-Home e em rádio.

Já para o lançamento do posicionamento de Bozzano, apostamos em um formato estilo Tik Tok e Reels, com referências de transições mais dinâmicas para maior conexão com o público. E também buscamos nos aproximar dos consumidores por meio de parcerias com influenciadores e celebridades.

O relacionamento com nossos consumidores acontece muito constantemente nos canais digitais, por meio dos perfis de nossas marcas. Por lá, conseguimos estabelecer uma interação próxima, algo que nos permite entender as percepções e sentimentos sobre os produtos e nossas marcas, como comentei anteriormente.

Consumidor Moderno – Quais são as principais ferramentas para medir e a avaliar a satisfação do consumidor com a marca?

Regiane Bueno – Por meio das redes sociais conseguimos aferir muitas percepções de nossos consumidores, que diariamente compartilham suas percepções sobre as marcas e produtos com suas curtidas e comentários.

Além disso, contamos também com ferramentas de monitoramento, pesquisas e um canal de comunicação via SAC, que também nos ajuda a entender a satisfação.

Vale também destacar que a Coty também possui um centro de P&D LatAm, sediado aqui no Brasil, onde são realizados estudos diretamente com consumidores. Com isso, conseguimos ser ágeis e assertivos no entendimento das necessidades, impressões do consumidor, tendências etc. Anualmente conversamos com cerca de 20 mil consumidores, algo que nos ajuda significantemente ao colocar um produto no mercado.

Outro importante meio de identificação que temos são as premiações que recebemos, atribuídas às marcas. Risqué, além de líder no segmento de esmaltes no Brasil, é vencedora por nove vezes consecutivas no Prêmio Top Of Mind, nas categorias Top Feminino e Esmaltes. Já Monange, neste ano, foi inserida no ranking Brand Footprint como uma das 50 marcas mais escolhidas pelos brasileiros.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]