Pesquisar
Close this search box.
/
/
Bluesky: nova rede social de Jack Dorsey é alternativa ao X

Bluesky: nova rede social de Jack Dorsey é alternativa ao X

Com interface similar ao antigo Twitter, a Bluesky se propõe a ser uma rede social descentralizada, com código aberto e interoperabilidade

A Bluesky, nova rede social do fundador do Twitter, Jack Dorsey, atingiu um novo recorde de usuários. Segundo o site Bluesky Stats, em apenas um dia, 42 mil pessoas se inscreveram para a plataforma, que chegou a 1,120 milhão de usuários. Até então, o maior pico de inscrições havia sido no dia 3 de julho, com 32.325 usuários. Em média, a rede social recebe algo entre dez mil e 20 mil novos inscritos diariamente.

Para entrar na plataforma e criar uma conta, é preciso receber um convite – oferecido a cada duas semanas aos usuários cadastrados.

O aumento aconteceu depois que Elon Musk, atual proprietário do Twitter, agora chamado X, declarou em encontro o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que a empresa estava trabalhando em criar um sistema de pagamento mensal para utilização da rede social. O objetivo seria utilizar os pagamentos como uma barreira para robôs e contas falsas na plataforma. Além do custo do bot – que é baixo –, o usuário teria que pagar mais para colocá-lo na rede, o que tornaria o valor total muito alto.

Leia mais: Do Twitter ao X: a mudança precipitada de nome e logo

Hoje, o ex-Twitter já oferece um serviço por assinatura chamado X Premium, no qual os usuários recebem alguns recursos adicionais em relação ao serviço gratuito, como postagens mais longas e maior visibilidade na rede. No Brasil, a assinatura premium custa R$ 60 por mês. Mas a chegada de novos usuários na Bluesky é uma possível evidência de que os internautas não estão dispostos a pagar para utilizar a rede social.

Bluesky, a nova rede social

Jack Dorsey criou a Bluesky em 2019. Desde que renunciou ao cargo de CEO do Twitter, em 2021, Dorsey passou a se dedicar à construção da plataforma, liderada por Lantian Graber, a CEO nomeada por Dorsey. Um ano depois, a rede do passarinho azul foi adquirida por Elon Musk por US$ 44 bilhões. Lantian Graber.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

A Bluesky promete ser uma rede social descentralizada. A ideia é que outras redes sociais possam interagir com a plataforma, que se tornará uma espécie de ecossistema – uma vez que seu código será aberto a todos. Para isso, a Bluesky conta com o AT Protocol, ou Protocolo de Transferência Autenticado, tecnologia que possibilita a portabilidade e a interoperabilidade entre contas de diferentes redes sociais.

Na prática, trata-se de uma rede social com uma dinâmica parecida com o Twitter – há até um limite de 300 caracteres por publicação. Além de poder acompanhar as publicações das pessoas que segue, conteúdos mais viralizados e posts popular entre amigos, a rede oferece algumas opções de personalização do feed. Por exemplo, é possível determinar que republicações, ou reposts, não aparecem para o usuário. Também é possível filtrar conteúdos para que não sejam mostrados ou que devem ter um alerta de gatilho.

Leia mais: Tudo o que você precisa saber sobre o Threads, o Twitter do Instagram

A vida com X

Desde que assumiu o antigo Twitter, Elon Musk provocou uma série de mudanças na rede social. Além de cortar cerca de 50% do quadro de funcionários, criou um modelo de assinaturas para os selos de verificação e restaurou contas que haviam sido banidas, como a do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Por fim, Elon Musk trocou o nome do Twitter para X, dando um passo em seu plano para criar um superapp que agrega diferentes serviços.

Em meio a essa série de mudanças, as redes vizinhas não ficaram paradas para tentar surfar na onda do luto do passarinho azul. Uma delas foi o Threads, desenvolvido pela Meta e lançado em julho de 2023. Com uma proposta bastante similar ao Twitter, nasceu integrada ao seu irmão mais velho, o Instagram, compartilhando até o mesmo login. A novidade e a facilidade de acesso até engajou usuários por um tempo, mas hoje a rede já não está tão ativa. Se nos primeiros cinco dias atingiu 100 milhões de usuários inscritos, em agosto registrou uma queda de 80% da audiência, segundo dados da Similarweb.

Outro possível concorrente é o Mastodon, também criado com uma interface similar à do Twitter. Lançado em 2016 pelo alemão Eugen Rochko, a plataforma atingiu um milhão de usuários ativos mensais em novembro de 2022. O Mastodon, assim como a Bluesky, também possui código aberto, sob o protocolo ActivityPub. Em julho, a rede social também teve um pico de novos inscritos durante mudanças no Twitter relacionadas à restrição de publicações, com 110 mil novos usuários.



+ NOTÍCIAS
Fim dos cookies: problema ou oportunidade para o marketing?
Como plataformas podem evitar a desintermediação

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]