Pesquisar
Close this search box.
/
/
Boticário usa chip para fazer teste de alergia de seus produtos

Boticário usa chip para fazer teste de alergia de seus produtos

O Grupo Boticário utiliza chips que simulam reações de peles humanas em seus testes de alergia. Solução evita testes com animais e humanos

A história do perfume acompanha a evolução de civilizações, mudando e se adaptando a hábitos e necessidades das mais diversas populações. Por meio de marcas, grandes empresas e ícones da expressão humana e da moda, os frascos e aromas têm representado homens e mulheres ao longo do tempo.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Naturalmente, essa é uma trajetória de inovação. O desenvolvimento de uma fragrância pode parecer algo simples aos olhos de quem não faz parte desse mundo, mas é uma atividade que envolve diversos processos e variáveis. Um exemplo disso é o cuidado necessário com a saúde de quem usa o perfume: alergias, por exemplo, precisam ser um risco previsto e eliminado por quem desenvolve tais produtos.

Não por acaso, essa é uma das questões trabalhadas dentro do aspecto de inovação no Grupo Boticário. Quem conta essa história é Fernanda Angelucci, gerente de Redes de Inovação na empresa. “Temos um projeto de organs on a chip (órgãos em um chip, em tradução livre), método alternativo de teste de alergicidade”, diz. Basicamente, os testes são feitos nesses chips, que simulam órgãos humanos, garantido a segurança de quem usa o produto sem que qualquer ser vivo seja colocado em risco.

Leia também: O Boticário lança prateleira inteligente e quer erro zero na exposição de produtos

Responsável por parcerias em inovação, Fernanda revela que esse projeto foi possível devido a união do Grupo Boticário com um instituto de pesquisa, uma startup alemã e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações. A união tornou o desenvolvimento viável e mais veloz. “Esse é um resultado que podemos disseminar para o mundo cientifico como um todo, porque é algo buscado por todos”, diz.

Tecnologia

O uso da tecnologia para a inovação é recorrente dentro da empresa, inclusive. Segundo Thiago Moriyuki Higa, analista sênior do BotiLabs, há uma dedicação da empresa em encontrar formas de usar a inteligência tecnológica não apenas no estágio anterior à chegada do produto nas mãos desse cliente, mas também no processo que o leva até as lojas e às casas dos clientes.

“O BotiLabs é uma célula de inovação”, conta. “Nossa proposta é dar mais agilidade a estrutura, testar conceitos, tornando os processos mais eficientes e menos onerosos, fazendo conexões certas e considerando as pessoas certas para a inovação – uma agenda que é de todos na empresa”, diz.

Cultura

Outro ponto essencial, dessa vez ligando inovação à cultura e à responsabilidade social e sustentável, é o Instituto Boticário, que hoje tem um leque bastante ampliado de atuação, como conta Paloma Capanema, analista de projetos incentivados do Instituto Boticário. Um exemplo são os espaços culturais mantidos pela empresa, como o Mundo do Perfume, localizado no Catavento Cultural e Educacional, em São Paulo. O espaço foi um dos locais de Visita Criativa do Whow! Festival de Inovação. “O Mundo do Perfume é um espaço que mostra a beleza pode ser feita de outras formas”, diz.

Marina Sperafico, assuntos institucionais do Grupo Boticário, explica que o espaço cultural está muito ligado com os valores do fundador da empresa, Miguel Krigsner, que valoriza muito a questão da cultura. Apaixonado inclusive pela arte bonequeira, ele aplica seus princípios em mais de uma ação. Prova disso é que Krigsner é um também o idealizador do Museu do Holocausto de Curitiba, espaço que abrange não apenas a questão do período histórico, mas o respeito, no Brasil, pela diversidade.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]