Pesquisar
Close this search box.
/
/
Para Banco Digio, novas gerações desejam interação e personalização

Para Banco Digio, novas gerações desejam interação e personalização

Executiva do Digio discorre sobre o agora e o futuro da experiência entre marcas e clientes, onde tecnologias ditam o rumo dessa jornada

Especialistas e principais lideranças empresariais do Brasil já entenderam que a capacidade em identificar cada momento da jornada do consumidor para criar experiências personalizadas e que façam sentido para ele é o maior diferencial em Customer Experience (CX) hoje.

Mas como isso se aplica no segmento de bantechs, instituições financeiras que já nasceram digitais e buscam a cada dia uma sintonia ainda maior com essa jornada de consumo mais digitalizada e em constante transformação de seus clientes.

Para o banco Digio, estar atento a cada passo desse cliente, considerar o atributo emocional em toda a sua jornada de contato com a marca e sua participação na construção dos melhores serviços é determinante para o sucesso de qualquer empresa daqui para frente.

“O volume de novas tecnologias surgindo, torna ainda mais urgente que o mercado prepare todo seu ecossistema para focar no cliente, ouví-lo, e não pura e simplesmente na entrega de produtos ou serviços”, diz Ana Bellino, Superintendente de Produtos, Marketing, UX e BI do banco Digio.

Comportamento do consumidor moldando a jornada

Para Ana, hoje, é fato que a democratização da escolha passa a ser pautada no melhor e maior retorno de valor para o cliente de forma muito mais intrínseca. “O tom, a forma e a experiência estão diretamente conectadas ao sentimento que queremos ativar no consumidor durante a jornada com nosso produto. Cada vez mais investimos em ferramentas e processos que ajudem a mapear e compartilhar estes sentimentos internamente”, explica a executiva do Digio sobre essa realidade do comportamento do consumidor que molda as ações da empresa.

Ana aponta também que grandes inovações tecnológicas e de transparência como o PIX e Open Banking estão trazendo mudanças significativas em vários momentos dessa jornada e forçando as empresas a trabalharem em sinergia com diversas áreas da experiência do cliente. “Não é a toa que dentro da minha equipe, estamos com produto, marketing, dados que também buscam sinergias com outras áreas como CX, cobrança, tecnologia”, revela.

Leia mais: Meios de pagamento: consumidor é quem define o que utilizar

Inspiracional como modo de atuação para novos consumidores

Para uma marca seguir sendo relevante hoje para uma nova geração de consumidores, atuar de forma criativa nas redes sociais e uma postura inspiracional são diferencias para este público consumidor. Ana explica que no Digio, por exemplo, oferecer produtos relacionados com o perfil de cada cliente dentro do app e trazer conteúdos relacionados ao seu dia a dia dentro de um contexto e storytelling interessantes faz com que o Digio seja ainda mais valorizado por essa geração. “Se muitos produtos financeiros estão comoditizados, precisamos inserir um contexto para mostrar que nosso produto não é bem assim”, frisa Anna.

“As novas gerações desejam mais interação e personalização – o que colabora com o sentimento de pertencimento – tornando o desafio de construção de uma plataforma interativa ainda maior. Não basta apenas dinamizar o conteúdo, mas criar uma interface e usabilidade única por usuário”, explica Ana.

Tecnologia: o principal aliado

Nesse contexto, bantechs são um bom exemplo no uso e aplicação da tecnologia como instrumento de fidelização e engajamento em Customer Experience (CX). As tecnologias fazem parte desde a construção e mapeamento da experiência do cliente, tornando-se o maior aliado de equipes de produtos, design e relacionamento.

“Quando se trata de tecnologia, entendemos que as principais linguagens de mercado e principais modelos arquiteturais – como cloud – são as que permitem e habilitam esta estratégia”, diz Ana.

“Obviamente há um grande desafio de conectar uma alto volume de informações e também o time, mas a tecnologia é o caminho para que nossa equipe entenda as necessidades de nossos clientes e criem as melhores experiências”, pontua.

Leia mais: Concorrência no e-commerce: 6 tendências que players do mercado estão apostando

“Já não é mais possível desenvolver algo que não contenha ‘perfil’, que não possibilite que você co-construa sua própria forma de consumir e não seja uma experiência ominichannel” – Ana Bellino, Superintendente de Produtos, Marketing, UX e BI do banco Digio.

O desafio em traduzir autenticidade e confiança

Sobre como traduzir autenticidade e confiança para clientes cada vez mais conectados ao propósito de uma marca, Ana acredita que só há um caminho: “Ser você mesmo!”. Ela explica: “Espelhar seus valores e demonstrar de modo comprovado o quanto você trabalha sobre as bandeiras que você levanta é algo que tomou uma magnitude altíssima. Já confiança é condição básica de consumo. Para nós os maiores desafios é realmente transformar toda nossa autenticidade e solidez em algo super perceptível e vivenciado, sem precisar ser comunicado”.

Ainda nesse caminho, em um cenário mais plural em termos de identidades, inclusões, predileções, identificações e opiniões que certamente se acentuarão nos próximos anos, Ana percebe que os clientes cobrarão ainda mais uma interação ágil e personalizada a cada momento.

“Já não é mais possível você desenvolver algo que não contenha ‘perfil’, que não possibilite que você co-construa sua própria forma de consumir ou que não seja uma experiência ominichannel”, alerta Ana.

Ainda sobre o futuro dessa relação e experiência entre marcas e clientes, Anna percebe que a conexão e novas tecnologias ditaram o rumo dessa jornada. “Se você não quer receber certa informação ou ter acesso a outras informações, será muito mais simples. Não será apenas um clique, será solicitar por voz – que é uma das maiores mudanças e que não tem mais volta”, pontua Ana, que conclui, “a surpresa e satisfação do cliente com a experiência oferecida é o que define o valor agregado do que está sendo consumido, sem ele nem perceber que isso ocorreu”.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 


+Notícias

Fintechs são as queridinhas pelos millennials: a nova geração quer ir além das transações financeiras 

Fintechs terão políticas de relacionamento semelhante aos bancos 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]