Pesquisar
Close this search box.
/
/
Cobrança 4.0: como a inteligência artificial e a automação estão transformando o setor

Cobrança 4.0: como a inteligência artificial e a automação estão transformando o setor

A chave é obter poder de relacionamento, jornada fluida, approach de marketing, ofertas propositivas com tom vencedor e maximização de testes alinhados por meio da tecnologia.

Com o avanço da tecnologia, as empresas estão adotando soluções inovadoras para aprimorar suas práticas de cobrança, como a utilização da IA para analisar grandes volumes de dados, identificar padrões de comportamento e prever ações futuras dos clientes devedores.

Em paralelo, a automação está simplificando processos, reduzindo erros e aumentando a eficiência operacional no ciclo de cobrança. O painel sobre esse assunto no CONAREC 2023 explorou as mudanças revolucionárias que a inteligência artificial e a automação estão trazendo para a cobrança 4.0.

O debate foi mediado por Philipe Moura, Vice-Presidente da ABRIA (Associação Brasileira de Inteligência Artificial), e teve como participantes Alexandre Suzuki, Diretor de Crédito, Cobrança, Faturamento e Business Assurance da Claro; Bruno Byrro, Diretor de Customer Experience e Negociação da Creditas; Matheus Girardi, Diretor de Clientes da Agibank; e Rodrigo Carvalho, CEO da CRC.


CONAREC 2023
Acompanhe a cobertura completa!


Cobrança 4.0 e qual será a aplicabilidade da tecnologia

Para Rodrigo Carvalho, o desafio atual das empresas é personalizar as mensagens para grandes massas e transformar dados em comportamentos.

De acordo com isso está Bruno Byrro, que observou que, no México, as cobranças ainda são realizadas de forma arcaica e agressiva. “Na Creditas, a nossa estratégia é totalmente diferente, sempre negociando”, conta.
O Diretor de Crédito, Cobrança, Faturamento e Business Assurance da Claro completou dizendo que o canal é só o meio para chegar no objetivo final, que é fazer uma renegociação. O fim é a jornada de pagamento.
“Antigamente, pensávamos humano vs digital como sendo completos opostos. Hoje já temos uma visão diferente: é possível mesclar e extrair o melhor dos dois mundos. A tecnologia vai ajudar as pessoas a resolverem problemas complexos em menos tempo”, explica Alexandre Suzuki.

Já no ramo financeiro, Matheus Girardi diz que a IA impacta diretamente na cultura de relacionamento e cobrança da companhia e o conflito está em como as soluções vão operar e serem protagonistas no atendimento.

“É um ganho enorme em transformação de produtividade com informações básicas de contexto”, reforça.
Tecnologia que empodera

Rodrigo Carvalho comentou que o grande erro das companhias está em discutir custo, e não modelo de negócio de cobrança 4.0. Ou seja: como é possível produzir mais com tudo que está sendo feito?

“Devemos empoderar as pessoas e parar de falar em volume e falar de qualidade. Por mais que você treine, as pessoas têm limites e nosso papel é dar subsídio para a cadeia de recuperação de crédito. E esse é um momento excelente para analisar tudo isso”, alerta o CEO da CRC.

Alexandre Suzuki completa revelando que a Claro tem um grupo focado em ChatGPT, que realiza, com muito cuidado, testes para atendimento. “A cobrança não começa no meio, mas no crédito adequado e em um produto calibrado. O foco é na jornada de pagamento e não no processo de cobrança. O brasileiro não é rancoroso, mas o devedor é”, brinca.

Bruno Byrro, Diretor de Customer Experience e Negociação da Creditas, frisa que ainda serão discutidas diversas facilidades de uso da tecnologia com cobrança e que a legislação terá papel fundamental para regular o que pode ser feito.

“As POCs estão ocorrendo de modo desorganizado e vamos migrar da era das plataformas de clientes em 6 polegadas para a da Natural Language Processing (NLP). A chave é obter poder de relacionamento, jornada fluida, approach de marketing, ofertas propositivas com tom vencedor e maximização de testes alinhados”, projeta Matheus Girardi.

Por sua vez, Rodrigo Carvalho, com base em experiências na Itália diz que o Brasil ainda tem muito para evoluir em termos de tecnologia, pois há a tropicalização da ferramenta, que requer paciência e persistência dos gestores.

“Estamos passando por um momento de pressão para aplicar as tecnologias de IA em logística, porque vivenciamos o auge da conexão de pessoas, processos e ferramentas de forma humanizada. Mas é necessário ter cautela e pensar de forma estratégica”, encerra.



+ NOTÍCIAS
Você já entrou nessa dança? O TikTok como parte da experiência do cliente
Você já entrou nessa dança? O TikTok como parte da experiência do cliente

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]