Pesquisar
Close this search box.
/
/
Especial Chatbots: personalização – uma etapa delicada

Especial Chatbots: personalização – uma etapa delicada

Adequar o chatbot ao público que será atendido é um desafio e tanto. Mas o esforço traz uma grande recompensa: a satisfação de quem está por trás da linha (ou da tela)

O cuidado com a experiência do usuário é essencial para o sucesso de qualquer produto digital. Com chatbots não é diferente. Afinal, ele precisa resolver um problema real de forma eficiente, mas sem deixar de lado o aspecto emocional, pois do outro lado há pessoas, com dúvidas, angústias e, quase sempre, pressa em resolver alguma questão. Por isso, é importante pensar em tudo: do tom de voz do robô, à construção de repostas condizentes com a realidade e o momento da interação.

O Itaú Unibanco, por exemplo, lançou recentemente para o Messenger do Facebook o Alaor, um porquinho simpático que traz dicas em textos e vídeos para ajudar os usuários a economizar e investir seu dinheiro. “Os altos investimentos em inteligência artificial e machine learning, tanto por grandes empresas como por startups, vão criar um novo patamar de atendimento ao cliente, extremamente personalizado e assertivo”, avalia Lívia Chanes, diretora do Itaú Unibanco. Ela afirma que os chatbots não são apenas uma moda passageira ou uma novidade tecnológica sem valor para o cliente. “Ao utilizar uma base de conhecimento resolutiva sobre produtos e serviços e integrado aos dados e contextos do cliente que está sendo atendido, os chatbots podem entregar respostas realmente relevantes no momento certo para a pessoa certa”, diz a executiva.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Para Marildo Matta, da Plusoft, a empresa precisa sempre ter em mente que está atendendo pessoas que têm necessidades e anseios distintos. Daí a necessidade de entregar um AVI que oferecer diferentes respostas e interações de acordo com as características do consumidor. “Temos situações em que o próprio cliente escolhe o avatar (personagem) que irá atendê-lo. Isso torna o atendimento mais amigável e o consumidor sente-se confortável em voltar a utilizar o canal”, diz Matta. Essas possibilidades de atuação, diz Orlando Bertholdo, diretor de desenvolvimento e inovação em TI da Liq, suportam a jornada digital do consumidor. “Elas fazem com que haja um menor índice de perda de contatos e a padronização dos atendimentos prestados”.

O poder cognitivo

A introdução de novas tecnologias como a inteligência artificial abrem um novo campo para os bots. Eles deixam de simplesmente reconhecer mensagens e passam a analisar diferentes aspectos cognitivos, como detecção de linguagem e tom de voz. Nesse cenário, grandes empresas de tecnologia como Microsoft e IBM fornecem plataformas de IA que servem como suporte para o desenvolvimento de robôs por outras empresas. “O mercado tem amadurecido para as possibilidades das ferramentas cognitivas, principalmente para se adaptar ao perfil de um cliente cada vez mais conectado e exigente”, diz Marcelo Ciasca, CEO da Stefanini na América Latina.

No entanto, quando falamos em trocas de mensagens entre bots e pessoas, a empresa deve tomar muito cuidado. Vale lembrar o caso do bot Tay, da Microsoft. Ele foi projetado para interagir no Twitter com os millennials americanos. No entanto, a experiência não foi bem sucedida. Ele convidava os jovens a jogar e a contar histórias engraçadas. Mas em vez disso, muitos preferiram fazer perguntas controversas. Confuso, Tay começou a repetir os comentários e passou a dar respostas de consentimento a temas como xenofobia e genocídio. Resultado: a empresa desativou o robô e afirmou que ele precisava de ajustes. A última resposta do bot no Twitter foi: “Nossa, que dia movimentado. Vou passar algum tempo offline para absorver tudo isso. Falamos depois”. Desde então, nunca mais se ouviu falar de Tay.

 

*Esta matéria faz parte do Especial Chatbots, dividido em três partes. Acompanhe!

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]