Pesquisar
Close this search box.
/
/
A Era do Diálogo: Como fica a privacidade dos dados pessoais durante o isolamento social?

A Era do Diálogo: Como fica a privacidade dos dados pessoais durante o isolamento social?

Veja a discussão sobre a construção de uma relação de confiança, entre empresas e consumidores e a legalidade no monitoramento do Estado

Em O Consumerista, site “irmão” da Consumidor Moderno, foi publicado em abril deste ano, que a quarentena no Brasil tem sido monitorada em diversas cidades, com o argumento de enfrentamento ao novo coronavírus. E isso traz à tona a pergunta: É lícito dar ao Estado o poder de monitorar o deslocamento dos cidadãos mesmo em situações de emergência?

Hoje, os celulares permitem a geração de pegadas digitais das pessoas por meio das antenas de transmissão e também através da interação com alguns aplicativos. E Francisco Brito Cruz, diretor do Internetlab, pondera ao falar sobre ações relacionadas à saúde pública que contaram com o uso dos dados pessoais, por exemplo para identificar por onde uma pessoa passou e talvez tenha infectado outras, caso de ter contraído a Covid-19. A ação recebe o nome de contact tracing, ou rastreamento de contatos em português.

O painel mediado por ele, no segundo dia de A Era do Diálogo 2020, – um evento pioneiro do Grupo Padrão em prol do consumidor, discutiu, entre outros temas, o contexto do início da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que começaria a vigorar neste mês, mas uma nova discussão no Congresso Nacional postergou o seu início, por enquanto, para maio de 2021.

Dados pessoais e os dilemas na sociedade atual com a LGPD

dados pessoais
Foto Tobias Tullius: Unsplash

“Quando falamos que precisamos de uma Lei para proteger os dados é porque as pessoas não se sentem protegidas”, diz Sonia Rica, diretora de Atendimento da Porto Seguro. Ela também comenta que as marcas precisam passar credibilidade aos consumidores e que isso vem a partir das informações que as empresas possuem.

A executiva também aborda como as companhias precisam atuar para separar quais dados serão usados em prol do cliente e quais serão deixados de lado. Para isso, ela comenta que o diálogo franco é essencial. 

Para o professor do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), Danilo Doneda, a LGPD vai possibilitar, com maior facilidade, o tratamento de dados pessoais: “A legislação de proteção de dados, mais do que somente estabelecer regras de proteção de dados ela vai colocar o regramento, que vai fundamentar o tratamento de dados pessoais.”

O acadêmico também comenta que a geolocalização é um dos dados mais sensíveis e importantes, pois trata-se da segurança pessoal. 

“O controle que o cidadão precisa ter deste dado é muito amplo, para não dizer absoluto”, completa Doneda.

Ele afirma que, durante uma emergência sanitária, faz sentido o governo ter acesso a esse tipo de dado. Mas pondera: “Os riscos justificam que se utilize este dado?”

Relação de confiança entre empresas e consumidores

Edgar D’Andrea, sócio e líder de Cyber e Proteção de Dados da PwC Brasil, diz que com o início da digitalização as pessoas entregaram dados pessoais para usufruírem da experiência, porém o uso incorreto destas informações trouxe um ponto de atenção.

“Começamos a observar a exposição em massa de dados pessoais, o que trouxe uma preocupação geral, desde as gerações anteriores até a X, Y e Z. Hoje o consumidor parou e pensou: “O que estão fazendo com o meu dado?””, aponta D’Andrea.

O executivo comenta que esta relação de confiança, entre empresas e consumidores, está em reconstrução uma vez que novos casos de vazamento de informações aparecem na imprensa, além da grande quantidade de spams que os consumidores recebem constantemente. E isso traz a dúvida de como algumas empresas chegaram aos nossos dados pessoais sem que nunca os compartilhassem. “A experiência é extremamente importante; entretanto, não a qualquer preço do uso indiscriminado do dado pessoal”, explica o sócio e líder de Cyber e Proteção de Dados da PwC Brasil.

Quer saber o que mais foi discutido sobre os principais pontos da LGPD, mudança de cultura de confiança e a finalidade de uso do dado? Assista ao vídeo abaixo na íntegra.


Assista ao segundo dia de A Era do Diálogo:

Entenda os novos paradigmas da defesa do consumidor na era digital

Relações de consumo no Brasil é destaque em “A Era do Diálogo”

CDC trouxe muitos legados, mas excesso de judicialização é desafio

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]