Pesquisar
Close this search box.
/
/
Carteira digital domina mercado brasileiro e atrai gigantes como Google Pay

Carteira digital domina mercado brasileiro e atrai gigantes como Google Pay

Conhecida como um sistema de pagamentos online, a carteira digital é utilizada diariamente por 20% dos brasileiros, segundo pesquisa.

Recentemente, o Mercado Pago deu indícios de que pretende fechar negócio com a Meta para realizar pagamentos digitais via WhatsApp. A estratégia, divulgada pelo Mobile Time, não é exclusividade do banco digital em questão, já que muitas marcas vêm investindo na chamada “carteira digital”, como é o caso da Rede e da Cielo, que oferecem, por sua vez, operações de transferência monetária por meio do app de conversas instantâneas do grupo Meta.

Também chamada de e-wallet, “a carteira digital é um sistema de pagamentos online que utiliza a criptografia para tokenizar os dados de cartão de crédito e facilitar os pagamentos online ou até mesmo em loja física”, explica Diego Rocha, formado em Marketing e Vendas e pós-graduado em Comércio Eletrônico.

Leia Mais: Carteira Digital: conheça as opções para ter praticidade na palma da mão

Carteira digital realiza pagamentos, permite consultas e finaliza compras

Semelhante a uma carteira tradicional, este recurso é capaz de armazenar informações referentes aos dados bancários e realizar as transações necessárias de modo totalmente virtual, sem necessitar do dinheiro em espécie ou do cartão de crédito físico.

Gigantes como Apple Pay, PagBank, Google Pay, Paypal e Picpay dão a ver tal sistemática, já que permitem que seus clientes consultem saldos e extratos, realizem pagamentos por QR Code ou aproximação no débito ou no crédito e ainda finalizam compras pela internet através de aplicativos instalados em seus aparelhos móveis.

A revolução nas formas de pagamento trazem impactos positivos para os consumidores e empresários, segundo Diego Rocha, considerando que, para o primeiro grupo, “além de ser mais simples e seguro pagar com as carteiras digitais, tal formato possibilita descontos exclusivos e o famoso cashback. Para a classe empresarial, por sua vez, as taxas desse tipo de transação são menores, o que aumenta sua margem por transação”, discorre o pós-graduado em Comércio Eletrônico.

Assine nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Criptografia mantém segurança e impede ciberataques na e-wallet

Para além, as e-wallets prometem melhorar a experiência do cliente ao garantir uma forma de pagamento mais segura por conta do sistema de criptografia, ao mesmo tempo em que geram mais economia, praticidade e integração aos consumidores e lojistas, tendo em vista que os pagamentos virtuais são rápidos para ambas as partes e tendem a ser relativamente mais econômicos se comparados às operações tradicionais e seus juros exorbitantes.

No Brasil, a adesão por essa experiência digital têm crescido nos últimos anos, o que fez com que a nação ocupasse o terceiro lugar no ranking dos países que mais fazem uso da e-wallet, segundo uma pesquisa divulgada em agosto de 2022 pelo portal Insider Intelligence, da empresa de pesquisa de mercado eMarketer.

De acordo com o estudo, 20% dos entrevistados brasileiros afirmaram que fazem uso da carteira digital todos os dias, enquanto que 21% disseram que recorrem a ela algumas vezes por semana. Há ainda o grupo de pessoas que testam esta inovação uma vez por mês (18%) e aqueles que decidiram conhecer a ferramenta uma única vez (13%). Vale lembrar que 18% dos entrevistados declararam nunca ter ouvido falar neste termo anteriormente.

Conheça o Mundo do CX

China lidera a lista dos países que mais usam carteira digital

O relatório divulgado pela Insider Intelligence revela ainda que a China ocupa o topo da lista, com 45% dos entrevistados utilizando as carteiras digitais todos os dias. Logo abaixo aparece a índia, com 35%, sendo seguida pelo Brasil, pela Espanha (9%) e pelo Reino Unido (8%). Japão, Argentina , Alemanha e Estados Unidos aparecem depois, com a média de usuários assíduos de 8, 8, 6 e 6%, respectivamente.

A posição relevante do país latino-americano no ranking global coloca em evidência a rápida adesão das marcas brasileiras pelas ferramentas tecnológicas e o investimento massivo das plataformas de pagamento no território nacional, como é o caso da Google Wallet, que foi lançada em junho de 2022 e já fechou uma parceria com mais de 40 empresas no país, como o Banco do Brasil, o Bradesco, a Nubank e a ingresso.com, empresa responsável pela venda dos ingressos do Rock in Rio.

Como implantar a e-wallet?

Por fim, é importante salientar que a implantação da e-wallet nos comércios físicos ou eletrônicos requer alguns passos básicos, como a escolha do tipo ideal de carteira para cada negócio, a seleção das formas de pagamento conforme os interesses do público-alvo e a configuração dos tokens para o recebimento dos valores.

“Cada segmento ou modelo de negócio pode ter vantagens diferentes em cada wallet. O PicPay, MercadoPago e Pagseguro, por exemplo, são e-wallets com um público maior de adeptos e usuários e podem facilitar a compra pelo consumidor. Já a carteira da Ame Digital é exclusiva do grupo B2W e possui descontos e cashback ao comprar nas lojas do grupo como Americanas e Submarino”, encerra o especialista em comércio eletrônico.


+ Notícias

Tecnologia habilita estratégia organizacional e futuro dos negócios

Uso de dados com segurança é uma forma de aprimorar a experiência

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]