Pesquisar
Close this search box.
/
/
Ver com os olhos e com as mãos: 80% preferem comprar de casa & decoração em lojas físicas

Ver com os olhos e com as mãos: 80% preferem comprar de casa & decoração em lojas físicas

Experiência de compra é um dos principais fatores para o sucesso das vendas em casa & decoração
Na hora de fazer compras para a casa, há quem não abra mão de ir até a loja para ver com as mãos, e experimentá-lo com todos os sentidos. Seja para decorar um ambiente, trocar as roupas de cama ou adquirir utensílios domésticos, provar e experienciar é essencial. Prova disso é que, segundo a pesquisa “Estudo Mercado: Produção e Consumo de Artigos para Casa no Brasil”, da ABCasa em parceria com a Inteligência e Mercado, no ano passado foram gastos R$109,3 bilhões no consumo de artigos para casa & decoração, e mais de 80% desse valor foi desembolsado nas lojas físicas.

A pesquisa mostra que, considerando ambientes físicos e digitais, o consumo per capita por ano com produtos para casa chega a R$509, e o consumo médio por domicílio soma R$1482. Existem mais de 135 mil lojas especializadas em casa e decoração espalhadas pelo país, além de outras 103,7 mil lojas não especializadas. No varejo físico, são mais de 230 mil pontos de venda disponíveis.

Assine nossa newsletter! Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Para Luciana Locchi, consultora de negócios e especialista em Casa & Decoração, o grande diferencial do varejo físico é o atendimento especiablizado. “Funcionários prestativos e bem treinados podem fornecer informações e assistência quando necessário. O ambiente digital pode gerar dúvidas diversas, quanto ao real tamanho do produto e tonalidade das cores, por exemplo, e no ambiente físico, a partir de um atendimento feito por uma pessoa que conhece dos produtos que a marca oferta, essas questões podem ser solucionadas. O atendimento é a melhor conversão de vendas da loja”, destaca. Uma boa experiência de compra pode ser decisiva para a fidelização do cliente e se tornar um embaixador, ao recomendar a loja para outros consumidores. Luciana aponta algumas estratégias que os lojistas podem usar para que os funcionários estejam sempre prontos para cativar a clientela. “Treine a equipe para destacar os benefícios dos produtos. Saiba argumentar sobre como o produto gera valor para o cliente e ajude-o a ter a visão de como ele fica no ambiente da casa. Dá para realizar demonstrações ao vivo ou workshops, por exemplo. Isso gera conexão, conhecimento e interação com a loja”, indica a especialista.

Leia mais: Teste de cor: uma latinha de tinta pode facilitar a reforma da casa

Lojas atrativas convidam o consumidor a experimentar em casa & decoração

Apesar de o atendimento ser uma parte importante do processo de venda de um produto, ele sozinho não consegue conquistar os clientes. Luciana Locchi destaca que um ambiente agradável é parte da experiência do cliente em sua jornada de compra, expecialmente quando se trata de casa & decoração. “É preciso criar uma loja onde a pessoa tenha vontade de circular e que em cada espaço ela possa se encantar e desejar ver mais. Uma loja limpa, organizada e bem iluminada cria um ambiente convidativo. A loja pode estimular os sentidos dos clientes com música agradável, fragrâncias sutis e elementos visuais atraentes, além de oferecer ampla gama de produtos para atender às diversas necessidades dos clientes. É interessante apostar nos elementos visuais, vitrines atrativas e iluminação adequada utilizando técnicas de visual merchandising, pouco explorado no setor”, sugere. “A experiência positiva de compra pode diferenciar uma loja física da concorrência online, atraindo clientes que valorizam a experiência presencial. Eu vejo a experiência digital como uma forma de comunicação da marca com o cliente em que a loja está gerando a conveniência de compra. Acredito muito que o digital vem para ser mais uma forma de estar com o cliente, mesmo não sendo fisicamente”, opina Luciana Locchi. Ainda segundo a pesquisa da ABCasa, o consumo de artigos para casa no varejo cresceu 5,3% em 2022 em relação ao ano anterior. Para Luciana Locchi, esse crescimento foi impulsionado pela pandemia de Covid-19. “Todos se viram dentro de suas casas, um lugar seguro, de abrigo, aconchego e segurança. Então, deixá-la mais confortável, bonita e agradável também motivou esse crescimento”, explica.

Conheça o Mundo do CX

Porém, segundo ela, isso não é tudo e é preciso analisar outros setores relacionados à casa e decoração, como imóveis, construção e comportamento, principalmente pensando nas novas gerações. “A indústria de Casa & Decoração tem a capacidade de se adaptar às mudanças de acordo com as preferências e necessidades dos consumidores, o que a torna resiliente e em constante evolução. À medida que as tendências de estilo de vida, tecnologia e design se transformam, novas oportunidades surgem para as empresas inovarem em produtos e serviços relacionados à casa. Pode mudar o produto ou a forma de consumir, mas a casa sempre estará em destaque para nós”, explica. “O lar desempenha um papel fundamental na vida das pessoas e seu significado vai além de ser apenas um local para morar. É um espaço onde as pessoas criam memórias, expressam sua identidade, buscam conforto e segurança, então, muitas vezes, decoram os ambientes para refletir gostos pessoais e estilo de vida. Portanto, a indústria de Casa & Decoração continuará a desempenhar um papel importante ao atender às necessidades e desejos dos consumidores. Isso faz com que esse setor seja sempre relevante e dinâmico”, finaliza a consultora.

+ NOTÍCIAS Você conhece os direitos do consumidor? LATAM ganha cinco estrelas em experiência de voo na avaliação de passageiros

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]